Social Icons

sábado, 27 de setembro de 2014

Manilla Road - Discografia

Originário de Wichita, Kansas, Estados Unidos, o Manilla Road acabou levando tempo até ter o seu trabalho reconhecido. Apesar da qualidade indiscutível de seus álbuns, o conjunto se tornou mais popular na Europa do que em seu país de origem.
A banda foi fundada em 1977, por Mark Shelton (voz e guitarra), Scott Park (baixo) e Rick Fisher (bateria).
Já em 1980, criam o seu próprio selo, chamado Roadster e lançam seu primeiro álbum Invasion, um disco simples, que trazia uma fusão do Rock n' Roll da época com o Heavy Metal, que acabaria servindo de base para a sonoridade do conjunto. Os destaques ficam com Cat And Mouse, Far Side Of The Sun e The Empire.
A evolução da banda torna-se evidente com Metal de 1982, álbum que os levava cada vez mais para o Heavy Metal, como por exemplo nas faixas Cage Of Mirrors e Far Side Of The Sun.
Para os próximos trabalhos, o conjunto apresentou um novo baterista: Randy Foxe, que tinha uma linha de trabalho mais agressiva, do que o baterista original Rick Fisher.
O primeiro disco da nova formação foi Crystal Logic, de 1983 e marca o início da melhor fase da carreira do conjunto. Faixas como Necropolis e Flaming Metal System, tornaram-se verdadeiros hinos para os fãs. Além dessas, The Veils Of Negative Existence tinha um ritmo mais cadenciado, aproximando-se do Doom Metal.
Não bastasse a parte técnica estar bem melhor, as letras também começaram a ser melhor trabalhadas, com referências à mitologia nórdica, a lenda do Rei Artur, além de outras fontes literárias.
Heavy Metal clássico com influências épicas, guerreiros, batalhas e histórias medievais, com essa temática o Manilla Road passaria a ser conhecido e admirado.
Talvez o conjunto tenha sido prejudicado por ter lançado seus grandes álbuns numa época em que Metal estava em uma de suas melhores fases.
Open The Gates, de 1985, foi o ápice do conjunto, um disco que já chama a atenção pela sua belíssima arte na capa, desenhada por Eric Larnoy. Recheado de clássicos o disco mostra-se essencial para qualquer fã de Heavy Metal. Faixas como The Fires Of Mars e Heavy Metal To The World, deixam todos admirados e sem saber como um trabalho desses não figura entre os melhores em qualquer lista feita.
Após Open The Gates, o Manilla Road passou a ser reconhecido como os "Mestres do Metal Épico".
Dando sequencia à boa fase, veio The Deluge, que saiu 1986. A missão de superar o seu antecessor era quase impossível e se The Deluge não superou, cumpriu bem o seu papel, trazendo outra bela arte de capa e composições como: Dementia, Isle Of The Dead e Friction In Mass, que caíram no gosto dos fãs.
Após The Deluge, a banda tornou-se ainda mais agressiva e pesada, mostrando uma sonoridade que expunha um verdadeiro Speed/Thrash Metal.
A nova fase começa a ser exposta em Mystification, de 1987, disco que tem uma temática voltada para o terror, com várias influências ao escritor Edgar Allan Poe. O peso e a agressividade fica evidente em faixas como Up From The Crypt e Valley Of Unrest. Provavelmente o Thrash Metal que explodia nos Estados Unidos na época trouxe várias inspirações ao conjunto.'
Na sequência, vem o primeiro ao vivo Roadkill, que sai em 1988.
O Thrash e o Speed ficavam cada vez mais evidentes, sendo que Out Of The Abyss, de 1988 é um disco puramente Thrash. Petardos como Black Cauldron e Midnight Meat Train não deixaram dúvidas sobre as mudanças da banda.
O álbum seguinte manteve o peso, mas sem tanta rapidez, mesclando faixas curtas com outras mais longas e épicas. The Court Of Chaos de 1990, pode não ser o melhor disco do Manilla Road, mas traz algumas de suas melhores faixas, como Dig Me No Grave e The Book Of Skelos.
Mark Shelton elegou o disco como a primeira verdadeira obra-prima do Manilla Road.
Após o lançamento do álbum, o conjunto se separou e encerrou as atividades.
Em 1992, Mark Shelton ao lado de Andrew Coss (baixo, vocal e teclados) e de Aaron Brown (bateria), lançou seu primeiro álbum solo, chamado The Circus Maximus. Por insistência da gravadora, que buscava um número de vendas, o álbum acabou saindo como se fosse do Manilla Road.
O retorno do Manilla Road ocorreria apenas em 2001, contendo apenas com Mark Shelton como membro da formação original. Os demais membros eram Bryan Patrick (vocals), Scott Peters (bateria) e Mark Anderson (baixo). Atlantis Rising, disco que marcou o retorno da banda, narrava a história de Atlântida, o continente perdido. O fato de contar com dois vocalistas deu uma revitalizada no som da banda, novamente focado no Heavy Metal épico.
Em 2002, vem Spiral Castle, disco ainda melhor que Atlantis Rising e que trouxe as brilhantes Merchants Of Death e a faixa-título, uma composição longa e pesada. Ainda em 2002, o conjunto lança o álbum Mark Of The Beast, que havia sido gravado em 1981, mas que não chegou a sair na época em razão da banda ter ficado descontente com o resultado final.
Com Cory Christner na bateria e Harvey Patrick no baixo, em 2005 vem o álbum Gates Of Fire, outro bom disco, com destaque para as faixas When Giants Fall, The Fall Of Iliam e Betrayal.
Em 2008, o conjunto lança o disco Voyager, que mais uma vez investe nas faixas épicas, como Tomb Of The Serpent King/Butchers Of The Sea. Pela época em que foi lançado, esse é um álbum que, se tivesse sido mais bem trabalhado, provavelmente levaria o conjunto a outro patamar, afinal, a produção não é da melhores, sendo que fica evidente que a ideia era apresentar um som mais cru, algo característico para o Manilla Road.
No ano seguinte saiu After Midnight Live, gravado em 1979 nos estúdios da rádio KMUW.
Apostando em faixas mais simples e curtas, veio Playground Of The Dammed em 2011, que tem seus bons momentos como na faixa-título e em Into The Maelstrom, Grindhouse e Abattoir De La Mort. Mais uma vez a produção simplista, torna a audição um pouco difícil.
Em 2013, vem Mysterium, seu último álbum até o momento, que tem como destaques a faixa-título e também Only The Brave e Do What Thou Will. Para aqueles que veem seus trabalhos como muitos simples e crus, Mysterium é uma afirmação disso, ficando claro que essa é realmente a intenção da banda, mantendo suas raízes com o som que gostam de fazer.
Nas primeiras audições, o Manilla Road pode não chamar a atenção, mas com um pouco de paciência e observação, é possível saborear grandes trabalhos, em especial a sequência iniciada em Crystal Logic até The Deluge.


 Invasion - 1980

01 - The Dream Goes On
02 - Cat And Mouse
03 - Far Side Of The Sun
04 - Street Jammer
05 - Centurian War Games
06 - The Empire


 Metal - 1982

01 - Enter The Warrior
02 - Defender
03 - Queen Of The Black Coast
04 - Metal
05 - Out Of Control With Rock & Roll
06 - Cage Of Mirrors
07 - Far Side Of The Sun


 Crystal Logic - 1983

01 - Prologue
02 - Necropolis
03 - Flaming Metal System
04 - Crystal Logic
05 - Feeling Free Again
06 - The Riddle Master
07 - The Ram
08 - The Veils Of Negative Existence
09 - Dreams Of Eschaton - Epilogue

Download

 Open The Gates - 1985

01 - Metalstorm
02 - Open The Gates
03 - Astronomica
04 - Weavers Of The Web
05 - The Ninth Wave
06 - Heavy Metal To The World
07 - The Fires Of Mars
08 - Road Of Kings
09 - Hour Of Dragon
10 - Witches Brew
11 - Open The Gates (Live) (Bonus Track)
12 - Witches Brew (Live) (Bonus Track)

 The Deluge - 1986

01 - Dementia
02 - Shadows In The Black
03 - Divine Victim
04 - Hammer Of The Witches
05 - Morbid Tabernacle
06 - Isle Of The Dead
07 - Taken By Storm
08 - The Deluge
09 - Friction In Mass
10 - Rest In Pieces
11 - Dementia (Live) (Bonus Track)


 Mystification - 1987

01 - Up From The Crypt
02 - Children Of The Night
03 - Haunted Palace
04 - Spirits Of The Dead
05 - Valley Of Unrest
06 - Mystification
07 - Masque Of The Red Death
08 - Death By The Hammer
09 - Dragon Star
10 - The Asylum (Bonus Track)


 Roadkill (Live) - 1988

01 - Dementia
02 - Open The Gates
03 - Mystification
04 - The Deluge
05 - Masque Of The Red Death
06 - Witches Brew
07 - Spirits Of The Dead
08 - Far Side Of The Sun
09 - Death By The Hammer
10 - Shadow In The Black
11 - Hammer Of The Witches
12 - Taken By Storm
13 - Friction In Mass
14 - Rest In Pieces
15 - Isle Of The Dead

Download

 Out Of The Abyss - 1988

01 - Whitechapel
02 - Rites Of Blood
03 - Out Of The Abyss
04 - Return Of The Old Ones
05 - Black Cauldron
06 - Midnight Meat Train
07 - War In Heaven
08 - Slaughterhouse
09 - Helicon

 The Courts Of Chaos - 1990

01 - Road To Chaos
02 - Dig Me No Grave
03 - D.O.A.
04 - Into The Courts Of Chaos
05 - From Beyond
06 - A Touch Of Madness
07 - (Vlad) The Impaler
08 - The Prophecy
09 - The Books  Of Skelos
10 - Far Side Of The Sun (Live) (Bonus Track)


 The Circus Maximus - 1992

01 - Throne Of Blood
02 - Lux Aeterna
03 - Spider
04 - Murder By Degrees
05 - No Sign From Above
06 - In Gein We Trust
07 - Flesh And Fury
08 - No Touch
09 - Hack It Off
10 - Forbidden Zone
11 - She's Fading


 Atlantis Rising - 2001

01 - Megalodon
02 - Book I. The Rise (Of Atland) Lemuria
03 - Book I. The Rise (Of Atland) Atlantis Rising
04 - Book II. The Fall (Of Atland) Sea Witch
05 - Book II. The Fall (Of Atland) Resurrection
06 - Book II. The Fall (Of Atland) Decimation
07 - Book III. Bifrost (The Rainbow Bridge) Flight Of The Ravens
08 - Book III. Bifrost (The Rainbow Bridge) March Of The Gods
09 - Book IV. The Battle (Of Midgard) Siege Of Atland
10 - Book IV. The Battle (Of Midgard) War Of The Gods


 Spiral Castle - 2002

01 - Gateway To The Sphere
02 - Spiral Castle
03 - Shadow
04 - Seven Trumpets
05 - Merchants Of Death
06 - Born Upon The Soul
07 - Sands Of Time

Download

 Mark Of The Beast (1981) - 2002

01 - Mark Of The Beast
02 - Court Of Avalon
03 - Avatar
04 - Dream Sequence
05 - Time Trap
06 - Black Lotus
07 - Teacher
08 - Aftershock
09 - Venusian Sea
10 - Triumvirate

 Gates Of Fire - 2005

01 - The Frost Giant's Daugher - Riddle Of Steel
02 - The Frost Giant's Daugher - Behind The Veil
03 - The Frost Giant's Daugher - When Giants Fall
04 - Out Of The Ashes - The Fall Of Iliam
05 - Out Of The Ashes - Imperious Rise
06 - Out Of The Ashes - Rome
07 - Gates Of Fire - Stand Of The Spartans
08 - Gates Of Fire - Betrayal
09 - Gates Of Fire - Epitaph To The King
 Voyager - 2008

01 - Tomb Of The Serpent King-Butchers Of The Sea
02 - Frost And Fire
03 - Tree Of Life
04 - Blood Eagle
05 - Voyager
06 - Eye Of The Storm
07 - Return Of The Serpent King
08 - Conquest
09 - Totentanz (The Dance Of Death)


 After Midnight Live, 1979 - 2009

01 - Chromaphobia
02 - Life's So Hard
03 - Pentacle Of Truth
04 - Dream Of Peace
05 - Herman Hill


 Playground Of The Damned - 2011

01 - Jackhammer
02 - Into The Maelstrom
03 - Playground Of The Damned
04 - Grindhouse
05 - Abattoir De La Mort
06 - Fire Of Ashurbanipal
07 - Brethren Of The Hammer
08 - Art Of War

 Mysterium - 2013

01 - The Grey God Passes
02 - Stand Your Ground
03 - The Battle Of Bonchester Bridge
04 - Hermitage
05 - Do What Thou Will
06 - Only The Brave
07 - Hallowed Be Thy Grave
08 - The Fountain
09 - The Calling
10 - Mysterium

 The Blessed Curse - 2015

01 - The Blessed Curse
02 - Truth In The Ash
03 - Tomes Of Clay
04 - The Dead Still Speak
05 - Falling
06 - Kings Of Invention
07 - Reign Of Dreams
08 - Luxiferia's Light
09 - Sword Of Hate
10 - The Muses Kiss

Bonus CD - After The Muse

01 - After The Muse
02 - Life Goes On
03 - All Hallows Eve 1981 Rehearsal
04 - In Search Of The Lost Chord
05 - Reach
06 - All Hallows Eve 2014

Download



Nenhum comentário:

Postar um comentário