Social Icons

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Evergrey - Discografia

O Evergrey já chama a atenção por ser de Gotemburgo, Suécia e também pelas brilhantes capas dos álbuns. Mas apesar de ser oriunda de um dos maiores berços do Death Metal na Europa, o som da banda é focado no Progressive Metal.
Fundado em 1995, no início o Evergrey era composto por Tom S. Englund (vocal e guitarra), Dan Bronell (guitarra), Daniel Nöjd (baixo e vocal), Patrick Carlsson (bateria) e Will Chandra (teclados).
Em 1998, lançaram seu primeiro disco, The Dark Discovery, que já trazia as bases do som do conjunto, com o seu Progressive com algumas pitadas de Power Metal. Produzido por Andy LaRocque (Mercyful Fate), que também tocou guitarra na faixa Closed Eyes, o álbum mostrava uma banda com muito potencial, pois o trabalho instrumental já chamava a atenção, ainda mais pela fusão de um som complexo com algumas faixas mais diretas.
Os vocais ferozes de Tom também eram um atrativo extra. Faixas como Blackened Dawn e For Every Tear That Falls, caíram nas graças dos ouvintes e se fizeram presentes nos shows do conjuntos mesmo nos tempos mais recentes.
Logo em seguida, Daniel Nöjd e Will Chandra deixaram a banda, sendo substituídos por Michael Håkansson e Sven Karlsson, respectivamente.
Em 1999, vem o segundo álbum, Solitude, Dominance, Tragedy, que contou mais uma vez com a produção de AndyLaRocque. O disco segue a sonoridade de The Dark Discovery, mas ainda melhor, com detaque para as ótimas She Speaks To The Dead e When Darkness Falls. O trabalho de guitarras continuou afiado, como em Scattered Me, mas há também um espaço maior para os teclados, os quais foram brilhantemente executados por Zachary Stephens, que figurou como músico convidado.
O resultado positivo do disco fez que a popularidade do conjunto aumentasse e pudesse se expandir por outros países.
No ano seguinte, Henrik Danhage entra para a banda no local de Dan Bronell. Com essa nova formação, vem o excelente In Search Of Truth, de 2001, álbum ainda melhor que seus antecessores e que mostrou uma banda mais introspectiva. O trabalho preza pelos vocais de Tom, que são bem destacados em relação aos outros instrumentos, algo que casou bem com a proposta do álbum.
Faixas como Different Worlds e Misled, deixam qualquer um impressionado, seja pela composição, pelos riffs ou por seus belos andamentos progressivos e colocam o Evergrey entre os maiores nomes do estilo.
Em 2002Rikard Zander é fixado como tecladista da banda, substituindo Sven Karlsson que gravou o disco anterior com o conjunto.
Já em 2003, lançam o álbum Recreation Day, que inicialmente seria um álbum conceitual, abordando a pedofilia na igreja, tema que pode ser observado pela arte da capa.
Em relação aos ouros álbuns, mais uma vez, fizeram um trabalho de altíssimo nível, com alguns temas mais pesados e outros mais melancólicos, como na ótima Visions, que lembra bastante o Pain Of Salvation.
Após o lançamento do álbum, acontecem mais mudanças na formação, com a saída do baterista Patrick Carlsson que deu lugar para Jonas Ekdahl.
Em 2004, vem o álbum The Inner Circle, o primeiro disco conceitual do conjunto, que traz como tema central a religião. O disco é muito bom, sendo impossível escolher alguma faixa específica. Além da esposa de Tom, Carina Englund que já havia contribuído com os vocais femininos nos outros álbuns do Evergrey, The Inner Circel ainda conta com o quarteto de cordas da Orquestra Sinfônica de Gothemburgo, que deixaram o resultado final ainda mais refinado.
Embora Tom Englund rejeitasse o rótulo de Prog Metal, é fato que o conjunto se tornaria uma das referências do estilo.
E se o vocalista não concordava com o rótulo de Prog Metal, o álbum seguinte, Monday Morning Apocalypse, de 2006, apresentaria algumas mudanças na sonoridade, aproximando o Evergrey do Heavy Metal, com faixas mais curtas, sem tanto destaque para os teclados e somente dando destaque para a parte instrumental nos solos.
Ainda que seja diferente do que a banda vinha fazendo, disco mostrou-se uma aposta ousada e bem executada, que rendeu bons frutos como as ótimas At Loss For Words e a faixa-título.
Em 2007Jari Kainulainen, baixista, ex-Stratovarius ingressa na banda no lugar de Michael Håkansson.
Já no seguinte lançam Torn, álbum que resgatou a sonoridade clássica da banda, com grandes composições como Still Walk Alone, Soaked, Fear e Numb.
Na sequência, a banda passaria por um momento de grande instabilidade, que culminaria com as saídas de Jonas Ekdahl, Henrik Danhage e Jari Kainulainen, em razão de problemas pessoais com os demais integrantes. Tal situação fez com os membros remanescentes (Tom e Rikard), cogitarem o encerramento das atividades.
A banda seguiu em frente com Tom (vocal e guitarra), Rikard Zander (teclados), Marcus Jidell (guitarra), Johan Niemann (baixo) e Hannes Van Dahl (bateria).
Com essa formação gravaram o disco Glorious Collision, lançado em 2011, que mostrou ainda tinham fôlego para fazer bons álbuns. Dessa vez, observa-se uma pegada mais direta, algo semelhante ao que iniciaram em Monday Morning Apocalypse, com um grande trabalho de todos os músicos. Em geral, todas as faixas tem o mesmo nível, mas é possível destacar Leave It Behind, Restoring The Loss, To Fit The Mold e ...And The Distance, que estão entre as melhores.
Em 2013, a banda informou que Hannes Van Dahl deixara o conjunto, para se dedicar em tempo integral às suas atividades junto ao Sabaton. Marucs Jidell foi outro a abandonar o barco. Novamente, o Evergrey viu o seu futuro incerto, sendo que os próprios membros remanescentes estavam sem motivação para continuar.
Tom chegaria a admitir que já havia se conformado o encerramento do conjunto. Apesar do período de incertezas, seguiram em frente, mas sem divulgar quais seriam os substitutos dos músicos que havia saído. A banda trabalhou no próximo disco, Hyms For The Broken, de 2014, mas somente em agosto de tal ano, com a divulgação do vídeo da música de trabalho King Of Errors, foi que a identidade dos novos músicos foi revelada, eram os já conhecidos Henrik Danhage e Jonas Ekdahl que haviam retornado!
Se Glorious Collision foi um trabalho muito bem recebido pela mídia especializada e pelos fãs, com Hyms For The Broken a coisa não foi diferente, sendo facilmente considerado um dos melhores álbuns de 2014, com todas as faixas equivalentes, mas com a faixa-título e King Of Errors chamando mais a atenção.
Quando todos pensavam que o Evergrey estava acabado, retornaram ainda mais fortes, o que demonstra que não é fácil abalar uma das melhores bandas suecas da atualidade.


 The Dark Discovery - 1998

01 - Blackened Dawn
02 - December 26th
03 - Dark Discovery
04 - As Light Is Our Darkness
05 - Beyond Salvation
06 - Closed Eyes
07 - Trust & Betrayal
08 - Shadowed
09 - When The River Calls
10 - For Every Tear That Falls
11 - To Hope Is To Fear


 Solitude Dominance Tragedy - 1999

01 - Solitude Within
02 - Nosferatu
03 - The Shocking Truth
04 - Scattered Me
05 - She Speaks To The Dead
06 - When Darkness Falls
07 - Words Mean Nothing
08 - Damnation
09 - The Corey Curse


 In Search Of Truth - 2001

01 - The Masterplan
02 - Rulers Of The Mind
03 - Watching The Skies
04 - State Of Paralysis
05 - The Encounter
06 - Mark Of The Triangle
07 - Dark Waters
08 - Different Worlds
09 - Misled


 Recreation Day - 2003

01 - The Great Deciever
02 - End Of Your Days
03 - As I Lie Here Bleeding
04 - Recreation Day
05 - Visions
06 - I'm Sorry
07 - Blinded
08 - Fragments
09 - Madness Caught Another Victim
10 - Your Darkest Hour
11 - Unforgivable Sin
12 - Trilogy Of The Damned (Bonus Track)

Download

 The Inner Circle - 2004

01 - A Touch Of Blessing
02 - Ambassador
03 - In The Wake Of The Weary
04 - Harmless Wishes
05 - Waking Up Blind
06 - More Than Ever
07 - The Essence Of Conviction
08 - Where All Good Sleep
09 - Faith Restored
10 - When The Walls Go Down
11 - I'm Sorry (Live And Acoustic)
12 - Recreation Day (Live And Acoustic)
13 - Madness Caught Another Victim (Live And Acoustic)


 A Night To Remember (Live) - 2005

CD 01

01 - Intro
02 - Blinded
03 - End Of Your Days
04 - More Than Ever
05 - She Speaks To The Dead
06 - Rulers Of The Mind
07 - Blackened Dawn
08 - Waking Up Blind
09 - As I Lie Here Bleeding
10 - Mislead
11 - Mark Of The Triangle

CD 02

01 - When The Walls Go Down
02 - Harmless Wishes
03 - Essence Of Cenviction
04 - Solitude Within
05 - Nosferatu
06 - Recreation Day
07 - For Every Tear That Falls
08 - Touch Of Blessing
09 - The Masterplan

Download

 Monday Morning Apocalypse - 2006

01 - Monday Morning Apocalypse
02 - Unspeakable
03 - Lost
04 - Obedience
05 - The Curtain Fall
06 - In Remembrance
07 - At Loss For Words
08 - Till Dagmar
09 - Still In The Water
10 - The Dark I Walk You Through
11 - I Should
12 - Closure


 Torn (Limited Edition) - 2008

01 - Broken Wings
02 - Soaked
03 - Fear
04 - When Kingdoms Fall
05 - In Confidence
06 - Fail
07 - Numb
08 - Torn
09 - Nothing Is Erased
10 - Still Walk Alone
11 - These Scars
12 - Caught In A Lie


 Glorious Collision - 2011

01 - Leave It Behind Us
02 - You
03 - Wrong
04 - Frozen
05 - Restoring The Loss
06 - To Fit The Mold
07 - Out Of Reach
08 - The Phantom Letters
09 - It Comes From Within
10 - Free
11 - The Disease...
12 - I'm Drowning Alone
13 - ... And The Distance
14 - ... And The Distance (Feat. Carina Englund)


 A Decade And A Half (Compilation) - 2012

CD 01

01 - The Masterplan
02 - Blackened Dawn (Live)
03 - Rulers Of The Mind
04 - A Touch Of Blessing
05 - Frozen
06 - For Every Tear That Falls (Live)
07 - More Than Ever
08 - Blinded
09 - Faith Restored
10 - These Scars
11 - Broken Wings
12 - Words Mean Nothing
13 - Wrong (Live) (Unplugged; Previously Unreleased)

CD 02

01 - The Great Deceiver
02 - Monday Morning Apocalypse
03 - Wrong
04 - Waking Up Blind (Live)
05 - Solitude Within
06 - Recreation Day
07 - Still In The Water
08 - Leave It Behind Us
09 - Fear
10 - When The Walls Go Down (Live)
11 - Frozen (Live) (Unplugged; Previously Unreleased)


 Hymns For The Broken - 2014

01 - The Awakening
02 - King Of Errors
03 - A New Dawn
04 - Wake A Change
05 - Archaic Rage
06 - Barricades
07 - Black Undertow
08 - The Fire
09 - Hymns For The Broken
10 - Missing You
11 - The Grand Collapse
12 - The Aftermath

Bonus CD - Piano Versions

01 - Hyms For The Broken
02 - Barricades
03 - These Scars


 Greatest Hits - 2015

01 - Monday Morning Apocalypse
02 - King Of Errors
03 - Solitude Within
04 - The Great Deceiver
05 - Nosferatu
06 - I'm Sorry
07 - At Loss For Words
08 - Shadowed
09 - Hymns For The Broken
10 - More Than Ever
11 - These Scars
12 - The Aftermath
13 - Words Mean Nothing




2 comentários: