Social Icons

domingo, 17 de agosto de 2014

Chris Cornell - Discografia

Christopher John Boyle, popularmente conhecido como Chris Cornell, nasceu em Seattle, Estados Unidos, no dia 20 de julho de 1964.
Entre sua infância e a adolescência, Chris passou a se interessar pela música, em especial pelo trabalho dos Beatles, de que se tornou um grande admirador.
No começo dos anos 80, Cornell foi um membro de uma banda cover chamada The Shemps, que também contava com o baixista Hiro Yamamoto. Após o fim do conjunto, a dupla seguiu junta e recrutaram Kim Thayil, formando um dos maiores nomes do grunge em todos os tempos: o Soundgarden.
Além do sucesso com o Soundgarden, Chris foi o criador do projeto Temple Of The Dog, uma homenagem a seu falecido amigo Andrew Wood. Desse conjunto, nasceu outro grande nome do grunge: o Pearl Jam.
Em 1997, o Soundgarden encerrou suas atividades e Chris partiu para a carreira solo. Seu primeiro álbum veio em 1999, intulado Euphoria Morning.
O álbum aposta do Rock Alternativo, com uma pegada mais pop, e que traz, além dos vocais sempre perfeitos de Chris, a ótima Can't Change Me, sendo o único single de sucesso no do álbum. O disco não teve boas vendas, mas as apresentações de divulgação do trabalho eram sempre bastante prestigiadas.
Em 2001, Chris deu início ao Audioslave, com os demais membros do Rage Against The Machine, que estavam à procura de um vocalista, após a saída de Zack de la Rocha.
O Audioslave durou até 2007, ano em que Chris anunciou sua saída por problemas pessoais e divergências musicais.
Ainda em 2007, o músico lançou a coletânea The Roads We Choose - A Retrospective, que abordava toda a sua carreira até o momento e que tinha duas ótimas versões acústicas para os clássicos Black Hole Sun (Soundgarden) e Like A Stone (Audioslave).
O músico lançou, ainda, seu segundo álbum solo: Carry On, que trazia o sucesso You Know My Name, que foi trilha sonora do filme 007 - Cassino Royale. E se os fãs do Soundgarden já haviam se decepcionado com Euphoria Morning pela falta de peso, em Carry On as baladas predominam. Ainda assim há destaques como Dissappearing Act e Safe And Sound (que lembra bastante o The Black Crowes). Há, ainda, uma versão inusitada de Billie Jean, clássico de Michael Jackson.
Nessa mesma época, o músico teve problemas relacionados à divulgação não autorizada de um disco acústico intitulado Chris Cornell: Unplugged In Sweden,  que retrata um show ocorrido em 2006 em Estocolmo. A resposta "oficial" viria em 2011, com o lançamento de Songbook.
Scream, seu terceiro disco solo, foi lançado em 2009, sendo considerado por Chris como o ponto mais alto de sua carreira. O vocalista afirmou que o som de Scream foi inspirado nos Beatles, em relação ao fato de compor e gravar o que gostam, sem ligar para os resultados.
O álbum foi muito criticado pela mídia, ainda assim, foi o disco de Chris que teve melhores vendas, o que pode ser explicado pela faixa-título, que teve enorme divulgação em diversos de veículos de comunicação. Em 2010, anunciou-se o retorno do Soundgarden e a carreira solo de Chris, deu uma parada. Apesar de flertar entre o Pop e o Alternative Rock, vale a pena dar uma atenção para a carreira solo do cara, afinal de contas estamos falando de um dos melhores vocalistas da atualidade!


 Euphoria Morning - 1999

01 - Can't Change Me
02 - Flutter Girl
03 - Preaching The End Of The World
04 - Follow My Way
05 - When I'm Down
06 - Mission
07 - Wave Goodbye
08 - Moonchild
09 - Sweet Euphoria
10 - Disappearing One
11 - Pillow Of Your Bones
12 - Steel Rain
13 - Sunshower
14 - Can't Change Me (French Version - Japanese Bonus Track)


 The Roads We Choose - A Retrospective (Compilation) - 2007

01 - Chris Cornell - No Such Thing
02 - Soundgarden - Black Hole Sun
03 - Temple Of The Dog - Hunger Strike
04 - Soundgarden - Outshined
05 - Soundgarden - The Day I Tried To Live
06 - Soundgarden - Fell On Black Days
07 - Soundgarden - Spoonman
08 - Soundgarden - Blow Up The Outside World
09 - Audioslave - Be Yourself
10 - Audioslave - Original Fire (Acoustic)
11 - Audioslave - Show Me How To Live
12 - Chris Cornell - Can't Change Me
13 - Temple Of The Dog - Say Hello 2 Heaven
14 - Audioslave - Like A Stone (Acoustic)
15 - Soundgarden - Black Hole Sun (Acoustic)
16 - Chris Cornell - You Know My Name
17 - Chris Cornell - Arms Around Your Love

Download

 Carry On - 2007

01 - No Such Thing
02 - Poison Eye
03 - Arms Around Your Love
04 - Safe And Sound
05 - She'll Never Be Your Man
06 - Ghosts
07 - Killing Birds
08 - Billie Jean
09 - Scar On The Sky
10 - Your Soul Today
11 - Finally Forever
12 - Silence The Voices
13 - Disappearing Act
14 - You Know My Name
15 - Today (Bonus Track)

Download

 Scream - 2009

01 - Part Of Me
02 - Time
03 - Sweet Revenge
04 - Get Up
05 - Ground Zero
06 - Never Far Away
07 - Take Me Alive
08 - Long Gone
09 - Scream
10 - Enemy
11 - Other Side Of Town
12 - Climbing Up The Walls
13 - Watch Out - Two Drink Minimum (Hidden Track)
14 - Ordinary Girl (Bonus Track)
15 - Lost Cause (Bonus Track)
16 - Do Me Wrong (Bonus Track)
17 - Stop Me (Bonus Track)
18 - Why Do You Follow Me

 SongBook (Live) - 2011

01 - As Hope And Promise Fade
02 - Scar On The Sky
03 - Call Me A Dog
04 - Ground Zero
05 - Can't Change Me
06 - I Am The Highway
07 - Thank You
08 - Cleaning My Gun
09 - Wide Awake
10 - Fell On Black Days
11 - All Night Thing
12 - Doesn't Remind Me
13 - Like A Stone
14 - Black Hole Sun
15 - Imagine
16 - The Keeper

Download

 Higher Truth - 2015

01 - Nearly Forgot My Broken Heart
02 - Dead Wishes
03 - Worried Moon
04 - Before We Disappear
05 - Through The Window
06 - Josephine
07 - Murderer of Blue Skies
08 - Higher Truth
09 - Let Your Eyes Wander
10 - Only These Words
11 - Circling
12 - Our Time In The Universe
13 - Bend In The Road (Bonus Track)
14 - Wrong Side (Bonus Track)
15 - Misery Chain (Bonus Track)
16 - Our Time In The Universe (Remix) (Bonus Track)

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

Um comentário:

  1. Eu não sou de comentar, mas agora fui ler a historia desse cara:
    Cara, eu fui ouvi o primeiro solo dele em 2006 e virou um vício, logo após ouvi o carry on, realmente não se nota peso nas musicas, mas é um album solo, o vocal dele é muito bem explorado. Não ouvi o Scream pois achei muito "baladinha", mas é hoje que ouço tudo mermão.
    Ese cara é um mito manos

    ResponderExcluir