Social Icons

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Swords At Hymns - Discografia

Mais uma excelente e promissora banda! Mais uma que apresenta qualidade logo em seus primeiros passos, e deixa um ar de ansiedade sobre o que o futuro reserva para o desenvolvimento de seu som.
Esse cadenciado e brisante som vem direto da enevoada serra gaúcha, onde o clima frio, a vegetação, o povo e até as edificações bem à parte das demais regiões do país influenciaram Maicon Ristow de forma semelhante à que acontece com os noruegueses. Oriundo de Caxias do Sul, no estado do Rio Grande do Sul, a sonoridade do Swords At Hymns é áspera e fria, e ainda assim, bela. Trata-se de um Black Metal que recebe pitadas de Melodic Death MetalDoom Metal e até mesmo algo Épico e Atmosférico, criando íntimos vínculos com o Black Metal Norueguês.
Apesar de ter começado a se mostrar mais para o mundo através da internet a partir do ano de 2012, o projeto tem raízes ainda mais profundas, lá em 2005, na cidade de Cachoeira do Sul, também no Rio Grande do Sul, quando o multi-instrumentista e vocalista Maicon Ristow decidiu desafogar-se um pouco do direcionamento por sinal já estabelecido das bandas que fazia parte na época e trabalhar em algo mais livre, mesclando gêneros nos quais gostava, mesmo que de forma um tanto descompromissada. A intenção era silenciosamente trabalhar sozinho como uma one-man-band, formato no qual apenas ele cuidaria de todos os instrumentos e vocais.
Devagar, com o passar dos anos, músicas foram sendo compostas, o projeto foi tomando forma, mas nenhum nome havia sido escolhido ainda... até o inverno de 2012. Estabelecendo como surgimento oficial da banda, essa foi a época quando, de fato, as engrenagens começaram a girar. Para começar, um nome foi finalmente escolhido. Segundo Maicon, "o nome Swords At Hymns não tem uma origem específica, não foi algo que achei por acaso. Eu queria algo que tivesse a cara do som, que representasse a música e ao mesmo tempo não criasse um estigma e acabasse limitando a banda a um rótulo, como por exemplo o nome de um deus nórdico ou um demônio bíblico. Acho que “espadas em hinos” cria certa subjetividade, espadas e hinos são duas coisas presentes em praticamente todas as culturas, e mesmo quando as letras abordam outros temas, como solidão ou inverno, é fácil interpretar de uma forma filosófica sem ser contraditório." A seguir, quebrando a proposta inicial de uma one-man-band, seu amigo Leonardo Goulart ingressou para auxiliá-lo com vocais adicionais e as linhas de baixo, fazendo da banda uma dupla. Após entrarem em estúdio para gravar o material, enfim, veio a exposição ao público, lançando a single excelente single "The Only End To A Brave".
A partir daqui, foi apenas questão de tempo até aprimorarem as coisas que já vinham sendo compostas há anos e finalmente colocarem "na ponta do lápis". Assim, o primeiro EP foi gravado e lançado através da Cianeto Discos em 2013, intitulado "My Freedom... Forgotten In A Gray Dimness", composto por cinco faixas inéditas e ilustrado por uma lindíssima capa que demonstra precisamente as influências do ambiente à volta de Maicon. Munidas de letras versando sobre honra, batalhas, inverno, natureza e misantropia, as canções já se mostram ostentadoras de competência e maturidade. O que percebe-se logo de cara é um Black Metal frio, que sofre sutis mudanças na atmosfera. Como se trata de algo cadenciado e entorpecente, a oscilação entre os trechos mais preenchidos de Black Metal e os mais tranquilos de Doom Metal não te fazem sentir um baque sempre que vão e voltam. São algo bem linear. A parte épica e atmosférica emerge através dos teclados, que dão um ar de classe e ajudam a propiciar uma sensação mais efetiva de melancolia. Sem dúvidas, um excelente pontapé inicial.
Provavelmente muito em breve um disco completo estará se revelando em meio à névoa. O debut tem previsão de lançamento para meados de 2014, e, segundo Maicon, com nove faixas totalmente inéditas que já estão prontas, restando apenas a oportunidade de gravá-las, seguindo à risca a filosofia de não repetir sons. Inclusive, o músico alega ainda já estar trabalhando em canções que virão a ser lançadas em tempos futuros ao debut do ano que vem. Criatividade e profissionalismo certamente são uma das muitas positivas palavras que definem esse fodástico e promissor projeto!
Abaixo deixo links e informações mais diretas sobre a banda:

|    Facebook Page    |    Reverbnation    |    Youtube Channel    |

E-mail: swordsathymnsofficial@gmail.com


 My Freedom... Forgotten In A Gray Dimness (EP) (2013)

01 - Forgotten In A Gray Dimness
02 - Where The Wind Does Not Blows In Silence
03 - When We No More Among Stay
04 - A New Scar (Fury Fills My Eyes)
05 - My Freedom (My Torment Is Serene)

Download

 Autumnal Introspections (2015)

01 - Fall
02 - Last Shine In My Eyes
03 - At The Winters Gate
04 - Lord of Ancient Times
05 - Beyond This Tombstone
06 - Return To Ashes
07 - Where I Buried My Heart

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

Nenhum comentário:

Postar um comentário