Social Icons

sábado, 19 de julho de 2014

Trouble, Pentagram, Black Sabbath, Saint Vitus, Melvins, Candlemass... essas eram algumas das influências que os músicos Lee Dorrian (vocal, ex-Napalm Death) e Mark (Griff) Griffiths (baixo) se inspiraram para criar, em 1989, o Cathedral, originário da Inglaterra.
Assim, não havia outro caminho ao recém criado conjunto a não ser explorar o obscuro, o sobrenatural, o que fez com que se tornassem um dos grandes nomes da história do Doom Metal.
O difícil era encontrar outros músicos para preencher a formação, pois o Death Metal estava em alta e poucas pessoas pareciam se interessar por um ritmo mais arrastado e menos direto.
Para a guitarra, Griff sugeriu Garry (Gaz) Jennings, um grande amante de Doom Metal e com quem já tinha encontrado algumas vezes em shows de conjuntos como Candlemass e que comprava uma revista especializada no estilo, da qual Griff contribuía.
De início, Andy Baker assumiu a bateria, mas foi logo substituído por Ben Mochrie. Como a banda não encontrava um baixista, Griff que no começo tocava guitarra assumiu o instrumento. Ainda assim, decidiram que para a formação ficar completa precisavam de um segundo guitarrista, inspirados no som de bandas como o Trouble. Para o posto, trouxeram Adam Lehan e partiram para a gravação de sua primeira demo, In Memorium, lançada em 1990.
Em razão da maioria dos seus membros já serem músicos conhecidos, ainda que em bandas diferentes do som do Cathedral, o conjunto ganhou atenção por parte do ‘underground’ no mundo inteiro, o que apenas aumentou com as apresentações que fez ao lado de nomes como Saint Vitus, Morbid Angel, Sadus e Paradise Lost.
Em 1991, a banda assinou um contrato para lançar seu primeiro disco e fez uma espécie de aquecimento com uma demo contendo três faixas do futuro álbum. Antes de gravarem o trabalho, novamente houve uma mudança no posto de baterista, com Mike Smail, outro ex-membro do Napalm Death, assumindo as baquetas.
Com essa formação lançam Forest Of Equilibrium, álbum que superou as expectativas da própria banda, que planejava apenas o lançamento de uma demo, e se surpreenderam com a possibilidade de gravar um álbum de estúdio.
O disco é fundamental na discografia da banda, sendo o favorito de seu líder, Lee Dorrian, sendo que suas faixas tornaram-se grandes clássicos, tais como Ebony Tears, Serpent Eve e Soul Sacrifice. O som denso, com um grande trabalho de guitarras duplas, além do vocal agressivo e característico de Dorrian fizeram com que o prestígio do Cathedral só aumentasse, chegando até os Estados Unidos.
Em 1992, já com Mark Wharton na bateria, gravam o compacto Soul Sacrifice, que deixou claro que o conjunto iria levar muito a sério suas influências, mas aliando o Doom Metal a um som mais retrô, com vários elementos do Rock setentista.
A banda então partiu para uma inesquecível turnê chamada Gods Of Grind ao lado dos companheiros de gravadora Carcass, Entombed e Confessor.
Em seguida, a banda seguiu pela Europa, excursionando novamente com o Saint Vitus. Após o fim das apresentações, fizeram outra turnê de grande sucesso, chamada Campaign For Musical Destruction, ao lado de Napalm Death, Carcass e Brutal Truth.
Infelizmente, Griff resolver deixar a banda após o fim da turnê. Para seu lugar veio Mike Hickey, que era guitarrista da banda Cronos, que ficou com o conjunto durante o restante das apresentações ao vivo que seguiram.
Para as gravações do próximo álbum, o Cathedral estava sem baixista e Gaz acabou acumulando as duas funções. Assim, sai The Ethereal Mirror, em 1993, disco que, em razão das mudanças na formação, acabou tendo uma sonoridade diferente do compacto Soul Sacrifice. Ainda assim, o disco traz suas pitadas de um som mais psicodélico, além de ter grandes passagens de Heavy Metal.
Com o passar do tempo, o álbum passou a ser melhor compreendido e hoje é considerado um dos melhores da carreira do Cathedral.
Após retornaram com as apresentações ao vivo, mas Mike Hickey deixou o conjunto, para mais tarde se juntar ao Carcass. Mike foi substituído por Scott Carlson. Em seguida, a banda seguiu com as extensas turnês, chegando a tocar no Japão. O desgaste das apresentações fez com que abandonassem uma longa turnê com Mercyful Fate e o Flotsam And Jetsam.
O Cathedral chegou a sair em turnê novamente ao lado do Fight de Rob Halford e, após uma apresentação com o Pentagram, Adam Lehan e Mark Wharton deixaram o conjunto.
Antes da turnê do o Fight, os músicos ainda registraram o compacto Statik Majik, lançado em 1994. Nesse trabalho, tiveram toda a liberdade para trabalhar, e apresentaram um som mais complexo, com a presença de vários instrumentos e fazendo algo que passava longe de ser comercial, vide a longa The Voyage Of The Homeless Sapien. Nos Estados Unidos o compacto saiu sob o nome de Cosmic Requiem, com uma capa diferente e com a faixa A Funeral Request - Rebirth no lugar de Midnight Mountain.
A banda então foi convidada para realizar um dos seus grandes sonhos: uma turnê abrindo para o Black Sabbath. Ainda que desestruturada, o convite foi aceito para fazer as apresentações chamaram Joe Hasselvander (bateria) e Victor Griffin (guitarra) do Pentagram.
A turnê estava indo muito bem, tanto que a banda acabou se aproximando de seus ídolos, mas Victor foi obrigado a deixá-los antes do término das apresentações, sendo que, apesar do receio o Cathedral seguiu como um quarteto.
Depois da primeira noite, a insegurança acabou quando Tony Iommi chegou para os caras e disse que eles soavam muito melhor como um quarteto. Desde então, a banda seguiu dessa maneira.
Com Scott Carlson morando em Chicago (Estados Unidos), o conjunto acabou se dividindo com Dorrian e Gaz na Inglaterra. Em Chicago, Scott conheceu o baterista Dave Hornyak, que após alguns ensaios, acabou entrando para a banda.
Quando se preparavam para a gravação do próximo disco, ficaram sem o contrato com a gravadora, o que tornou impossível a permanência dos membros que viviam na América.
Após um período de dificuldades, Dorrian e Gaz fizeram diversas audições para encontrar os dois membros restantes e ficaram impressionados com o baterista Brian Dixon e o baixista Leo Smee, que se juntaram a eles.
A banda então seguiu suas apresentações ao vivo, oportunidade em que chegaram a tocar algumas músicas inéditas. O próximo passo foi retornar ao estúdio para as gravações do brilhante The Carnival Bizarre, lançado em 1995.
O disco estava mais direto que o seu antecessor e o Doom Metal reina soberano! Um detalhe interessante é que a faixa Utopian Blaster tem solos compostos por Tony Iommi.
O álbum foi um enorme sucesso com a crítica especializada e colocou o Cathedral entre os grandes do estilo novamente.
A banda se sentido livre para trabalhar, lançou, na sequência, o compacto  Hopkins (The Witchfinder General), que mostrou todo aqueles experimentalismo e sentimento dos anos 70, além de ter influências góticas (vide a faixa Purple Wonderland).
Já em 1996, o conjunto retornou ao estúdio para a gravação de mais um disco. Talvez por pressão da gravadora, os caras estavam pouco inspirados e acabaram entregando um trabalho que não representa a discografia da banda.
Supernatural Birth Machine foi bastante criticado, e Lee Dorrian deu sua opinião sobre o trabalho: "Nunca fui muito fá desse álbum, por vários motivos. Não acho que estávamos prontos para gravá-lo. Estávamos em uma turnê dando a volta ao mundo e então chegamos em casa e tivemos duas semanas até entrar no estúdio, não tivemos tempo para escrever, eu não tinha nenhuma letra com a qual me sentisse confortável...Na verdade deixei a banda três dias antes de entrarmos no estúdio, porque estava puto com o fato de nós sermos forçados a fazer algo que não estávamos prontos. Algumas pessoas dizem que é seu álbum favorito, mas para mim parece algo que não foi realmente terminado. Há alguns riffs matadores nele e tudo o mais, mas se o álbum tivesse sido gravado cinco ou seis meses depois eu provavelmente estaria bem mais feliz com ele."
Após o lançamento do álbum, saíram em turnê pela América do Sul, mas acabaram passando apenas pela Colômbia pois se envolveram em incidentes com as autoridades locais e o dinheiro que iriam utilizar durante toda a turnê desapareceu!
Assim, retornaram à Europa, porém sua agenda continuou cheia. Dessa época, fizeram grandes shows ao lado do My Dying Bride.
Com o encerramento das apresentações, o conjunto resolveu dar uma pausa e passou praticamente três anos sem aparecer.
Somente em 1998, retornaram para novas apresentações e informaram que lançariam um novo disco: Caravan Beyond Redemption, que mostrou que parada foi proveitosa, pois trata-se de um grande álbum, embora a mistura de estilo se faça presente, sendo que talvez esse seja o álbum mais eclético do conjunto, pois é possível notar elementos de todos os trabalhos anteriores.
Em razão disso, Dorrian deixou claro que somente lançariam um novo álbum se partissem para algo diferente e surpreendente, e eles fizeram!
Endtyme, de 2001, é o álbum mais pesado da carreira do conjunto, sendo um verdadeiro divisor de águas em sua trajetória. Além disso, a produção lembrava um pouco o seu início de carreira e ajudou a valorizar ainda mais o trabalho.
Em 2002 veio The Seventh Coming, que mostrou novamente um lado mais diversificado do conjunto, indo no sentido oposto de Endtyme.
The Garden Of Unearthly Delights, de 2005, um dos melhores de sua carreira, com grandes riffs e solos e que demonstra a evolução de Dorrian, pois os vocais guturais cada vez mais dão espaço para os vocais agressivos, algo que combina muito com o som do Cathedral.
Após o lançamento do disco, muitas dúvidas surgiram sobre o futuro da banda, pois nem seus membros sabiam ao certo se o melhor era continuar. Em seguida, deram uma pausa.
Em 2010, o conjunto lançou o álbum The Guessing Game, primeiro duplo de sua carreira e informou que aquele seria seu último trabalho, pois encerrariam as atividades em 2011.
Com o anúncio de seu fim, o conjunto partir para sua última turnê, sendo que passaram pelo Brasil, no dia 24 de junho o grupo se apresentou em São Paulo, no Manifesto Rock Bar e no dia seguinte em Varginha, na 13ª edição do Roça'n' Roll. Nessas apresentações, Scott Carlson estava presente, reassumindo o posto de baixista, substituindo Leo Smee.
Para fechar com chave de ouro sua trajetória, lançaram o compacto A New Ice Age, em 2012 e informaram que ainda teriam um último álbum de estúdio chamado (convenientemente) de The Last Spire, que sai em 2013.
The Last Spire foi uma despedida digna para o conjunto, pois atingiu o propósito de ressaltar todos os pontos positivos do Cathedral.
Não é fácil explicar os motivos da banda ter encerrado suas atividades, pois por esse último disco, ficou claro que ainda poderiam fazer mais.
Se no seu início o intuito era apresentar um som que representasse seus ídolos, é fácil de se concluir que o objetivo foi alçado e que conseguiram fazer mais do que apenas copiar o que seus mestres faziam.


 In Memorium (Demo) - 1990

01 - Mourning Of A New Day
02 - All Your Sins (Pentagram Cover)
03 - Ebony Tears
04 - March!

 Demo # 2 - 1991

01 - Comiserating The Celebration
02 - Serpent Eve
03 - Reaching Happiness, Touching Pain

Download

 Forest Of Equilibrium - 1991

01 - Picture Of Beauty & Innocence (Intro) - Comiserating The Celebration
02 - Ebony Tears
03 - Serpent Eve
04 - Soul Sacrifice
05 - A Funeral Request
06 - Equilibrium
07 - Reaching Happiness, Touching Pain

Download

 Rock Hard Presents - Gods Of Grind (Split CD) - 1991

01 - Entombed - Severe Burns
02 - Carcass - Pedigree Butchery
03 - Cathedral - Soul Sacrifice
04 - Confessor - Condemned

Download

 Gods Of Grind (Split CD) - 1992

01 - Entombed - Stranger Aeons
02 - Carcass - Incarnated Solvent Abuse
03 - Cathedral - Soul Sacrifice
04 - Confessor - Condemned
05 - Carcass - Tools Of The Trade
06 - Entombed - Dusk
07 - Cathedral - Golden Blood (Flooding)
08 - Carcass - Pyosified (Still Rotten To The Gore)
09 - Entombed - Shreds Of Flesh
10 - Cathedral - Autumn Twilight
11 - Confessor - Last Judgement (Trouble Cover)
12 - Carcass - Hepatic Tissue Fermentation II
13 - Cathedral - Frozen Rapture
14 - Confessor - Endtime (Trouble Cover)

Download

 Soul Sacrifice (EP) - 1992

01 - Soul Sacrifice
02 - Autumn Twilight
03 - Frozen Rapture
04 - Golden Blood (Flooding)


 The Ethereal Mirror - 1993

01 - Violent Vortex (Intro)
02 - Ride
03 - Enter The Worms
04 - Midnight Mountain
05 - Fountain of Innocence
06 - Grim Luxuria
07 - Jaded Entity
08 - Ashes You Leave
09 - Phantasmagoria
10 - Imprisoned In Flesh


 Statik Majik (EP) - 1994

01 - Midnight Mountain
02 - Hypnos 164
03 - Cosmic Funeral
04 - The Voyage Of The Homeless Sapien
05 - Sweet Leaf (Live in Japan)


 Cosmic Requiem (EP) - 1994

01 - Cosmic Funeral
02 - Hypnos 164
03 - Funeral Request - Rebirth
04 - The Voyage Of The Homeless Sapien

 The Carnival Bizarre - 1995

01 - Vampire Sun
02 - Hopkins (The Witchfinder General)
03 - Utopian Blaster (feat. Tony Iommi)
04 - Night Of The Seagulls
05 - Carnival Bzarre
06 - Inertias Cave
07 - Fangalactic Supergoria
08 - Blue Light
09 - Palace Of Fallen Majesty
10 - Electric Grave
11 - Karmacopia (Bonus Track)

 Hopkins (The Witchfinder General) (EP) - 1995

01 - Spoken Intro - Hopkins (The Withcfinder General)
02 - Fire
03 - Copper Sunset
04 - Purple Wonderland
05 - The Devils Summit
06 - You Know (Japanese Bonus Track)


 Supernatural Birth Machine - 1996

01 - Cybertron 71 - Eternal Countdown (Intro)
02 - Wako's Conquest
03 - Stained Glass Horizons
04 - Cyclops Revolution
05 - Birth Machine 2000
06 - Nightmare Castle
07 - Fireball Demon
08 - Phaser Quest
09 - Suicide Asteroid
10 - Dragon Ryder 13
11 - Magnetic Hole


 Caravan Beyond Redemption - 1998

01 - Voodoo Fire
02 - The Unnatural World
03 - Satanikus Robotikus
04 - Freedom
05 - Captain Clegg
06 - Earth Messiah
07 - The Caravan
08 - Revolution
09 - Kaleidoscope Of Desire
10 - Heavy Load
11 - The Omega Man
12 - Dust Of Paradise


 In Memoriam (Compilation) - 2000

01 - Mourning Of A New Day
02 - All Your Sins
03 - Ebony Tears
04 - March
05 - Commiserating The Celebration (Live In Holland '91)
06 - Ebony Tears (Live In Holland '91)
07 - Neophytes For The Serpents Eve (Live In Holland '91)
08 - All Your Sins (Live In Holland '91)
09 - Mourning Of A New Day (Live In Holland '91)


 Endtyme - 2001

01 - Cathedral Flames
02 - Melancholy Emperor
03 - Requiem For The Sun
04 - Whores To Oblivion
05 - Alchemist Of Sorrows
06 - Ultra Earth
07 - Astral Queen
08 - Sea Serpent
09 - Templars Arise! (The Return)


 The VII Coming - 2004

01 - Phoenix Rising
02 - Resisting The Ghost
03 - Skullflower
04 - Aphrodites Winter
05 - The Empty Mirror
06 - Nocturnal Fist
07 - Iconoclast
08 - Black Robed Avenger
09 - Congregation Of Sorcerers
10 - Halo Of Fire
11 - Texting (Bonus Track)

 The Serpent's Gold (Compilation) - 2004

CD 01

01 - Ride
02 - Hopkins (A Witchfinder General)
03 - Autumn Twillight
04 - Midnight Mountain
05 - Soul Sacrifice
06 - Enter The Worms
07 - Stained Glass Horizon
08 - Vampire Sun
09 - Cosmic Funeral
10 - Ebony Tears
11 - Melancholy Emperor
12 - Equilibrium
13 - Utopian Blaster
14 - Voodoo Fire
15 - Imprisoned In Flesh

CD 02

01 - Hide And Seek
02 - Neophytes for Serpent Eve (Demo Version)
03 - Violet Breath
04 - Night of Seagulls (Demo Version)
05 - Magic Mountain
06 - A Funeral Request (Live in Brussels - Belgium 18.4.94)
07 - The Olde Oak Tree
08 - Schizoid Puppeteer
09 - Carnival Bizarre (Demo Version)
10 - Rabies
11 - Blue Light (Live in Tokyo - Japan 30.5.01
12 - Commiserating The Celebration (Of Life) (Demo Version)

Download

 The Garden Of Unearthly Delights - 2005

01 - Dearth Ad 2005
02 - Tree Of Life And death
03 - North Berwick Witch Trials
04 - Upon Azraels Wings
05 - Corpsecycle
06 - Fields Of Zagara
07 - Oro The Manslayer
08 - Beneath A Funeral Sun
09 - The Garden
10 - Proga Europa


 The Guessing Game - 2010

CD 01

01 - Immaculate Misconception
02 - Funeral Of Dreams
03 - Painting In The Dark
04 - Death Of An Anarchist
05 - The Guessing Game
06 - Edwige's Eyes
07 - Cats, Incense, Candles & Wine

CD 02

01 - One Dimensional People
02 - The Casket Chasers
03 - La Noche Del Buque Maldito (AKA Ghost Ship Of The Blind Dead)
04 - The Running Man
05 - Requiem For The Voiceless
06 - Journeys Into Jade

Download

 Anniversary (Live) - 2011

CD 01

01 - Picture Of Beauty And Innocence
02 - Comiserating The Celebration (Of Life)
03 - Ebony Tears
04 - Serpent Eve
05 - Soul Sacrifice
06 - A Funeral Request
07 - Equilibrium
08 - Reaching Happiness, Touching Pain

CD 02

01 - Funeral Of Dreams
02 - Enter The Worms
03 - Upon Azrael's Wings
04 - Midnight Mountain
05 - Cosmic Funeral
06 - Carnical Bizarre
07 - Night Of The Seagulls
08 - Corpsecycle
09 - Ride
10 - The Last Spire Pt.1 (Entrance)
11 - Vampire Sun
12 - Hopkins (Witchfinder General)


 A New Ice Age (EP) - 2011

01 - Open Mind Surgery
02 - Sabbadaius Sabbatum


 The Last Spire - 2013

01 - Entrance To Hell
02 - Pallbearer
03 - Cathedral Of The Damned
04 - Tower Of Silence
05 - Infestation Of Grey Death
06 - An Observation
07 - The Last Laugh
08 - This Body, Thy Tomb




Nenhum comentário:

Postar um comentário