Social Icons

domingo, 27 de julho de 2014

Rock Factory - Discografia

Definitivamente, eu sou um cara defensor das coletâneas ou compilações. A partir das coletâneas que envolvem vários artistas, temos a oportunidade de em um máximo de uma hora e vinte minutos (tempo limite de um CD-R comum), conhecer diversas bandas de uma vez, dentre as quais algumas em especial certamente nos chamarão a atenção e nos aprofundaremos. Ou então, a partir das compilações de uma banda específica, podemos conhecer o que há de melhor dela, como é o caso de um "greatest hits" ou "best of", modelos perfeitos pra quem desejar conhecer uma banda.
É sobre isso que é essa postagem: coletânea. Todos sabemos, desde os primórdios da música pesada no Brasil, que o Estado de Minas Gerais é um celeiro de grandes artistas e grandes bandas. Muitas bandas, reconhecidas ou não, saíram (e ainda saem) desse Estado.
Rock e o Metal no Brasil cresceram, mesmo que por baixo da camada da mídia mainstream. Tal crescimento levou ao boom de surgimento de bandas brasileiras de qualidade que vemos hoje, oriundas de qualquer parte do país. Qualquer parte mesmo! Não é incomum conhecer uma ótima banda vinda de uma cidade do interior. E se tem um interior que eu fico impressionado com a movimentação, é o da região de Juiz de Fora, exatamente em Minas Gerais.
Não apenas a cidade é muito consumidora de Rock e Metal, mas também é, por si só, um celeiro de ótimas e promissoras bandas. Algumas estão até mesmo despontando fora do país, assinando contratos com selos estrangeiros e distribuindo seus discos em outros continentes.
Eventos têm frequência mensal na cidade, principalmente por iniciativa do Bar da Fábrica, através do evento Rock Factory. Diversas bandas conterrâneas se apresentam no local e tocam noite adentro, seja, materiais próprios, sejam tributos.
Em meio a um cenário movimentado e com excelentes bandas em atividade, o Bar da Fábrica resolveu lançar uma coletânea sob o nome da Rock Factory em apoio às bandas juiz-foranas! O primeiro volume saiu em 2014, intitulado "The Best of Rock Factory Vol. 1".
Provavelmente essa vai ser, pra você que ouvir, uma das coletâneas mais diversificadas que já experimentou nos últimos tempos. Tem de tudo: Heavy MetalEpic Power MetalHard RockDeath/Thrash MetalProgressive RockPagan Folk MetalGlam MetalPop Rock... de tudo! A maioria das bandas compuseram material novo para o trabalho, ou já incluíram alguma música ainda não lançada, ou fizeram algum remake. Nomes conhecidos por quem já explorou a sessão de bandas promocionais do Warriors Of The Metal também aparecem, tal como Glitter MagicHard Desire e Hagbard.
Aliás, é notável como as bandas estão mandando ver. O Glitter Magic aposta na faixa "Pure Malice", mantendo a bem-sucedida fórmula do debut "Bad For Health", lançado em 2012, enquanto o Hard Desire demonstra uma postura bem mais pesada e madura em "Suicidal" do que aquela do primeiro disco homônimo, de 2011. Chega impressionar! Já o Hagbard, enquanto é declaradamente uma banda de Pagan Folk Metal (vide o álbum "Rise of The Sea King", de 2013), contribuiu com uma faixa acústica chamada "Stormborn Queen", inspirada na khaleesi Daenerys Targaryen, da famosa série Game of Thrones. É numa linha parecida com "Mystical Land", faixa também acústica, presente no primeiro álbum dos caras.
O trabalho de todas as quinze bandas é excelente e revela a força do cenário da música pesada na região. Sem dúvidas, você encontrará bandas que lhe chamarão a atenção nessa coletânea. Não deixe de dedicar um tempo a ouvi-las! Aguardemos os próximos volumes!


 The Best of Rock Factory Vol. 1 (2014)

01 - Glitter Magic: Pure Malice
02 - Hard Desire: Suicidal
03 - Matiataka: Armadilha
04 - Visco: Não Dá Pra Ver
05 - Fearless: Tale With No End
06 - Suite Bar: Não É Fácil
07 - Kymera: Alone
08 - Hagbard: Stormborn Queen
09 - Insannica: Demons In My Head
10 - Crusher: Dead n' Buried
11 - Usversus: Velocidade
12 - Bad Bloxx: Stop Calling Me My Love
13 - Montreux: Live At Montreux
14 - Vivenci: Queda Livre
15 - Blitz Wolfe: Crying To The Moon


Nenhum comentário:

Postar um comentário