Social Icons

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Journey - Discografia

São Francisco é uma cidade que sempre teve forte ligação com a música, passando de centro da Psicodelia nos Estados Unidos ao marco do Thrash Metal da Bay Area. Foi nessa localidade que surgiu, em 1973, a banda Rhythm Section Golden Gate que tinha como intuito acompanhar artistas daquela região. O conjunto foi fundado pelo guitarrista Neil Schon e pelo tecladista/vocalista Gregg Rolie, ambos com experiência ao lado de Carlos Santana. Logo em seguida, juntaram-se a eles dois músicos que vinham da banda de Rock Progressivo Frumious Bandersnatch: Ross Valory (baixo) e George Tickner (guitarra). Por fim, veio o baterista Prairie Prince ex-The Tubes.
Antes de mesmo de realizar suas primeiras apresentações, o conceito original foi modificado e o conjunto decidiu seguir sua carreira de forma autônoma, sem depender de outros artistas. Assim, foi realizado um concurso de rádio para a escolha de um nome para o conjunto, o que acabou sendo um fracasso. Um dos roadies da banda, chamado John Villanueva sugeriu o nome Journey, que acabou sendo aceito pela banda.
Nessa mesma época, Prairie Prince retornou para o The Tubes e o Journey trouxe o experiente Ansley Dunbar, que havia tocado com nomes como Frank Zappa e John Lennon.
Após algumas apresentações, o novo line-up conseguiu um contrato com a Columbia Records em 1974 e se preparou para o lançamento de seu primeiro disco, homônimo, que sairia em 1975. A banda investiu pesado na instrumentação e na onda do Jazz-Rock que era febre na época. Apesar de possuir um time de músicos de primeira linha, o debut acabou não emplacando, sendo um dos discos mais distintos de sua carreira, por foca o Rock Progressivo, o que pode ser observado em faixas como Of A Lifetime, Kohoutek, Topaz e Mystery Mountain.
Após o lançamento do disco, Tickner deixou o conjunto que passou a ser um quarteto. Com a nova formação, soltaram o segundo álbum em 1976, chamado Look At The Future. A banda tentou buscar uma sonoridade mais direta e focada, mas o resultado foi semelhante ao do primeiro álbum, como demonstra a faixa-título e também I'm Gonna Leave You, faixas progressivas e experimentais. Apesar da semelhança entre os sons dos álbuns, as vendas foram melhores, mas nada muito significativo. Além disso, o talento de Gregg Rolei como vocalista passou a ser questionado, o que levou o restante da banda a fazer aulas de canto, para que pudessem apoiar Gregg e acrescentar mais harmonias às músicas do Journey.
O resultado disso pode ser visto em Next, de 1977, em que Neil Schon chega a assumir os vocais de duas faixas. O disco começa a mudar um som dos dois primeiros álbuns, buscando um som mais acessível. 
Como mais uma vez a banda não deslanchou, a gravadora os pressionou para que encontrassem um frontman, bem como para que trabalhassem um som mais popular, a exemplo do que o Boston estava fazendo. A banda encontrou em Steve Perry o substituído ideal, mas como o vocalista tinha compromissos com o Alien's Project e o Journey precisava encerrar a turnê que fazia com o ELP, o jeito foi trazer um quebra galho. Assim, Robert Fleischman (ex-Edgar Winter e Vinnie Vincent Invasion) foi o escolhido. Até que dentro dos palcos o resultado foi positivo, sendo que Robert passou até a compor canções com o grupo, mas fora dele, teve inúmeros problemas de relacionamento com os demais integrantes e acabou dispensado.
Assim, era a deixa que faltava para Steve Perry, filho de portugueses, assumir os vocais do Journey e se tornar a voz do conjunto.
O primeiro disco com Perry foi Infinity, de 1978, e graças ao talento do novo membro e à abordagem mais comercial da banda, o álbum foi primeiro a atingir as paradas de sucesso, graças a hits como Lights e Wheel In The Sky.
Ainda era cedo, mas o Journey havia dado um passo importante para a criação de um estilo novo, que trazia as influências do Rock Progressivo, com o Hard Rock, mas de uma forma mais acessível para tocar nas rádios, era o início do AOR.
Parte do sucesso do "novo" Journey foi creditada ao produtor Thomas Ray Baker, que lhes auxiliou no direcionamento que deveriam seguir.
A banda ficou bastante satisfeita com o resultado atingido, exceto Ansley Dunbar, que preferiu deixar o conjunto e ir para o Jefferson Starship.
Para o posto de baterista vem Steve Smith, e a banda retorna ao estúdio para gravar Evolution, que sai em 1979. O disco teve um resultado parecido com o seu antecessor, mostrando que a banda começa a se estabilizar como uma grande do estilo. Os bons resultados de Evolution poder ser atribuídos ao mega hit Lovin', Touchin', Squeezin', que foi amplamente divulgado pela mídia e tocado nas rádios de todo o país. Outra faixa a atingir o topo das paradas foi Any Way You Want It.
O ano de 1980 foi movimentado para a banda, com a gravação do primeiro disco ao vivo (Capture, lançado em 1981), além da trilha-sonora do filme Dream, After Dream, além do lançamento do álbum Departure.
Surpreendentemente, Gregg Rolie saiu do Journey e para o seu lugar veio Stevie "Keys" Roseman, que "ajeitou" a faixa The Party's Over (Hopelessly In Love) para o álbum Capture. Porém, por indicação do próprio Gregg Rolie, a banda escolhe Jonathan Cain como seu substituto definitivo. E o Journey saiu ganhando e muito! Além do talento de Jonathan como tecladista, o mesmo era um exímio compositor e iria contribuir significativamente com a era de ouro da banda.
Em 1981, vem o primeiro disco da nova formação: Escape, que se tornou o maior sucesso comercial da banda, graças a hits eternos como Who's Cryin' Now, Open Arms e... Don't Stop Believin'. Com tais faixas, o Journey alcançava o estrelato e se tornava uma das maiores bandas dos Estados Unidos, com uma popularidade significativa em todo o mundo. O som dos teclados de Cain combinado com a guitarra de Schon e os vocais de Perry marcaram uma geração e serviram de inspiração para outras bandas.
O álbum seguinte, Frontiers, de 1983, foi outro marco na carreira da banda, sendo considerado por boa parte dos como a obra-prima do Journey, graças à faixas como Separate Ways (World's Apart), Faithfully e Send Her My Love. O disco só não conseguiu atingir o primeiro lugar nas paradas pois naquela mesma época havia sido lançado um disquinho chamado Thriller, de um tal de Michael Jackson. Naquele momento o Journey impressionava a todos não apenas pelos seus trabalhos em estúdio, mas também pelas apresentações ao vivo, que tinham uma enorme aparelhagem e telões (algo incomum na época).
Após o fim da turnê de Frontiers, a banda resolveu fazer uma pausa para recuperar as energias, pois os últimos anos haviam sido intensos para todos os membros. Durante esse período, Steve Perry gravou seu primeiro disco solo, chamado Street Talk, que atingiu boas vendas e teve inúmeras críticas positivas.
O Journey retornaria no final de 1984, mas as coisas não eram mais as mesmas, conflitos internos começaram a surgir, vez que Perry queria produzir o próximo álbum, mas não contava com o apoio de Ross Valory e Steve Smith. A solução encontrada pela banda foi demitir os dois músicos. Os substitutos de Ross e Steve foram Randy Jackson e Larrie Londin. Além disso, Perry passava por problemas pessoais, em razão de sérios problemas de saúde de sua mãe.
Em 1986 veio o disco Raised On Radio, que também vendeu muito bem e teve quatro grandes hits: Be Good To Yourself, I'll Be Alright Without You, Girl Can't Help It e Suzanne.
Mike Baird assumiu as baquetas durante a turnê de divulgação do álbum, que foi gravada e transformada em um documentário pela MTV. Em 1987, a Perry e Schon estavam desmotivados e decidiram encerrar as atividades da banda provisoriamente.
Com o fim do Journey, cada músico seguiu o seu caminho, Schon e Cain iriam passar o resto de 1987 colaborando com artistas como Jimmy Barnes e Michael Bolton antes de se juntarem com os ex- companheiros de Cain na banda The Babys, John Waite e Ricky Phillips, para formar o supergrupo Bad English, com o baterista Deen Castronovo, em 1988.
Steve Smith dedicou o seu tempo a suas bandas de jazz, e juntou-se com Ross Valory e o tecladista Gregg Rolie para criar o The Storm com o cantor Kevin Chalfant e guitarrista Josh Ramos.
Em 1991, com o fracasso do Bad English, Schon e Castronovo formariam o Hardline, conjunto de Glam Metal com os irmãos Johnny e Joey Gioeli.
Perry se tornou definitivamente um artista solo e saiu em turnê, vindo a lançar um segundo álbum chamado For The Love Of Strange Medicine, em 1994. Nesse altura, Perry via que era melhor ser frontman de uma banda, do que ser artista solo. Além disso, o vocalista via que os fãs de seus shows queriam ouvir as músicas do Journey.
Perry foi obrigado a se afastar dos palcos, em razão de problemas respiratórios, o que fez com que pudesse refletir sobre sua carreira. Nessa época, o músico recebeu uma ligação da gravadora Columbia, indagando sobre um possível retorno do Journey. Assim, o vocalista se reuniu com Cain e Schon e o Journey voltou em 1995, com os retornos de Ross Valory e Steve Smith.
Em 1996, lançaram o álbum Trial By Fire, que trouxe os hits Message Of Love e When You Love A Woman, e foi muito bem recebido pelo público e pela crítica. Infelizmente, Perry sofreu um acidente no Havaí, enquanto praticava alpinismo, o que impediu que o Journey pudesse sair em turnê.
Como a recuperação de Perry estava muito demorada, o vocalista achou melhor deixar o Journey, o que aconteceu em 1998. Com o isso, a banda trouxe Steve Augeri (ex-Tall Stories), para ser o seu substituto. Com a partida de Perry, Steve Smith opta por não seguir com o Journey e retorna para sua banda de jazz (Vital Information), e é substituído por Deen Castronovo, ex-companheiro de Schon no Bad English.
Arrival, de 2001, marcava a estréia da nova formação em estúdio, e apesar de ausência de Perry ser bastante sentida, a banda conseguiu entregar um bom álbum, amparada na faixa All The Way. Um ponto negativo do disco é o excesso de baladas, que deixou a coisa meio morna.
A banda teve alguns problemas na turnê de divulgação do disco, com o cancelamento de algumas datas, mas seguiu na estrada, sendo que em 2002, lançaram o compacto Red 13.
Em 2003, a banda saiu em uma grande turnê ao lado de nomes como REO Speedwagon e Styx. Dois anos depois, o Journey foi indicado para a calçada da fama e lançou o álbum Generations, que marcava os trinta anos de carreira e trouxe uma curiosidade, todos os integrantes da banda assumia os vocais de pelo menos uma faixa do disco, que é mais pesado que seus antecessores e foi muito bem recebido por todos.
Steve Augeri deixa o Journey em 2006 em razão de uma infecção de garganta crônica, adquirida durante as apresentações com o Def Leppard.
Para cumprir os compromissos, o espetacular Jeff Scott Soto foi contratado, permanecendo com a banda até de 2007.
Após uma grande procura por um novo vocalista, a banda encontrou o substituto ideal em Jeremey Hunsicker, que fazia parte de uma banda tributo do Journey e se tornou conhecido de Cain e Schon pelos vídeos do Youtube.
A banda então se reuniu para iniciar o processo de composição do próximo álbum, mas as coisas não saíram como o esperado e Hunsicker deixou a banda, mas receberia o seu crédito com a faixa Never Walk Away, que viria a ser lançada no disco.
No final de 2007, a banda anunciou que o seu vocalista seria o filipino Arnel Pineda, que também fazia parte de uma banda de tocava covers do Journey, encontrado pela internet.
Com a nova formação, lançaram o álbum Revelation em 2008. E o tal de Pineda provou que mandava bem demais! Prova disso é que, além do álbum de inéditas, Revelation vem com um segundo disco contendo os clássicos da banda na voz de Pineda.
Em 2011, lançaram outro álbum de inéditas, chamado Eclipse, que apesar das vendas pouco significativas, é um ótimo álbum, conforme comprovam as faixas Edge Of The Moment, Resonale e Venus. Além disso, é possível observar que Eclipse traz vários elementos de Progressive Rock, o que nos faz recordar da sonoridade da banda antes da entrada de Steve Perry.
Em 2012, foi lançado um documentário chamado Don't Stop Believin' que conta a história da escolha de Pineda como vocalista da banda.
Hoje, o conjunto pode não ter o respeito e reconhecimento de outros tempos, mas para aqueles que sabem o que a era de ouro do AOR representou, o Journey estará sempre entre os grandes.
Gostaria que pudessem vir ao Brasil em breve, pois essa é uma daquelas bandas que eu gostaria de ver de perto.


 Journey - 1975

01 - Of A Lifetime
02 - In The Morning Day
03 - Kohoutek
04 - To Play Some Music
05 - Topaz
06 - In My Lonely Feeling/Conversations
07 - Mystery Mountain


 Look Into The Future - 1976

01 - On A Saturday Nite
02 - It's All Too Much
03 - Anyway
04 - She Makes Me (Feel Alright)
05 - Youre On Your Own
06 - Look Into The Future
07 - Midnight Dreamer
08 - I'm Gonna Leave You


 Next - 1977

01 - Spaceman
02 - People
03 - I Would Find You
04 - Here We Are
05 - Hustler
06 - Next
07 - Nickel & Dime
08 - Karma


 Infinity - 1978

01 - Lights
02 - Feeling That Way
03 - Anytime
04 - La Do Da
05 - Patiently
06 - Wheel In The Sky
07 - Somethin To Hide
08 - Winds Of March
09 - Can Do
10 - Opened The Door


 Evolution - 1979

01 - Majestic
02 - Too Late
03 - Lovin', Touchin', Squeezin'
04 - City Of The Angels
05 - When Youre Alone (It Ain't Easy)
06 - Sweet And Simple
07 - Lovin' You Is Easy
08 - Just The Same Way
09 - Do You Recall
10 - Daydream
11 - Lady Luck


 Departure - 1980

01 - Any Way You Want It
02 - Walks Like A Lady
03 - Someday Soon
04 - People And Places
05 - Precious Time
06 - Where Were You
07 - I'm Cryin'
08 - Line Of Fire
09 - Departure
10 - Good Morning Girl
11 - Stay Awhile
12 - Homemade Love
13 - Natural Thing
14 - Little Girl

Download

 Dream After Dream (Soundtrack) - 1980

01 - Destiny
02 - Snow Theme
03 - Sandcastles
04 - A Few Coins
05 - Moon Theme
06 - When The Love Has Gone
07 - Festival Dance
08 - The Rape
09 - Little Girl


 In The Beginning 1975-1977 (Compilation) - 1980

01 - Of A Lifetime
02 - Topaz
03 - Kohoutek
04 - On A Saturday Night
05 - It's All Too Much
06 - In My Lonely Feeling
07 - Mystery Money
08 - Spaceman
09 - People
10 - Anyway
11 - You're On Your Own
12 - Look Into The Future
13 - Nickel And Dime
14 - I'm Gonna Leave You


 Captured (Live) - 1981

01 - Majestic
02 - Where Were You
03 - Just The Same Way
04 - Line Of Fire
05 - Lights
06 - Stay Awhile
07 - Too Late
08 - Dixie Highway
09 - Feeling That Way
10 - Anytime
11 - Do You Recall
12 - Walks Like A Lady
13 - La Do Da
14 - Lovin', Touchin', Squeezin'
15 - Wheel In The Sky
16 - Any Way You Want It
17 - The Partys Over (Hopelessly In Love)

Download

 Escape - 1981

01 - Don't Stop Believin'
02 - Stone In Love
03 - Who's Crying Now
04 - Keep On Runnin'
05 - Still They Ride
06 - Escape
07 - Lay It Down
08 - Dead Or Alive
09 - Mother, Father
10 - Open Arms


 Frontiers - 1983

01 - Separate Ways (Worlds Apart)
02 - Send Her My Love
03 - Chain Reaction
04 - After The Fall
05 - Faithfully
06 - Edge Of The Blade
07 - Troubled Child
08 - Back Talk
09 - Frontiers
10 - Rubicon
11 - Only The Young (Bonus Track)
12 - Ask The Lonely (Bonus Track)
13 - Liberty (Bonus Track)
14 - Only Solutions (Bonus Track)


 Raised On Radio - 1986

01 - Girl Can't Help It
02 - Positive Touch
03 - Suzanne
04 - Be Good To Yourself
05 - Once You Love Somebody
06 - Happy To Give
07 - Raised On Radio
08 - I'll Be Alright Without You
09 - It Could Have Been You
10 - The Eyes Of A Woman
11 - Why Can't This Night Go On Forever
12 - Girl Can't Help It (Live - Bonus Track)
13 - I'll Be Alright Without You (Live - Bonus Track)

Download

 Greatest Hits - 1988

01 - Only The Young
02 - Don't Stop Believin'
03 - Wheel In The Sky
04 - Faithfully
05 - I'll Be Alright Without You
06 - Any Way You Want It
07 - Ask The Lonely
08 - Who's Crying Now
09 - Separate Ways (Worlds Apart)
10 - Lights
11 - Lovin', Touchin', Squeezin'
12 - Open Arms
13 - Girl Can't Help It
14 - Send Her My Love
15 - Be Good To Yourself


 The Ballade (Compilation) - 1991

01 - Open Arms
02 - Lights
03 - Too Late
04 - Faithfully
05 - I'll Be Alright Without You
06 - Patiently
07 - Who's Crying Now
08 - After The Fall
09 - The Eyes Of A Woman
10 - Opened The Door
11 - Good Morning Girl
12 - Stay Awhile
13 - Still They Ride
14 - Send Her My Love
15 - Why Can't This Night Go On Forever


 Time³ (Compilation) - 1992

CD 1:
01 - Of A Lifetime
02 - Kohoutek
03 - I'm Gonna Leave You
04 - Cookie Duster
05 - Nickel & Dime
06 - For You
07 - Velvet Curtain/Feeling That Way
08 - Anytime
09 - Patiently
10 - Good Times
11 - Majestic
12 - Too Late
13 - Sweet And Simple
14 - Just The Same Way
15 - Little Girl
16 - Any Way You Want It
17 - Someday Soon
18 - Good Morning Girl

Download

CD 2:
01 - Where Were You
02 - Line Of Fire
03 - Homemade Love
04 - Natural Thing
05 - Lights
06 - Stay Awhile
07 - Walks Like A Lady
08 - Lovin', Touchin', Squeezin'
09 - Dixie Highway
10 - Wheel In The Sky
11 - The Partys Over (Hopelessly In Love)
12 - Don't Stop Believin'
13 - Stone In Love
14 - Keep On Runnin'
15 - Who's Cryin' Now
16 - Still They Ride
17 - Open Arms
18 - Mother, Father

Download

CD 3:
01 - La Raza Del Sol
02 - Only Solutions
03 - Liberty
04 - Separate Ways (Worlds Apart)
05 - Send Her My Love
06 - Faithfully
07 - After The Fall
08 - All That Really Matters
09 - The Eyes Of A Woman
10 - Why Can't This Night Go On Forever
11 - Once You Love Somebody
12 - Happy To Give
13 - Be Good To Yourself
14 - Only The Young
15 - Ask The Lonely
16 - With A Tear
17 - Into Your Arms
18 - Girl Can't Help It
19 - I'll Be Alright Without You

Download

 Trial By Fire - 1996

01 - Message Of Love
02 - One More
03 - When You Love A Woman
04 - If He Should Break Your Heart
05 - Forever In Blue
06 - Castles Burning
07 - Don't Be Down On Me Baby
08 - Still She Cries
09 - Colors Of The Spirit
10 - When I Think Of You
11 - Easy To Fall
12 - Can't Tame The Lion
13 - It's Just The Rain
14 - Trial By Fire
15 - Baby I'm Leavin' You
16 - I Can See It In Your Eyes (Bonus Track)

Download

 Greatest Hits Live - 1998

01 - Don't Stop Believin'
02 - Separate Ways
03 - After The Fall
04 - Lovin, Touchin, Squeezin'
05 - Faithfully
06 - Who's Cryin' Now
07 - Any Way You Want It
08 - Lights
09 - Stay Awhile
10 - Open Arms
11 - Send Her My Love
12 - Still They Ride
13 - Stone In Love
14 - Escape
15 - Line Of Fire
16 - Wheel In The Sky


 Arrival - 2001

01 - Higher Place
02 - All The Way
03 - Signs Of Life
04 - All The Things
05 - Loved By You
06 - Livin' To Do
07 - World Gone Wild
08 - I Got A Reason
09 - With Your Love
10 - Lifetime Of Dreams
11 - Live And Breathe
12 - Nothin' Comes Close
13 - To Be Alive Again
14 - Kiss Me Softly
15 - We Will Meet Again

 The Essencial Journey (Compilation) - 2001

CD 1:
01 - Only The Young
02 - Don't Stop Believin'
03 - Wheel In The Sky
04 - Faithfully
05 - Any You Want It
06 - Ask The Lonely
07 - Who's Crying Now
08 - Separate Ways (Worlds Apart)
09 - Lights
10 - Lovin', Touchin', Squeezin'
11 - Open Arms
12 - Girl Can't Help It
13 - Send Her My Love
14 - When You Love A Woman
15 - I'll Be Alright Without You
16 - After The Fall

Download

CD 2:
01 - Chain Reaction
02 - Message Of Love
03 - Somethin' To Hide
04 - Line Of Fire
05 - Anytime
06 - Stone In Love
07 - Patiently
08 - Good Morning Girl
09 - The Eyes Of A Woman
10 - Be Good To Yourself
11 - Still They Ride
12 - Baby I'm A Leavin' You
13 - Mother, Father
14 - Just The Same Way
15 - Escape
16 - The Party's Over (Hopelessly In Love)

Download

 Red 13 (EP) - 2002

01 - Intro - Red 13 - State Of Grace
02 - The Time
03 - Walking Away From The Edge
04 - I Can Breathe

Download

 Generations - 2005

01 - Faith In The Heartland
02 - The Place In Your Heart
03 - A Better Life
04 - Every Generation
05 - Butterfly (She Flies Alone)
06 - Believe
07 - Knowing That You Love Me
08 - Out Of Harms Way
09 - In Self-Defense
10 - Better Together
11 - Gone Crazy
12 - Beyond The Clouds
13 - It's Never Too Late

 Revelation - 2008

CD 1 (New Songs):
01 - Never Walk Away
02 - Like A Sunshower
03 - Change For The Better
04 - Wildest Dream
05 - Faith In The Heartland
06 - After All These Years
07 - Where Did I Lose Your Love
08 - What I Needed
09 - What It Takes To Win
10 - Turn Down The World Tonight
11 - The Journey (Revelation)

Download

CD 2 (Greatest Hits - Pineda Vocals):
01 - Only The Young
02 - Don't Stop Believin'
03 - Wheel In The Sky
04 - Faithfully
05 - Any Way You Want It
06 - Who's Crying Now
07 - Separate Ways
08 - Lights
09 - Open Arms
10 - Be Good To Yourself
11 - Stone In Love


 Eclipse - 2011

01 - City Of Hope
02 - Edge Of The Moment
03 - Chain Of Love
04 - Tantra
05 - Anything Is Possible
06 - Resonate
07 - She's A Mystery
08 - Human Feel
09 - Ritual
10 - To Whom It May Concern
11 - Someone
12 - Venus


 Greatest Hits 2 - 2011

01 - Stone In Love
02 - After The Fall
03 - Chain Reaction
04 - The Partys Over (Hopelessly In Love) (Live)
05 - Escape
06 - Still They Ride
07 - Good Morning Girl
08 - Stay Awhile
09 - Suzanne
10 - Feeling That Way
11 - Anytime
12 - Walks Like A Lady
13 - Little Girl
14 - Just The Same Way
15 - Patiently
16 - When I Think Of You
17 - Mother, Father (Live In Houston, 1981)
18 - Don't Stop Believin' (Live In Houston, 1981)


4 comentários:

  1. Na verdade, o Journey NÃO PRECISA que os medíocres da mídia ovacionem seus álbuns. Afinal, a crítica pouco ou nada sabe sobre música de qualidade. A banda tem uma legião fiel de fãs (incluso o que vos escreve), independente da formação ter Perry ou não. E que venha novo álbum! "The Journey Never Ends."

    See ya soon...o/
    http://blogdowinys.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Journey é incrível, incrível meu irmão. Quem nunca ouviu, que ouça, pois vai enlouquecer...

    ResponderExcluir
  3. Are you looking for free YouTube Subscribers?
    Did you know you can get these ON AUTO-PILOT & ABSOLUTELY FREE by registering on Like 4 Like?

    ResponderExcluir