Social Icons

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Kraanium - Discografia

Parece que o público é pequeno para o underground profundo, não é? Mas a musicalidade suja e seletiva engana por não ser o modelo mais preferido no mainstream. A verdade é que o submundo underground é vasto e bandas que "desavisados" classificariam como podres e nojentas existem em abundância e têm fãs em abundância. A propósito, diga-se de passagem que esses adjetivos da frase anterior são, na realidade, positivos. Pois a intenção é exatamente essa.
O Brutal Death Metal conta com grandes representantes, velhos ou novos. Embora a diferença entre as bandas seja somente perceptível a ouvidos refinados, muitas bandas alavancam a níveis estratosféricos em pouco tempo. Os noruegueses do Kraanium são o exemplo perfeito de uma banda de qualidade no ramo que está voando! Ou deveria eu dizer rastejando entre vermes no subsolo para me adequar à temática e sonoridade mórbidas?
Violência, tortura, sodomia, estupro... temática adequada para uma sonoridade com guitarras de sete cordas em afinação grave, ríspida e vocais guturais pig squeal. Essa banda iniciou suas atividades em 2001 em Oslo já com esse propósito psicopata em mente. A primeira formação era composta por Martin Funderud no vocal, Mats Funderud na guitarra e vocal de apoio e Andreas Paulsen no baixo. Em 2002 o time ficou completo com a chegada do segundo guitarrista Vidar Ermesjø e do baterista Johnny Jawless. O quinteto foi o responsável pelo lançamento da demo independente "No Respect For The Dead" em ainda em 2002. Contudo, parecia que a banda ficaria por isso, pois logo em seguida entraram em um longo hiato.
As atividades retomaram apenas em 2006, só que sem o baixista, que teve sua posição tomada por Ian Slemming em 2007. Com tudo certo novamente, os lançamentos voltaram a fluir com a mesma velocidade, a começar por duas demos seguidas em 2007 e 2008, intituladas simplesmente como "Promo 2007" e "Promo 2008". A notável qualidade do conjunto gerou um contrato com o selo Pathologically Explicit Recordings, especializado na linha da sonoridade, e como consequência chegou o álbum debut, com o doentio nome "Ten Acts of Sickening Perversity" e seus 27 pesados minutos.
Mantendo o passo ágil, o ano de 2009 nos presenteia com o disco sequencial, "The Art of Female Sodomy" e sua capa ainda mais perturbadora que a anterior. São 29 minutos de músicas que alternam cadência e maior fúria, mantendo constante o clima de uma sala de tortura. O trabalho foi gravado sem o baterista Johnny Jawless, que havia saído mais cedo naquele ano. Seu instrumento foi gravado pelo sueco Fredrik Widigs como membro de sessão.
Em 2010, Hannes Nystèn assume a batera, mas não a tempo de gravar a split "Goresoaked Slamassacre", disco lançado mais cedo no ano pelo mesmo selo, em parceria com as bandas Epicardiecyomy e Dormant Carnivore.
A passagem de Hannes foi rápida. O rapaz acabou sendo substituído em 2012 por Mitch Rider, que doou sua perícia para o lançamento do excelente "Post Mortal Coital Fixation", o terceiro álbum de estúdio da discografia, o primeiro com o novo contrato profissional (com a Comatose Records), além de ser também o mais longo, com 35 minutos de duração. Para o gênero, discos com mais de 30 minutos não são tão comuns, embora não sejam exatamente raros. Mas é bom que estende a experiência brutal.
Novamente a rotatividade de baquetas aconteceu, pois Mitch Rider sequer virou o ano com o conjunto. Sua função ainda não foi preenchida oficialmente, mas desde 2013 Victor Parri quebra um galho durante os shows. Em 2015 o guitarrista de longa data Vidar Ermesjø, que estava lado a lado desde 2002, desligou-se. Jason Varlamos foi então convocado a substitui-lo.
Embora os o gutural seja bem fechado e técnico, com clareza de dicção nível zero, as músicas têm letras. Muitas bandas não têm, portanto, executam apenas grunhidos, mas esse não é o caso dos noruegueses.
Não há nenhuma previsão de novo álbum até então, mas os caras estão ativos e realizando shows. Se você procura uma excelente banda de Brutal Death Metal cujo bem-sucedimento faça jus à sonoridade, o Kraanium é uma banda que cai bem como uma luva.


 Promo 2007 (Demo) (2007)

01 - Shithead
02 - Aborted S.O.B.
03 - N.R.F.T.D.
04 - Midgetfucker


 Promo 2008 (Demo) (2008)

01 - Midgetfucker
02 - Rectal Disembowelment
03 - Pleasure Through Horrendous Torture
04 - Perverted Sensation


 Ten Acts of Sickening Perversity (2008)

01 - Stench of Putrid Innards
02 - Perverted Sensation
03 - Rectal Disembowelment
04 - Midget Fucker
05 - Zombified Infanticide
06 - Pentagrandma
07 - Excremental Maniac
08 - Human Flesh Devourment
09 - Shemale Throatfuck
10 - Double Barrel Penetration
11 - Horrendous Torture (Bonus Track)


 The Art of Female Sodomy (2009)

01 - Severed Stump Fistfuck
02 - Reverse Abortion
03 - Human Flesh Devourment
04 - Masturbation With Fermented Entrails
05 - Double Barrel Penetration
06 - Pleasure Through Horrendous Torture
07 - Blood Splattered Satisfaction
08 - Sodomize Lazerate and Murder
09 - Perverted Sensation
10 - Stench of Putrid Innards


 Goresoaked Slamassacre (Split) (2010)

01 - Kraanium: To Fuck The Dead
02 - Kraanium: Diarrhoea Induced Gag Reflex
03 - Kraanium: Necrophilic Butchery
04 - Kraanium: Dach Full of Baches
05 - Kraanium: Chowing On Rectal Discharge
06 - Epicardiectomy: Intro
07 - Epicardiectomy: Endocystic Regurgitation
08 - Epicardiectomy: Rancid Flesh Copulation
09 - Epicardiectomy: Decomposed Entrails Colonoscopy
10 - Dormant Carnivore: Defile The Temple of Thy Womb
11 - Dormant Carnivore: Stillborn Ptomaine Extraction
12 - Dormant Carnivore: Female Torso Snuff Relations
13 - Dormant Carnivore: Viagra Doping Control


 Post Mortal Coital Fixation (2012)

01 - Post Mortal Fixation
02 - Stillborn Necrotic Fuck Feast
03 - Bursting Rectal Sores
04 - Compulsive Mutilation Disorder
05 - Slurping The Vaginal Pus
06 - Crack Whore Pounding
07 - Coprophagial Asphyxiation
08 - Slammed Kranial Remains
09 - Sculptures of Perverse Suffering
10 - Baptized In Boiling Sewage
11 - Orgy of Cannibalistic Fornication
12 - Entrails Full of Vermin (Abominable Putridity Cover)

Download

 Chronicles of Perversion (2015)

01 - Rock Filled Orifice
02 - Human Skin Fuck Doll
03 - Hung By Your Entrails
04 - Destined For Surgical Defilement
05 - Evisceration of Pre-Teen Cadavers
06 - Chronicles of Perversion
07 - Acid Cumbustion
08 - Rusty Knife Defloration
09 - Fermented Uteral Mastication
10 - Sodomize Her Headless Corpse
11 - Revisitate To Mutilate

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

Nenhum comentário:

Postar um comentário