Social Icons

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Ecliptyka - Discografia

O Ecliptyka iniciou suas atividades em 2002, em Jundiaí, São Paulo, com Guilherme Bollini (guitarra e vocais rasgados), Helena Martins (vocais) e Tiago Catalá (bateria). Após, juntaram-se a eles o baixista Rodrigo Mathias e o guitarrista Ricardo Abatte.
Desde o início, realizaram diversas apresentações em especial na região metropolitana de São Paulo. Em 2007, lançaram o compacto The First Petal Falls, que chamou a atenção do público e da mídia especializada pela qualidade da produção e das faixas, com belas melodias, capazes de demonstrar com maestria o talento dos músicos. Ao contrário do que se possa imaginar, os vocais de Helena não levam o conjunto para o lado sinfônico, mas sim para o lado do Metal Melódico, com influências de gêneros como o Heavy e Prog Metal e até do Death Metal. Faixas como Time Makes Us Free e Rest Warrior já eram uma boa prévia do que estaria para vir em seguida.
The First Petal Falls possibilitou que o conjunto ampliasse seu público, vindo a tocar até na Europa, em festivais na Alemanha e na Bélgica. Além disso, abriu shows para conjuntos importantes no cenário nacional como Tuatha De Danann, Dr. Sin e Mindflow.
Com Eric Zambonini (baixo) e Hélio Valisc (guitarra) nos lugares de Rodrigo Mathias e Ricardo Abatte, a banda partiu para a gravação do primeiro disco, A Tale Of Decadence, lançado em 2011. E a boa impressão passada pelo compacto se confirmou no debut, um ótimo trabalho, que mesclou os estilos já mencionados com grande habilidade, algo que pode ser compreendido pelo fato dos músicos estarem mais experientes. O fato de contar com dois excelentes vocalistas também fez a diferença, sendo que as vozes casaram muito bem. Por falar em voz, em momentos mais suaves, o timbre de Helena Martins lembra um pouco a Simone Simons (Epica). O álbum conta com as participações especiais de Marcelo Carvalho (Hateful) e Danilo Herbert (Mindflow) nas faixas We Are The SameSplendid Cradle, respectivamente, o que serviu para dar mais brilho a tudo. Além das faixas citadas, os destaques vão para Hate, Why Should They Pay? e para a faixa-título.
O disco abriu ainda mais portas para a banda, possibilitando que abrissem shows para nomes como
Tarja Turunen, Delain e The Agonist.
Em 2014, lançam mais um disco marcante: Times Are Change, ainda melhor que seu antecessor e que fez o conjunto alcançar um novo patamar, com uma produção impecável, a cargo de Jean Dolabella (ex-Sepultura) e uma evolução maior, principalmente nos vocais de Guilherme, que estão mais presentes e de forma bastante agradável.
Faixas como Embrace The Pain, Save Me From Myself e If You Only Knew, provam que essa é uma banda que veio pra ficar, num dos melhores discos de Metal Nacional de 2014!


 The First Petal Falls (EP) - 2007

01 - Wept Fears
02 - Time Makes Us Free
03 - Feelings From Deshing
04 - Rest Warrior
05 - Unlesh Me


 A Tale Of Decadence - 2011

01 - The Age Of Decadence
02 - We Are The Same
03 - Splendid Cradle
04 - Fight Back
05 - Dead Eyes
06 - Echoes From War
07 - Hate
08 - Why Should They Pay?
09 - Look At Yourself
10 - I've Had Everything
11 - Unnatural Evolution
12 - Eyes Closed
13 - Berço Esplendido (Bonus Track)


 Times Are Changed - 2014

01 - Times Are Changed
02 - To Your Final Breath
03 - Forgotten
04 - What You Think You Feel
05 - Embrace The Pain
06 - Breathing Again
07 - Changed And Gone
08 - Save Me From Myself
09 - If You Only Knew


Um comentário:

  1. Conheci essa Band tem pouquíssimo tempo mas eles tem um som muito legal obg warriors of the metal vcs são D+

    ResponderExcluir