Social Icons

sábado, 24 de maio de 2014

D.A.M. - Discografia

Heavy Metal pode não ser o estilo musical mais lembrado pela maioria da população brasileira, mas o fato de sermos um país gigante, quase continental, faz com que, apesar de minoria, ainda assim, sejamos muitos. Em vista da quantidade de fãs headbangers e músicos e do fresco ar de uma grande era de inspiração e sensação de "eu posso!" inalado, bandas de qualidade estão surgindo por todo o território nacional. Não apenas bandas desse ou daquele gênero, mas bandas todas as vertentes, ou que unem de tudo. Não há limites para a criatividade ou para o experimentalismo.
Juntamente com o primeiro lançamento oficial (a single virtual "Dark Night of The Soul"), uma banda surgiu oficialmente em 2013, na cidade de Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais. Uma banda que também decidiu arriscar uma aposta mais alta. Uma banda que pretendia unir elementos de Música Erudita ao Melodic Death Metal. É o D.A.M.! A iniciativa de dar início ao conjunto foi do vocalista e tecladista Guilherme de Alvarenga, que estava profundamente interessado na proposta devido à influência absorvida através das aulas da faculdade de música que cursava. A primeira formação foi fechada com, além dele, os guitarristas Edu Megale e Iz Castro, o baixista Felipe Avelar e o baterista Kaio César.
A repercussão da single foi ótima, já deixando ares de uma banda promissora entre aqueles que tiveram a oportunidade de experimentá-la logo no início. O feedback positivo se intensificou quando lançaram o primeiro EP, "Possessed", em abril de 2013. O excelente compacto trazia seis músicas de pura classe, demonstrando perfeitamente para que o D.A.M. veio. A boa resposta por parte do público foi o incentivo perfeito para que, rapidamente o primeiro registro fonográfico fosse lançado mais tarde, no fim daquele mesmo ano: o álbum "Tales of The Mad King", fruto de um trabalho intenso, apaixonado, e acima de tudo, extremamente criativo e pontual.
Ouvi-lo é uma experiência diferente, pois você não sabe o que sentir, positivamente falando. A união de diferentes elementos de Power Metal e Melodic Death Metal, unidos à veia neoclássica proveniente da influência Erudita, resultou em uma sonoridade imprevisível. Você não sabe ao certo o que esperar. A atmosfera é épica, melódica, leve, mas ao mesmo tempo agressiva. É como um Power Metal com vocais guturais rasgados bem distorcidos e animalescos, mas com vários momentos de ápice na velocidade do andamento dos instrumentos. Ou então como um Melodic Death Metal imprescindivelmente levado à base de teclados, com alternâncias entre momentos cadenciados e momentos frenéticos. Soa como um mix de Children of Bodom com Stratovarius sobre um background "Rhapsodyano", pois lembra RPG, com muito solos de teclados e guitarras. As críticas foram incrivelmente positivas, uma resposta à altura do talento da banda e de Guilherme Alvarenga. Belas resenhas provieram de blogs do mundo inteiro, bem como da Burrn!, maior revista japonesa do gênero, e, claro, a Roadie Crew, uma das maiores do Brasil.
O ano de 2014 chega e, em maio, mais um lançamento complementa a discografia dos mineiros: trata-se do EP virtual "Phantasmagoria", que recebeu ainda mais pesadas críticas positivas por parte da mídia e dos fãs. Não é pra menos, até porque esse estupendo trabalho corrige algo que se sentia falta em "Tales of The Mad King": o peso das guitarras. Aqui o disco é de fato pesado, e chega a arrepiar. Os arranjos mais firmes tornaram a musicalidade em geral ainda mais impactante, e como consequência, o disco mais fácil de ser apreciado. Afinal, headbangers sempre sentem um prazer especial quando podem ouvir a agressividade das cordas com uma produção de primeira como nesse caso.
Seguindo o passo da melhora da produção, mais tarde, em dezembro, sai o segundo álbum de estúdio, "The Awakening". O perfeccionismo de Guilherme é muito bem recompensado nesse disco trabalhado com maestria. A atmosfera é intensa, as guitarras pesadas e criativas, além das linhas vocais que são mais chamativas, principalmente pela introdução de trechos cantados em vocal limpo. Essa alternância vocal acaba por facilitar na captação do ouvinte, fazendo-o memorizar as canções com um pouco mais de facilidade.
Guilherme leva muito a sério o trabalho na banda. Procura sempre melhorar cada detalhe. É conhecedor, criativo, inteligente e faz música com facilidade. Por isso à medida que novos discos saem, melhoras chegam com eles. É possível vislumbrar um futuro brilhante para ele e a banda, não apenas por conhecer seus trabalhos, mas pela confirmação de qualidade que chega através de resenhas em todas as partes do mundo. Todos são muito competentes no que fazem, e impressiona que a banda seja brasileira, mesmo que a agitação da cena no país não seja novidade.
Se você gosta de Power Metal e Melodic Death Metal, certamente gostará bastante dessa banda carregada de classe e detalhamento. A formação atualmente consiste em Guilherme de Alvarenga no vocal e teclado, Edu Megale e Guilherme Costa nas guitarras, Caio Campos no baixo e Vinícius Diniz na bateria.

|    Facebook Page    |    MySpace    |    Twitter    |
|    Soundcloud    |    Reverbnation    |    YouTube Channel    |

SHOWS & IMPRENSA:
E-mail:
 dametalband@gmail.com


 Possessed (EP) (2013)

01 - A Puppet of Revenge
02 - Rotten Hope (S.I.Gm)
03 - Possessed
04 - Death of The Stars
05 - Dark Night of The Soul
06 - Fighting To Live... Paying To Die!!!


 Tales of The Mad King (2013)

01 - Beyond The Mist
02 - Avalon
03 - Lost Kingdom
04 - Battlefield
05 - Crusader's Quest
06 - Path To Victory
07 - Excaliburn
08 - The Oath of Death
09 - The Mourning For Your Absence...
10 - The Wizard's Oracle
11 - Sword In The Stone
12 - Tales of The Mad King

Download

 Phantasmagoria (EP) (2014)

01 - Banished From Paradise
02 - Fear (Lunar Body)
03 - Phantasmagoria
04 - Lord of Dreams (S.I.Dm)
05 - Empty Silence (Solar Body)
06 - End of Light

Download

 The Awakening (2014)

01 - From The Ashes (T.J.O.T.F)
02 - The Great Work (Magnum Opus, Pt. I)
03 - Reborn From The Shadows
04 - Lies
05 - The Breaking Point (T.M.S, Pt. IV)
06 - Illusions
07 - The Awakening
08 - Violated Angel
09 - Nightmare (T.M.S, Pt. II)
10 - Separation
11 - Alone
12 - Thelema (Magnum Opus, Pt. II)

Download (4shared)
Download (Ulozto)

Um comentário: