Social Icons

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Carpathian Forest - Discografia

É besteira, eu sei. Eu entendo. Mas essa é a sexcentésima sexagésima sexta discografia aqui no Warriors Of The Metal! Como passar pela marca 666 sem postar uma banda de Black Metal? Poderia deixar pra lá e ser qualquer outra, mas simplesmente não teria graça. Então vou manter viva a tradição profana e comemorar a marca como se deve ser! É Black Metal dos bem fodas, e certamente uma das melhores bandas do gênero: o Carpathian Forest!
É engraçado que comigo ela foi uma daquelas bandas caiu no meu esquecimento e só anos mais tarde, por acaso, relembrei de sua existência. É porque eu conheci os caras quando era adolescente, época em que não gostava de Metal Extremo, o que fez com que naturalmente a banda ficasse de lado... até que já adulto e ouvindo música mais pesada, por acaso vejo um cara com uma camisa do quinteto norueguês. Isso me despertou a vontade de ir atrás, e vi que os caras são fodas e matadores pra caralho!
A sonoridade dos caras é bastante experimental, apesar de nunca terem se distanciado do Black Metal. Mesmo com a exploração de alguns elementos mais externos e uma maior ou menor utilização dos teclados dependendo do álbum, a musicalidade é bem direta e previsível se você for familiarizado com o gênero. Portanto, não tem muita conversa, senão a objetividade de um som crespo e esmagador à base de letras blasfêmicas, sadomasoquistas e questões mais nórdicas como o inverno e o ambiente natural que os rodeia. De forma geral, teclados se mostram presentes na atmosfera, mas apenas para criar um clima mais obscuro, complementando a aura e tornando-a bem sinistra. O único álbum que faz uso dos teclados mais do que o normal é o destruidor "Defending The Throne of Evil", lançado em 2003. Os demais são mais moderados!
De qualquer forma, essa maravilha de banda teve início no ano de 1990, na cidade de Sandnes, na Noruega, a partir de um embrião chamado The Childmolesters. Com o desmanche da banda, os vocalistas e multiinstrumentistas Nattefrost (que na época usava o pseudônimo Lord Nosferatu) e J. Nordavind (na época sob o pseudônimo Lord Karnstein) fundaram o Enthrone, que foi o primeiro nome do Carpathian Forest. Sozinhos, lançaram em 1991 o primeiro trabalho, a demo "Black Winds".
O legado sob o primeiro nome durou pouco. Já em 1992, o nome foi alterado para o atual, e o line-up sofreu reajuste. As tarefas ficaram melhor divididas com a entrada do baixista Damnatus e do baterista The Blackmangler. Nattefrost ficou então a cargo do vocal e baixo, enquanto Nordavind ficou com a guitarra e o baixo. Essa formação foi a responsável pelo lançamento de três demos consecutivas: "Bloodlust and Perversion" e "Rehearsal Outtake" em 1992, e "Journey Through The Cold Moors of Svarttjern" em 1993. Após isso, os novos membros saíram.
Sozinhos novamente como uma dupla, Nattefrost e Nordavind lançaram o primeiro disco oficial e realmente sério em 1995 através da Avantgarde Music: o EP "Through Chasm, Caves and Titan Woods".
Enquanto trabalhavam em novas canções para compôr o primeiro álbum, a dupla lançou a compilação "Bloodlust and Perversion" em 1997. Sim, tem o mesmo nome da primeira demo! Essa compilação compreende os três primeiros trabalhos independentes. Foi aí que contrataram Lazare, apenas como membro de sessão, para a gravação das linhas de bateria do debut. Fãs do Borknagar provavelmente sabem que ele é, pois viria a ingressar na banda mais tarde. Assim, em 1998, o primeiro álbum da então pequena horda saiu, o foderoso "Black Shining Leather".
Dois anos mais tarde foi a vez de "Strange Old Brew" ser lançado, agora contando com Tchort no baixo e Anders Kobro nas baquetas como membros não-oficiais. Eles só viriam a se oficializar um tempo depois.
Infelizmente, durante as sessões de gravação do álbum subsequente, Nordavind se desligou da banda, não gravando todas as linhas instrumentais. Mesmo assim, "Morbid Fascination of Death" saiu excelente em 2001, apesar de um tanto experimental. O disco também conta com um segundo baixista e tecladista oficial, o Vrangsinn.
Finalizando essa primeira era de ascensão do Carpathian Forest, ainda via Avantgarde Music, a banda lançou sua segunda compilação em 2002, comemorando os dez anos de estrada. O título é "We're Going To Hell For This - Over A Decade of Perversions". Um contrato com a Seasons of Mist foi então assinado, um selo maior e que daria maior visibilidade aos caras.
O ano de 2003 viu o lançamento daquele que para mim é o melhor álbum com uma pegada um pouquinho mais sinfônica que os demais: o maravilhoso "Defending The Throne of Evil". Aqui os teclados participam um pouco mais que o normal, e os arranjos estão um tanto mais melódicos. Não é tipicamente um Symphonic Black Metal, mas flerta mais com um Emperor da vida devido à grande atenção à ambientação da sonoridade. Muito foda! No finzinho do mesmo ano, o guitarrista Gøran "Blood Pervertor" Bomann foi adicionado à formação, conseguindo finalmente estabilidade definitiva.
Essa formação lançou em 2006 o disco que, até o momento, é o mais recente. "Fuck You All!!!! Caput Tuum In Ano Est" é um trabalho com uma pegada bem mais seca que os antecessores, porém, igualmente foda. Aqui é trabalhado um som mais calcado no peso das guitarras e menos na climatização sintética proveniente dos teclados, deixando-os mais próximos de bandas como Dark Funeral. O peso é esmagador, e de todos os mais brutos, é o melhor ao meu ver.
Até os dias de hoje, nenhum outro disco foi lançado, nem mesmo uma compilação, mas o grupo segue ativo. Em 2008 até circularam rumores de um álbum quase finalizado, mas Tchort disse que na verdade se tratava de materiais remanescentes do último álbum que não foram incluídos no setlist. Por volta dessa época, muito se discutiu internamente sobre a possibilidade de gravar um novo álbum, e em seguir uma linha bem diferente da que foi seguida até hoje por eles. É interessante esse constante experimentalismo executado por eles, pois demonstra certa versatilidade e ousadia.
A informação de que estavam compondo um novo disco foi confirmada no ano seguinte pela banda, mas nenhuma informação mais detalhada do status do processo foi revelada desde então. Enquanto isso os caras seguem se apresentando em diversos festivais pela Europa, enquanto nós ouvimos essa excelente discografia deixada por eles. Sem sombra de dúvidas, o Carpathian Forest é uma puta banda, que merece a atenção de qualquer adepto do Black Metal. Apesar do constante experimentalismo, eles nunca se distanciaram do rótulo. Independente de ser mais ou menos melódico, sempre fizeram seu som com muita qualidade!


 Bloodlust and Perversion (Demo) (1992)

01 - Through The Black Veil of Burgo Pass
02 - Bloodlust and Perversion
03 - Return of The Freezing Winds
04 - The Woods of Wallachia
05 - Wings Over The Mountain of Sighisoara


 Rehearsal Outtake (Demo) (1992)

01 - Carpathian Forest
02 - Call From The Grave (Bathory Cover)
03 - Return of The Freezing Winds
04 - In The Circle of Ravens
05 - Warhead (Venom Cover)


 Journey Through The Cold Moors of Svarttjern (Demo) (1993)

01 - Journey Through The Cold Moors of Svarttjern
02 - The Eclipse/The Raven
03 - The Last Sigh of Nostalgia


 Through Chasm, Caves and Titan Woods (EP) (1995)

01 - Carpathian Forest
02 - The Pale Mist Hovers Towards The Nightly Shores
03 - The Eclipse/The Raven
04 - When Thousand Moons Have Circled
05 - Journey Through The Cold Moors of Svarttjern


 Bloodlust and Perversion (Compilation) (1997)

01 - Through The Black Veil of The Burgo Pass
02 - Bloodlust and Perversion
03 - Return of The Freezing Winds
04 - The Woods of Wallachia
05 - Wings Over The Mountain of Sighisoara
06 - Journey Through The Cold Moors of Svarttjern
07 - The Eclipse/The Raven
08 - The Last Sigh of Nostalgia
09 - Carpathian Forest
10 - Call From The Grave (Bathory Cover)
11 - Return of The Freezing Winds
12 - In The Circle of Ravens
13 - Warhead (Venom Cover)


 Black Shining Leather (1998)

01 - Black Shining Leather
02 -The Swordsmen
03 - Death Triumphant
04 - Sadomasochistic
05 - Lupus
06 - Pierced Genitalia
07 - In Silence I Observe
08 - Lunar Nights
09 - Third Attempt
10 - The Northern Hemisphere
11 - A Forest (Bonus Track)
12 - Carpathian Forest (Bonus Track)
13 - The Pale Mist Hovers Towards The Nightly Shores (Bonus Track)
14 - The Eclipse-The Raven (Bonus Track)
15 - When Thousand Moons Have Circled (Bonus Track)
16 - Journey Through The Cold Moors of Svarttjern (Bonus Track)


 Strange Old Brew (2000)

01 - Intro: Damnation Chant
02 - Bloodcleansing
03 - Mask of The Slave
04 - Martyr/Sacrificulum
05 - Thanatology
06 - The Suicide Song
07 - House of The Whipcord
08 - Cloak of Midnight
09 - Return of The Freezing Winds
10 - Theme From Nekromantik
11 - The Good Old Enema Treatment
12 - He's Turning Blue (Bonus Track)


 Morbid Fascination of Death (2001)

01 - Fever, Flames and Hell
02 - Doomed To Walk The Earth As Slaves of The Living Dead
03 - Morbid Fascination of Death
04 - Through Self-Mutilation
05 - Knokkelmann
06 - Warlord of Misanthropy
07 - A World of Bones
08 - Carpathian Forest
09 - Cold Comfort
10 - Speechless
11 - Ghoul (Mayhem Cover)
12 - Nostalgia (Demo Track)


 We're Going To Hell For This - Over A Decade of Perversions (Compilation) (2002)

01 - The Angel and The Sodomizer
02 - I Am Possessed
03 - Bloody Fucking Nekro Hell
04 - Bloodlust and Perversion
05 - Possibilities of Life's Destruction (Discharge Cover)
06 - In The Shadow of The Horns (Darkthrone Cover)
07 - In League With Satan (Venom Cover)
08 - The Good Old Enema Treatment Part II
09 - Morbid Fascination of Death (Live)
10 - Sadomasochistic (Live)
11 - Mask of The Slave (Live)
12 - Knokkelmann (Live)
13 - Bloodcleansing (Live)
14 - Return of The Freezing Winds (Live)
15 - Doomed To Walk The Earth As Slaves of The Living Dead (Live)
16 - He's Turning Blue (Live)
17 - Carpathian Forest (Live)
18 - Death Triumphant (Demo Version 1996)


 Defending The Throne of Evil (2003)

01 - It's Darker Than You Think
02 - Skjend Hans Lik
03 - The Well of All Human Tears
04 - Put To Sleep Like A Sick Animal!!!
05 - Hymne Til Døden
06 - Ancient Spirits of The Underworld
07 - Spill The Blood of The Lamb
08 - One With The Earth
09 - Christian Incoherent Drivel
10 - The Old House On The Hill
11 - Necrophiliac/Anthropophagus Maniac
12 - Cold Murderous Music


 Skjend Hans Lik (Compilation) (2004)

01 - Skjend Hans Lik (Alternate Mix)
02 - Humiliation Chant (Unreleased)
03 - Spill The Blood of The Lamb (Rohypnol Pre-Prod - 666)
04 - Martyr/Sacrificulum (Drunk and Alive)
05 - Through The Black Veil of The Burgo Pass (Demo Version)
06 - Bloodlust and Perversion (Demo Version)
07 - Return of The Freezing Winds (Demo Version)
08 - The Woods of Wallachia (Demo Version)
09 - Wings Over The Mountain of Sighisoara (Demo Version)


 Fuck You All!!!! Caput Tuum In Ano Est (2006)

01 - Vi Åpner Porten Til Helvete...
02 - The Frostbitten Woodlands of Norway
03 - Start Up The Incinerator (Here Comes Another Useless Fool)
04 - Submit To Satan!!!
05 - Diabolism (The Seed and The Sower)
06 - Dypfryst/Dette Er Mit Helvete
07 - Everyday I Must Suffer!
08 - The First Cut Is The Deepest
09 - Evil Egocentrical Existencialism
10 - Shut Up, There Is No Excuse To Live...


Nenhum comentário:

Postar um comentário