Social Icons

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Hollywood Burnouts - Discografia

Não importa o ano, a geração, ou a época. Bandas que resgatam o velho Hard Rock oitentista sempre surgirão, em qualquer parte do mundo. Afinal, trata-se de um estilo que marcou época que tem adeptos até hoje, até mesmo no visual. Com o intuito de manter a tradição e manter vivo esse som tão marcante, o Hollywood Burnouts surgiu em 2008 na cidade de Augsburg, na BavariaAlemanha, por iniciativa de quatro ex-estudantes de música que compartilhavam uma forte paixão por bandas como LA GunsMötley CrüePoison e Guns N' RosesMike Nazzty (vocal e guitarra), Chrizzy Roxx (guitarra), Vito Crash (baixo) e Nikki Sin (bateria) não tinham em mente o intuito de revolucionar o estilo. Queriam apenas tocar aquilo que os agradava, e com foco, não tardaram a pôr as mãos na massa.
Rapidamente uma demo saiu em 2009, e os concertos começaram a acontecer com alguma frequência. Afim de divulgar seu trabalho e obter um contrato com uma gravadora, mais um mini-disco independente saiu em 2010, o EP homônimo, contendo quatro faixas.
Um contrato com a Rock Road Entertainment viria a ser conquistado nos tempos seguintes, possibilitando o lançamento do debut "Excess All Areas" em maior escala, em 2012. O disco não é tão forte. Deixa um pouco a desejar. Os caras mostram aqui um Hard Rock pendendo ao Sleaze Rock que tem potencial, mas ainda não satisfaz quem procura algo mais impactante, uma vez que é comportado e com riffs e vocais pouco empolgantes, até mesmo pela produção fraca. Contudo, as audições melhoram à medida que se ouve mais vezes.
Felizmente, a prova de que não se pode julgar uma banda pelo primeiro trabalho veio já no ano seguinte. Após alterações no line-up, agora contando com Chris no baixo e Toby Kixx nas baquetas, o segundo álbum "Kick It Up A Notch!" apresenta uma atitude mais presencial em todas as áreas. Os riffs estão mais pesados e atraentes, os solos tomam a dianteira com frequência e técnica, e as músicas são naturalmente mais pegadas. A produção também melhorou bastante, fazendo desse álbum algo um tanto mais singular. O único quesito que não avançou tanto é o vocal de Mike, que continua relativamente comportado, não se atrevendo a arriscar notas mais altas ou vocais mais rasgados, coisas que caem muito bem em um bom Hard. Notavelmente ele tem mais talento do que demonstra. Entretanto, esse álbum sim seria recomendado para quem deseja conhecê-los, bem como ouvir um som com qualidade
De fato, com o segundo disco, o Hollywood Burnouts passou a ser merecedor de maior atenção. Não apenas eu considero o primeiro disco bem "mais ou menos", mas a mídia crítica também. Apesar disso, e do pouco tempo de estrada, os alemães já excursionaram ao lado de bandas como CrashdïetSisterCinderellaBonfire e Hardcore Superstar, o que evidencia que a banda anda bem acompanhada e com apoios corretos. Provavelmente isso os influenciou ainda mais a lançar um segundo álbum de qualidade, que mistura o antigo de suas influências ao que há de novo no Sleaze e Glam.
Como já mencionado, o Hollywood Burnouts não faz nada de novo, já que o que busca é exatamente reproduzir um som semelhante ao das bandas que admira. Ainda assim, é uma ótima banda.


 Excess All Areas (2012)

01 - Hands of Rock
02 - Tonight
03 - Wild Side
04 - A Part of My Heart
05 - Gimme, Gimme, Gimme
06 - I Wanna Ride
07 - Kings of Sin
08 - 8 Lives Gone
09 - Fake Baby
10 - Wild At Heart
11 - Everybody Needs A Hero
12 - Remember Me


 Kick It Up A Notch! (2013)

01 - Ghost
02 - Out of Hell
03 - Satan City Shuffle
04 - Access All Areas
05 - Coming Home
06 - We Own The Night
07 - Ain't That A Bitch
08 - The Mirror
09 - L.I.A.R.
10 - Sweet Soul Sister


Nenhum comentário:

Postar um comentário