Social Icons

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Dogstar - Discografia

Já não é de hoje que as artes cênicas tem relação com o Rock/Metal. Se olharmos para o passado, temos Meat Loaf, que fez sucesso em ambos os segmentos e mais recentemente vimos o grande Christopher Lee mostrar o mesmo talento que exibia nas telonas também em seus discos. E como não falar no grande Hugh Laurie, o aclamado Dr. House, que levou seu apreço pela música para a série e a tornou uma característica marcante da personagem.
E dentre esses atores, o também genial Keanu Reeves figurou em uma banda de Rock Alternativo nos anos 90, o Dogstar.
O conjunto surgiu em 1991, quando Reeves encontrou o também ator Robert Mailhouse (Days Of Our Lives, Seinfeld) em um supermercado e eles ficaram amigos. Já em 1992, Gregg Miller juntou-se à dupla e os músicos dividiram as funções da seguinte maneira: Keanu Reeves (baixo e backing vocals), Robert Mailhouse (bateria e backing vocals) e Gregg Miller (vocais e guitarra). O Dogstar fez várias turnês pelos Estados Unidos e pela Ásia, sendo que em 1994, passaram a ser um quarteto com o ingresso de Bret Domröse (vocais e guitarra). No ano seguinte, Gregg Miller deixaria a banda, que antes de se chamar Dogstar, denominou-se Small Fecal Matter e BFS (Big Fucking Shit).
Ainda em 1995, o conjuntou tocou como banda de abertura para o Bon Jovi na Austrália e Nova Zelândia e depois abriram para o David Bowie.
O Dogstar também tocou com nomes que depois se tornariam conhecidos como Rancid e Weezer.
Em 1996, lançam o compacto Quattro Formaggi, seguido de seu debutOur Little Visionary, sendo que ambos situam-se no Rock Alternativo característico da década de 90, com faixas bem agradáveis e alegres e boas bases de guitarra e baixo. Em diversas faixas, a banda lembra bastante o Supersonic, o que é uma coisa ruim.
O fato de contar com o Keanu Reeves e a qualidade inegável de Our Little Visionary fizeram com que o Dogstar estabelecesse uma base de fãs e todo o mundo, o que os fez tocar em locais como Inglaterra, Austrália e Índia.
Em 1999, os músicos se reuniram em estúdio para gravarem aquele que sabiam que seria seu último trabalho: Happy Ending, lançado em 2000, e que manteve a mesma pegada do seu antecessor, mas com um instrumental mais rico e um melhor trabalho vocal de Bret (vide a sentimental Superstar, cover do The Carpenters). Aliás, esse disco é realmente digno de nota e encerrou com chave de ouro a curta, mas significativa carreira do Dogstar.
Em razão de seus outros compromissos, a banda encerrou as atividades em 2002, após uma apresentação no Japão.
Em 2003, os músicos ainda participaram de um tributo ao Mr. Big, com a faixa Shine. Recentemente, o conjunto começou a reaver as filmagens de suas apresentações para o lançamento de um projeto em que relembrarão as suas turnês.


 Quattro Formaggi (EP) - 1996

01 - Honesty Anyway
02 - Behind Her
03 - Return
04 - 32 Stories

 Our Little Visionary - 1996

01 - Forgive
02 - Our Little Visionary
03 - No Matter What
04 - Breathe Tonight
05 - Nobody Home
06 - The History Light
07 - Honesty Anyway
08 - And I Pray
09 - Enchanted
10 - Bleeding Soul
11 - Goodbye
12 - Denial


 Happy Ending - 2000

01 - Halo
02 - Slipping Down
03 - Enemies
04 - Superstar (The Carpenters Cover)
05 - Cornerstore
06 - A Dreamtime
07 - Stagger
08 - Washington
09 - Alarming
10 - Swim
11 - Blown Away



Nenhum comentário:

Postar um comentário