Social Icons

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Pleaser - Discografia

Mais uma banda emergente aqui! Gosto muito quando aparecem bandas sérias procurando divulgação, e mais ainda quando eu gosto do som! Essa é mais uma banda que certamente vai agradar à parcela de visitantes que gostam de um bom e agradável Hard Rock influenciado por uma pegada Sleaze, tornando a sonoridade algo gostoso e fácil de se ouvir! Se você sabe do que tô falando e gosta de bandas como Crashdïet, por exemplo, essa publicação se faz bastante recomendada!
Essa ótima banda Hard foi fundada em Canoas, no Rio Grande do Sul, no ano de 2005, sob o nome Queen Obscene. A primeira formação contava com Francis Lima no vocal, Toni Manito na guitarra, Dani Kaminski no baixo e Eduardo Lanz na bateria. Inicialmente, os caras não tinham tanto compromisso com música autoral, se resumindo mais a uma banda que fazia covers de outros grupos que os influenciaram, como Van HalenMötley CrüeRattKiss, entre outras. Os shows eram sempre bons, intensos, com boa receptividade do público. Com o tempo passando e vendo que tinham base para saltar e voar mais alto, a ideia de se tornarem uma banda autoral começou a ser seriamente cogitada.
Em 2007, a primeira alteração  no line-up ocorreu, após a saída do baterista Eduardo Lanz, que foi substituído por Glimm Xotter (ex-Savannah),que costumava ser piloto de avião. O cara largou a aviação para se dedicar à música, até que chegou ao até então Queen Obscene, e tomara que esse seja um voo alto e sem escala!
Tempos depois, a ideia trabalhar em composições próprias se concretizou, dando início a uma nova etapa de suas carreiras, simbolizada pela alteração do nome para Pleaser em meado de 2008, a fim tanto de transmitir a ideia de algo prazeroso e agradável quanto para rechaçar julgamentos como banda cover do Crashdïet feitos por aqueles que desconheciam a banda, pois os suecos têm uma música chamada "Queen Obscene".
No ano de 2009, os gaúchos receberam uma proposta da Blastzone Entertainment para a distribuição de um EP de 5 faixas, mas infelizmente a banda não conseguiu entregar no prazo pela falta de tempo, fora que as gravações ficaram mau-produzidas e nada acabou sendo aproveitado, ocasionando a perda de uma boa oportunidade aos caras! Mas toda banda tem tropeções ao longo de sua trajetória. Vida que seguiu!
Nos tempos que se sucederam, a banda trabalhou duro no desenvolvimento de seu primeiro álbum de estúdio. Gravado e produzido no Hurricane Studio, em Porto Alegre, pelo próprio proprietário, o uruguaio Sebastian Carsin (que já trabalhou com bandas como TormentDistraught e Exterminate), "One Night In Paradise" brotou no ano de 2013 nos trazendo uma sonoridade que faz jus ao nome da banda: é prazerosa. Os caras tiveram alguns problemas sacanas durante a gravação, pois por algumas vezes bebiam demais no estúdio e acabavam tendo que deixar para a próxima, mas isso faz parte e toda banda passa por isso, hahaha... O importante é que não comprometeu a qualidade de gravação, que ficou excelente. O mais bacana é que as músicas são fáceis de digerir. Você ouve uma vez e o refrão já fica na sua cabeça. Quando você toca pela segunda vez, relembra e já sabe cantarolar junto. O resultado são 38 minutos de música agradável e bem tocada, tornando adjetivos como "enjoativo" algo não aplicável à descrição da musicalidade. A participação especial da voz de Spades Valdall (Savannah) nas faixas "Raise" e "Rock 'n' Roll Bar" também se faz presente!
Há espaço para desenvolvimento? Certamente, afinal, o debut se aproxima mais de um dever de casa. Contudo, os caras parecem lúcidos no que estão fazendo, sabem o que querem, mas como é o primeiro álbum, tenho a impressão de que talvez optaram por não arriscar muito. Não ouve-se muitos solos, e também não há tantos backing vocals preenchendo lacunas, mas isso certamente os gaúchos vão tirar de letra nos próximos lançamentos através do natural processo de amadurecimento. Para um primeiro release, os caras mandaram bem pra caramba, e todos os adjetivos que utilizei são fiéis, acredito eu. Eu gostei muito da experiência!
Pouco depois do lançamento, o Pleaser assinou com a gravadora estadunidense Hitman Records Inc. para lançar o debut oficialmente nos Estados Unidos e Canadá através da PlanetworksMVD EntertainmentBaker & Baker e HMV Canada. Atualmente estão à procura de um selo para lançamento oficial no Brasil.
A contribuição de você ouvinte também é muito bem-vinda! Coisas simples como curtir a página deles no Facebook ou compartilhar algo sobre já ajudam na divulgação da banda, e se tiver alguma grana disponível, por que não comprar o disco dos caras? Por enquanto ainda não há vendas on-line, portanto, você precisará entrar em contato direto com eles. Mas isso é fácil! Basta mandar uma mensagem através da página oficial no Facebook! Tá baratinho, custa apenas R$ 10,00. Vamos apoiar a cena nacional, pessoal! Temos muita coisa promissora surgindo!
Gostaria de deixar agradecimentos, como sempre, ao vocalista Francis Lima pelo contato e por nos dar a oportunidade de conhecer um som que se mostra embasado e com pilares prontos, prestes a começar a desenvolver o resto da estrutura e adquirir uma identidade ainda mais única! Agradeço também ao restante da banda pelas informações exclusivas!
Se algum dos nossos usuários é produtor, promove eventos underground, ou conhece alguém que promove, ou qualquer coisa que possa dar a possibilidade desses caras de tocar na sua cidade ou região, divulgar seu som e te dar a oportunidade de assisti-los ao vivo, por favor, não deixe de entrar em contato com a banda. Deixarei aqui informações mais diretas sobre o Pleaser:

|   Facebook Page   |   Site Oficial   |   SoundCloud   |

SHOWS & IMPRENSA:

E-mail: pleaserband@gmail.com
Ou pela página no Facebook.


 One Night In Paradise (2013)

01 - Take It Off
02 - I Can't Get Enough
03 - Raise
04 - Someone Like You
05 - One Night In Paradise
06 - Tearin' Up The Town
07 - Into The Sun
08 - She Wants The Power
09 - Rock'n'Roll Bar
10 - Don't Let It Get You Down


Nenhum comentário:

Postar um comentário