Social Icons

domingo, 6 de julho de 2014

Harmahis - Discografia

Foi engraçado ver a reação da galera quando postei a discografia solo do multi-instrumentista russo Senmuth no dia 27 de agosto de 2013: muito espanto pelo número gigantesco de discos lançados. É espantoso mesmo, pois não é qualquer um que se dedica tanto à música ou tem o mesmo potencial criativo que esse gênio tem. São muitos discos lançados, muitos no mesmo ano, ou até mesmo no mesmo mês.
Valery Androsov é músico nato, autodidata, interessado em história, amante de música, gosta de viajar pelo mundo, se atrai por tradição, por cultura. O rapaz é capaz de sabiamente unir todos esses elementos e desenvolver uma musicalidade única, à sua maneira, com a sua cara. Nada se parece com algo em que ele esteja envolvido. Dádiva de um autodidata mesmo.
Como se não bastasse se impressionar com os trocentos álbuns da carreira solo, Senmuth (nome artístico do Valery Androsov) ainda arruma tempo para fundar e trabalhar em projetos paralelos. Fora o projeto solo, sua banda mais conhecida é o maravilhoso e profundo Tenochtitlan, onde trás uma veia inspirada nos Andes. Mas não para por aí... além deste, outros nomes são o BitrayerneNasty, e claro, o Harmahis, tema dessa postagem.
Harmahis surgiu em 2007 em Moscou, na Rússia, fruto da parceria entre Senmuth e seu amigo Lefthander. A proposta era, claramente, combinar tudo que a dupla se interessava e era capaz de fazer em uma única sonoridade. Como Senmuth tem um jeito marcante de fazer música, algo só dele, o resultado já é mais ou menos previsível para quem já o conhece. Sua musicalidade é, como costumo dizer, "estranha", mas positivamente falando.
Com Senmuth responsável pela guitarra, programação e todo o lado cultural, e Lefthander nos vocais e guitarra (e ambos nas composições de música), ainda no ano de fundação, o primeiro e magnífico trabalho foi lançado: o álbum "Occurrence".
A sonoridade desenvolvida é fascinante, sem exagero algum: um híbrido de Doom MetalFolk Metal e Música Ambiental com temática egípcia. As músicas te brindam com um sentimento de paz... mesmo nos trechos mais agressivos. É possível sentir a profundeza das canções tocando seu coração. A forte veia Ambiental climatiza obscuramente todo o background e dá base para os demais elementos de união entre Ambient e Folk que se derramam no decorrer do disco, como flautas, batuques de percussão em ritmo cultural egípcio, entre vários outros instrumentos tradicionais. Além disso, Lefthander introduz dois tipos de vocais, sendo eles o limpo e o gutural, ambos caracterizados por um andamento arrastado e lamentador. Contudo, diversas músicas são simplesmente instrumentais.
O segundo álbum se chama "Sa Nagba Imuru" e foi lançado em 2010, herdando o ramo de seu antecessor, mas com alguns toques diferentes, uma vez que tem postura mais pesada e é menos profundo. Os batuques da percussão e os teclados têm participação bem mais incidente e a impressão geral é de mais energia. Álbum tão fantástico quanto o "Occurrence", igualmente digno de uma ouvida atenta.
Se, frente ao enorme acervo solo do Senmuth, você ficou em dúvida sobre qual ouvir, ou até mesmo desanimou, no Harmahis isso não acontecerá. Não apenas porque a discografia é curta, mas porque é altamente recomendável. Isso aqui é o melhor projeto do russo, na minha opinião. Maravilhoso. Brilhante! É capaz de te arrastar para outra dimensão, sentir-se fora de si, dentro da música... Mistos de localidades vêm a sua cabeça, como as areias do deserto, o alto da Cordilheira dos Andes, florestas da América Central... Se estiver afim de embarcar em uma profunda viagem mental, ouça esses trabalhos sem pensar duas vezes, principalmente o primeiro álbum. Selo Senmuth de qualidade!


 Occurrence (2007)

01 - Ink Mehenw Maat
02 - High To The Sun Ark
03 - Horus
04 - Neytikerth
05 - Jester of Eternity
06 - Licking The Insanity On The Sacred Night
07 - Land of Hatp
08 - Damnations On My Hand
09 - Hrw.m.ht
10 - Back To Egypt


 Sa Nagba Imuru (2009)

01 - Unu Azag Ga
02 - Walls of Uruk-Haven
03 - Down To The Forest
04 - The Watchmen
05 - E-Sag-Hul-La
06 - Shamash Esoteric Directions
07 - Cedar Tree
08 - Ek Chuah
09 - Apocale
10 - Eu-Nam-Til-La


Nenhum comentário:

Postar um comentário