Social Icons

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Lançamentos janeiro 2016

Os últimos anos têm sido especialmente marcantes no que diz respeito a lançamentos no mundo do Rock e Metal, com grandes bandas lançando grandes discos que recheiam listas de "melhores do ano" e colocam em pauta boas discussões sobre quais deveriam ou não entrar nelas. Mal 2016 chegou e já está prometendo que será um novo ano de excelentes discos. Só o mês de janeiro já trouxe álbuns que com certeza se farão presentes nas listas de dezembro e renderiam quase meio ano em épocas "menos movimentadas", digamos assim.
Por isso, visando informar ao leitor sobre o que andou saindo ultimamente, trazemos essa lista com alguns lançamentos relevantes e/ou que chegaram ao nosso conhecimento no mês de janeiro. Listas assim serão mensalmente apresentadas aqui no Warriors Of The Metal!

A ordem de exibição é por data de lançamento, não de relevância ou preferência pessoal. Além disso, esses são os discos e suas datas oficiais de lançamento, ou seja, desprezamos as datas de vazamento. Alguns de lançamento oficial marcado para fevereiro mas que vazaram em janeiro foram ignorados, tais como Anthrax, Lost Society, Fleshgod Apocalypse, Rotting Christ, entre outros. Contudo, eles certamente estarão na lista de fevereiro, que sairá no início de março.  Sintam-se à vontade para informar sobre lançamentos que possivelmente foram esquecidos!

04/01 - Therion - Les Épaves (EP)


Um dos primeiros lançamentos do ano pertence ao famoso grupo sueco Therion. "Les Épaves" é apenas um EP de cinco músicas composto por somente covers e rápidos 15 minutos de duração.

06/01 - Moda de Rock - Moda de Rock II


Provavelmente, o Moda de Rock é um dos projetos mais inusitados dos últimos anos no Brasil. A dupla, que concentra seus esforços em repaginar clássicos do Rock e Metal para versões caipira com violas, chega agora ao seu segundo álbum de estúdio da ainda breve carreira. Naturalmente, por se situarem no limiar entre o Rock e o caipira, tomam porradas dos dois lados, mas o trabalho é sempre  diferenciado, interessante e criativo... no mínimo, curioso.

08/01 - Aborted - Termination Redux (EP)


Logo no amanhecer do ano, os belgas do Aborted trouxeram mais uma obra de seu cativante Death Metal/Grindcore: o EP "Termination Redux"! Lançado apenas em vinil e digitalmente pelo iTunes, o trabalho compreende cinco faixas que rendem 15 minutos de uma sonoridade que não perde o fôlego nunca.

08/01 - David Bowie - Blackstar


Esse novo ano que está diante de nós está se mostrando um verdadeiro rolo compressor, levando as almas de muitos queridos do Rock e Metal. Logo após a notícia do falecimento de Lemmy Kilmister (Motörhead), foi a vez de David Bowie, dando apenas tempo de lançar, dois dias antes, seu novo e vigésimo quinto álbum de estúdio: "Blackstar". Maneira trágica de entregar mais uma ótima obra de Art Rock...

13/01 - Arch Enemy - War Eternal Tour: Tokyo Sacrifice


Mais uma vez, os suecos do Arch Enemy trouxeram um lançamento. Agora, trata-se de um DVD intitulado "War Eternal Tour: Tokyo Sacrifice", gravado no dia 3 de março de 2015 no Shibuya O-EAST, na capital japonesa. É o primeiro DVD com a nova vocalista Alissa White-Gluz (ex-The Agonist) e conta com 21 faixas no repertório.

13/01 - Dragon Guardian - Ragnarok ~神々の黄昏~ (EP)


Os japoneses do Dragon Guardian são mais uma banda a trazer lançamentos anuais. No dia 13 de janeiro foi a vez do EP "Ragnarok" ser lançado de forma independente. O disco contém seis faixas, totalizando 28 minutos de duração.

15/01 - Axel Rudi Pell - Game of Sins


O talentoso guitarrista alemão Axel Rudi Pell também trouxe novidade: lançou o álbum "Game of Sins", o décimo sétimo da carreira solo. Como é de se esperar, o resultado não decepciona.

15/01 - Rhapsody of Fire - Into The Legend


A saída do guitarrista e fundador Luca Turilli em 2011 não parou mesmo o Rhapsody of Fire. Prova disso é lançamento o álbum "Into The Legend", o segundo sem ele. Toda a conhecida proposta musical se mantém ativa, mas a atual abordagem densa, mais seca, pesada e que aos ouvidos de muitos carece de carisma gera discussões sobre se a banda ainda é forte ou respira por aparelhos. Particularmente, essa nova fase não me agrada como deveria.

20/01 - Black Sabbath - The End (EP)


Verdadeiras lendas e pioneiros do Heavy e do Doom Metal, o Black Sabbath realmente está em vias de encerrar suas atividades. Atualmente, inclusive, encontra-se em sua última turnê, chamada "The End". Não é por acaso que o novo EP foi batizado com esse mesmo nome - afinal, ele está sendo comercializado exclusivamente durante a turnê e está em edição limitada. Musicalmente, não impressiona; são apenas sobras do "13" e registros ao vivo da turnê do mesmo álbum. Contudo, serve como recordação de despedida de um dos maiores pilares do Metal.

22/01 - Abbath - Abbath


Abbath é, sem dúvidas, uma figura bastante conhecida, mesmo entre os que não gostam do Immortal ou Black Metal em geral. Curiosamente, o frontman deixou a banda em 2015, após 24 anos de estrada. Mas isso não provocou seu desaparecimento no cenário, não; ele tratou de fundar uma banda solo e no dia 22 lançou o debut homônimo, mantendo a famosa proposta do Immortal com muita qualidade.

22/01 - Megadeth - Dystopia


Provavelmente, "Dystopia", do Megadeth, era o álbum mais esperado de 2016, especialmente para os brasileiros, que estavam ansiosos para testemunhar o resultado da adição do guitarrista compatriota Kiko Loureiro (Angra) ao conjunto. O décimo quinto álbum da banda estadunidense mostrou que Dave Mustaine e companhia ainda têm muita lenha pra queimar, servindo como redenção aos fãs que se decepcionaram com "Super Collider". Convence, é vigoroso e empolgante, mesmo para os que esperavam uma abordagem musicalmente mais clássica, à época de "Rust In Peace".

22/01 - Rage - My Way (EP)


Os alemães do Rage também não passaram o mês em branco. Trataram de lançar o curto EP "My Way", de 17 minutos e quatro faixas. É um sopro de esperança para quem esperava ouvir um trabalho inédito da banda, que não lança álbum desde 2012, quando "21" saiu.

22/01 - Borknagar - Winter Thrice


O Borknagar sempre faz jus à qualidade que se espera de uma banda norueguesa. Com "Winter Thrice", lançado no dia 22, a banda mostrou que seu nome e músicas boas e intensas estão correlacionados, sempre com muita progressividade. E por falar nisso, ainda há quem, por força do hábito, defina-os como Black Metal. Essa época passou faz tempo. Independente do rótulo, o sexteto atualmente capitaneado pelos vocalistas ICS Vortex e Vintersorg sempre trabalhou em alto nível.

22/01 - Steven Wilson - 4½ (EP)


Geralmente associado à sua banda principal, o fantástico Porcupine Tree, o multi-instrumentista Steven Wilson também faz desgraça em sua carreira solo. Sempre com um fantástico Progressive Rock, o inglês dá prosseguimento aos lançamentos, agora com o EP "4½", que se não fosse Prog, poderiam até chamar de álbum, já que tem 37 minutos de duração, distribuídos ao longo de seis faixas.

23/01 - Antti Martikainen - Set Sail For The Golden Age


O compositor finlandês independente Antti Martikainen é mais um daqueles prodígios que por si só lançam álbuns e músicas em velocidade rápida e quantidade abusiva. Por isso, dois mil de dezesseis já trouxe o novo álbum "Set Sail For The Golden Age", cheio da classe que somente esse tipo de proposta épica pode fornecer.

29/01 - Amoral - In Sequence


O Amoral nem sempre é lembrado pelos brasileiros, mas geralmente ganha empatia quando informa-se que o vocalista é Ari Koivunen, vencedor do programa Ídolos da Finlândia em 2007 cantando Heavy Metal. Pois é! A banda acabou de lançar "In Sequence", o sétimo álbum da carreira e quarto com o talentoso vocalista. O híbrido de Progressive Metal e Power Metal se mantém, tornando ainda mais o Melodic Death Metal inicial um passado muito, muito distante.

29/01 - Dream Theater - The Astonishing


Os anos 2000 do Dream Theater foram marcados por álbuns pesadíssimos e exibicionistas, até cansativo para muitos ouvidos (ainda bem que o meu não!). Contudo, finalmente o soberano quinteto estadunidense trouxe um álbum nos moldes que eu, pessoalmente, esperava muitos anos para ouvir! "The Astonishing" impressiona pela sua leveza e fluidez de audição, remetendo principalmente a álbuns como "Scenes From A Memory". O trabalho é duplo e conceitual, apresentando 34 faixas e duas horas e dez minutos de duração. Fica a indagação de "como eles conseguem fazer isso?" e a certeza de que será considerado por muitos um dos melhores álbuns de 2016.

29/01 - Exumer - The Raging Tides


"The Raging Tides" é de fato uma excelente obra de Thrash Metal dos alemães do Exumer. O quinteto não é sempre lembrado pela massa headbanger, mas merece os ouvidos de quem gosta da vertente. Esse é o primeiro trabalho com o baterista Marc Bräutigam, e é bastante rápido: somente 35 minutos. Seis minutos bônus são adicionados se decidir executar também as faixas "Forever My Queen" e "Hostage To Heaven", covers de Pentagram e Grip Inc., respectivamente.

29/01 - The Gathering - TG25: Live At Doornroosje (Live)


Conhecido por ter contado com a vocalista Anneke van Giersbergen até 2007, o The Gathering não mais conseguiu reter a simpatia dos fãs mais tradicionais. Contudo, talvez o novo ao vivo "TG25: Live At Doornsroosje" traga algum conforto, já que a vocalista é uma das convidadas da apresentação. São 18 faixas e duas horas de show, gravado em novembro de 2014 em Nijmegen, Holanda, comemorando os 25 anos de banda.

29/01 - Master - An Epiphany of Hate


Um verdadeiro clássico do Death/Thrash Metal, o power-trio do Master lançou sua mais nova relíquia, intitulada "An Epiphany of Hate", que vem sendo muito bem criticada pela internet.

29/01 - Avantasia - Ghostlights


Foi dito que o Avantasia encerraria suas atividades, mas o líder Tobias Sammet (Edguy) mudou de ideia e lançou o novo álbum "Ghostlights" no fim do mês. O Metal Opera vinha sendo alvo de críticas após o álbum anterior "The Mystery of Time" não corresponder exatamente às expectativas, por isso, esperava-se uma elevada de nível. Porém, não é exatamente o que "Ghostlights" entrega. Embora muito bom, não ficou tão superior assim ao antecessor, o que põe em pauta mais discussões sobre a criatividade de Tobias atualmente. Há de ser comentado que um novo "The Metal Opera Pt. I" é praticamente inviável nos dias de hoje, mas muitos não esperam exatamente um flashback do Avantasia; esperam simplesmente um grande álbum, que tire o fôlego, assim como fez "The Wicked Symphony" em 2010. Ficou devendo.

29/01 - Primal Fear - Rulebreaker


A passagem do baterista brasileiro Aquiles Priester (Noturnall, ex-Angra) pelo Primal Fear foi relâmpago e infelizmente não culminou na gravação de um álbum. Com Francesco Jovino nas baquetas ao invés, a banda alemã de Ralf Scheepers e Matt Sinner deu prosseguimento aos trabalhos e lançou o bem criticado "Rulebreaker", o décimo primeiro álbum de estúdio.

4 comentários:

  1. Muito legal, estarei acompanhando os lançamento!!!! O do Rage é muito bom, apesar de curto!!!!

    ResponderExcluir
  2. Caçar esses downloads né, pelo visto muita coisa que eu perdi e mal começou o ano Oo

    ResponderExcluir
  3. Muito bom encontrar aqui todos os lançamentos do mês! Essa poderia ser uma seção fixa.

    ResponderExcluir