Social Icons

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Gillan - Discografia

Insatisfeito com os rumos da Ian Gillan Band, o vocalista Ian Gillan resolveu dissolver o conjunto em 1978, dando sequência em sua carreira pós-Deep Purple, com um novo projeto, que levaria apenas o seu sobrenome: Gillan.
Da Ian Gillan Band permaneceu apenas o tecladista Colin Towns, sendo que trouxe os seguintes músicos para o novo conjuto: Steve Byrd (guitarra), Liam Genockey (bateria) e John McCoy (baixo).
Desde o início, o vocalista deixou claro que sua intenção era buscar um som mais voltado para o Rock Progressivo, afastando-se do Jazz-Fusion com Rhythm And Blues dos discos anteriores.
Por questões contratuais, o primeiro disco que sairia ainda em 1978, somente poderia ser lançado no Japão, Austrália e Nova Zelândia. Assim, o álbum homônimo passaria a ser conhecido como The Japanese Album.
Embora o vocalista tenha se esforçado para fazer um som mais voltado para o Rock Progressivo, é possível observar que o debut caminha mais na direção do Hard Rock setentista. O disco foi muito bem recebido e rendeu ao conjunto um contrato com a gravadora Acrobat Records para o lançamento de novos trabalhos no continente europeu.
No Natal de 1978, Ritchie Blackmore convidou Ian Gillan para ingressar no Rainbow, sendo o convite declinado. Ainda assim, Blackmore fez uma participação especial no show do Gillan, sendo a primeira vez que os músicos estavam juntos no palco desde o 1973.
Logo após o lançamento do disco, Liam Genockey deixou o conjunto, dando lugar para Pete Barnacle.
Antes de um novo álbum ser gravado, Byrd foi substituído por Bernie Torme e Barnacle pelo baterista Mick Underwood, ex-colega de Ian Gillan no Episode Six. A inclusão de Bernie trouxe uma nova cara para o conjunto, pois sua veia mais Metal, fez com que o som ficasse mais pesado e contribuiu para uma agressividade maior no trabalho vocal de Ian Gillan.
O primeiro fruto da nova formação foi Mr. Universe, de 1979, disco que trazia algumas faixas retrabalhadas do álbum de estréia e que foi um grande sucesso, tanto de vendas quanto de crítica.
Infelizmente, a ascensão foi prejudicada com a falência da gravadora. 
Era evidente que o conjunto estava embalado pela onda da NWOBHM e isso fez com sua popularidade aumentasse junto aos jovens. Foi nessa época, mais precisamente em 1980, que o Gillan lançaria seu álbum mais marcante: Glory Road, que é um daqueles tesouros escondidos do Metal e que merece ser ouvido com atenção.
Ainda que tenha sido bem recebido pelos fãs ingleses, o conjunto não conseguiu despertar atenção do mercado norte-americano e nem no restante da Europa e na Ásia, o que acabou desmotivando os músicos, pois o retorno financeiro não estava sendo o esperado.
Tal fato acabou contribuindo decisivamente para a saída de Bernie Torme, que ocorreu logo após o lançamento de Future Shock de 1981. Ironicamente, a banda continuava em ótima forma e o disco foi outro grande feito, atingindo o mesmo sucesso de Glory Road.
Ainda que o retorno financeiro pudesse não ser o esperado, com dois grandes álbuns em sequência, Ian Gillan provava que havia vida pós-Purple e que ainda podia lançar trabalhos de qualidade.
Para o lugar de Bernie Torme o escolhido foi Janick Gers (ex-White Spirit) e que tempos depois ingressaria no Iron Maiden. Com Gers, o conjunto gravou o ao vivo Double Trouble,.
Em 1982, vem Magic, último álbum do conjunto. O trabalho não teve o resultado desejado, sendo que a tensão pelos problemas financeiros, aliados à saúde de Ian Gillan (que havia retirado nódulos das cordais vocais), contribuíram para o final do conjunto.
Ian Gillan acabou indo para o Black Sabbath, para a surpresa do restante do conjunto. Bernie Torme e John McCoy juntaram suas forças recentemente no projeto da banda GMT, lançando dois álbuns, um em 2006 e outro em 2009.
Com dois discos do calibre de Glory Road e Future Shock, aliado ao inquestionável talento de Ian Gillan, é difícil entender a razão dessa banda não ter alcançado o estrelato, sendo que parte disso pode ser creditada ao fato de não levaram o conjunto a sério, por ter mais cara de projeto e também em razão de seus grandes trabalhos terem surgido em que o Heavy Metal estava apresentando muita coisa boa em sequencia.


 Gillan (The Japanese Album) - 1978

01 - Street Theatre
02 - Secret Of The Dance
03 - I'm Your Man
04 - Dead Of Night
05 - Fighting Man
06 - Message In A Bottle
07 - Not Weird Enough
08 - Bringing Joanna Back
09 - Abbey Of Thelema
10 - Back In The Game
11 - Vengeance
12 - Move With The Times
13 - Sleeping On The Job
14 - Roller


 Mr. Universe - 1979

01 - Second Sight
02 - Secret Of The Dance
03 - She Tears Me Down
04 - Roller
05 - Mr. Universe
06 - Vengeance
07 - Puget Sound
08 - Dead Of Night
09 - Message In A Bottle
10 - Fighting Man
11 - On The Rocks (Live)
12 - Bite The Bullet (Live)
13 - Mr. Universe (Live)
14 - Vengeance (Live)
15 - Smoke On The Water (Live)
16 - Lucille (Live)


 Glory Road - 1980

01 - Unchain Your Brain
02 - Are You Sure?
03 - Time And Again
04 - No Easy Way
05 - Sleeping On The Job
06 - On The Rocks
07 - If You Believe Me
08 - Running, White Face, City Boy (Towns)
09 - Nervous
10 - Your Mother Was Right
11 - Redwatch
12 - Abbey Of Thelema
13 - Trying To Get To You
14 - Come Tomorrow
15 - Dragon's Tongue
16 - Post-Fade Brain Damage


 Future Shock - 1981

01 - Future Shock
02 - Right Ride Out Of Pheonix
03 - (The Ballad Of) The Lucitania Express
04 - No Laughing In Heaven
05 - Sacre Bleu
06 - New Orleans
07 - Bite The Bullet
08 - If I Sing Softly
09 - Don't Want The Truth
10 - For Your Dreams
11 - Nightmares (A-Side Single)
12 - Bite The Bullet (Live B-Side Single)


 Double Trouble (Live) - 1981

01 - I'll Rip Your Spine Out
02 - Restless
03 - Men Of War
04 - Sunbeam
05 - Nightmare
06 - Hadely Bop Pop
07 - Life Goes On
08 - Born To Kill
09 - No Laughing In Heaven
10 - No Easy Way
11 - Trouble
12 - Mutually Assured Destruction
13 - If You Believe Me
14 - New Orleans

 Magic - 1982

01 - What's The Matter
02 - Bluesy Blue Sea
03 - Caught In A Trap
04 - Long Gone
05 - Driving Me Wild
06 - Demon Driver
07 - Living A Lie
08 - You're So Right
09 - Living For The City
10 - Demon Driver (Reprise)
11 - Breaking Chains
12 - Fiji
13 - Purple Sky
14 - South Africa
15 - John
16 - South Africa (Extended 12 Version)
17 - Helter Skelter
18 - Smokestack Lightning


 Live At The BBC, 79-80 - 1999

CD 01

01 - Interview With Ian Gillan
02 - Sleeping On The Job
03 - Mr. Universe
04 - Dead Of Night
05 - Roller
06 - Vengeance
07 - Smoke On The Water
08 - Secret Of The Dance
09 - Sleeping On The Job
10 - Mr. Universe
11 - Dead Of Night
12 - Vengeance

CD 02

01 - Unchain You Brain
02 - Are You Sure?
03 - Mr. Universe
04 - No Easy Way
05 - Trouble
06 - If You Believe Me
07 - On The Rocks
08 - Nervous
09 - Running White Face City Boy
10 - Vengeance
11 - Lucille
12 - Interview With Ian Gillan
13 - If You Believe Me




Nenhum comentário:

Postar um comentário