Social Icons

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Gwydion - Discografia

Talvez seja comum pensar que bandas de Metal em Portugal se resumam ao Moonspell, assim como no Brasil geralmente listam invariavelmente o Angra e o Sepultura. É natural, afinal, o Moonspell é foda pra caralho, e de fato, a melhor banda do país dos gajos, na minha opinião. Mas nossos antecedentes do Velho Continente contam com outras bandas interessantes em sua cena, assim como nós também contamos com um vasto, interessante e variado underground. Uma das bandas portuguesas que certamente valem a pena demais conhecer é o Gwydion, uma prova excepcional de que os "Manoéis" também manjam do Viking Metal.
Apesar do alto nível de excelência alcançado pelos caras, principalmente no que diz respeito ao álbum "Horn Triskelion", de 2010, se acompanhar todos os lançamentos, talvez perceba que a evolução foi progressiva e até dramática, e que (pelo menos eu tenho essa sensação) demoraram um pouquinho para se encontrar. O que importa é que, antes tarde do que nunca, os caras fizeram um álbum top, daquele tipo que toda banda precisa para conseguir visibilidade e referência. Outro detalhe é que não sei se é sotaque ou influência, mas em diversas passagens, tanto a voz um tanto mais limpa quanto o gutural de Ruben Almeida se assemelham demasiadamente com os do Fernando Ribeiro do Moonspell. Claro, isso não atrapalha de modo algum a audição, que é espetacular!
O grupo foi formado em 1995 em Lisboa, capital portuguesa. A escolha da temática se dá por razões mais profundas do que aparenta-se; para começar, o nome Gwydion já é interessante. Pronunciando-se mais apropriadamente como "Gwyddien", trata-se do nome de um mago, herói e "pregador de peças" da Mitologia Galega, que como todos sabemos, tem uma profunda influência no desenvolvimento tanto da cultura quanto da língua portuguesa, sendo a letra cedilha (ç) uma das principais remanescentes dessa influência. O nome Gwydion significa "nascido das árvores". Essa é a influência inicial dos caras. Outra importante influência na nossa língua e cultura é a dos celtas, e é com base neles que a banda se direciona ao Viking Metal a partir do momento em que os "full-lengths" passaram a ser lançados. Mas por quê? A analogia é interessante: parte da cultura portuguesa é celta e celtibérica, e as lendas e o folclore fazem muitas alusões a anões, gigantes, heróis e deuses, estabelecendo uma profunda ligação com a natureza, assim com o povo nórdico. Por essa conexão, a temática se direcionou à cultura escandinava.
Entendidas as razões pelas quais a banda tem seu direcionamento, vamos aos discos. O primeiro lançamento veio três anos após a fundação, em 1998, sendo ele a demo "Debt To Morrighan", que foi subsequenciado por outras duas demos: "First Channeling", de 2000, e "Augmentation", de 2001, todas demonstrando influência lírica da cultura celta. A qualidade sonora não é lá essas coisas, e sinceramente, nem dava pra esperar tanta coisa dos caras, pois era bem confuso. Um silêncio que perdurou por anos se sucedeu então.
Felizmente o silêncio foi quebrado em 2007 quando foi anunciada a gravação do debut. O resultado (agora viking) saiu no ano seguinte, sob o título "Ŷnys Mön", através do selo Trollzorn Records. A primeira impressão mesmo é que vemos outra banda. Contando com Ruben Almeida nos vocais, João Paulo e Kaveirinha nas guitarras, Vitor César no baixo, Luis Abreu na bateria e Daniel César nos teclados, formação que perdura até hoje, o nível alcançado foi bem mais alto, consequência de anos trabalhando juntos e desenvolvendo sua sonoridade. As músicas estão pesadas, a atmosfera propiciada pelos teclados estão sombrias, e principalmente, o som de acordeão executado também pelos sintetizadores dão à banda um belo aspecto viking. Porém, esse ótimo álbum é mais uma compilação, pois algumas faixas já haviam sido compostas há pelos menos cinco anos antes, tendo sofrido várias modificações. De modo geral, o trabalho colheu bons frutos e positivas críticas, desembocando inclusive em uma turnê europeia ao lado de TýrHollenthornAlestorm e Svartsot.
Disco com produção de primeira, lúcido em seu direcionamento e bastante linear e maduro é o segundo, "Horn Triskelion", o que recomendo àqueles que desejam conhecer esses "Manoéis". O título é o nome de um símbolo viking com vários significados que consiste em três chifres entrelaçados. Um desses significados é o da origem do hidromel, adotado pela banda, e que reflete com precisão o direcionamento do álbum que oscila entre histórias vikings e bebedeira. Sem dúvidas, esse álbum está em outro patamar em comparação ao seu antecessor, pois é espetacular; a primeira impressão que tive ao ouvi-lo foi de que se tratava é de uma banda finlandesa, e não portuguesa. Me deu flashes de Wintersun. O trabalho é muito mais climatizado e inserido no contexto viking do que qualquer coisa que já tenham lançado, pois a atmosfera é predominantemente Folk, e coros de guerreiros vikings são frequentes e participativos. Gritam e desbravejam com tanta vivacidade que você se sente em uma taberna bebendo hidromel em chifres! Fruto colhido da maturidade e experiência que já era acumulada havia quinze anos. "Horn Triskelion" introduziu de vez os 'gajos' no reconhecimento europeu. Recomendadíssimo!
Mantendo a grande pegada de "Horn Triskelion", os portugueses prepararam mais um trabalho para o ano de 2013. Esse novo excelente disco recebeu o nome "Veteran", e foi lançado no dia 22 de novembro. O melhor de tudo é que é mais um disco épico, guerreiro! Não deixaram a peteca cair e criaram mais canções que dão sensação de satisfação, caso seja exatamente o que você procura.
Desfrutem de mais uma banda portuguesa de qualidade que exala cultura e alto nível. Fãs de Viking Metal como EnsiferumGlittertindSvartsot, entre outras, vão se amarrar nos caras. Banda também recomendada aos curiosos tanto pelo gênero quanto pelo fato de serem portugueses. Bebamos por Odin!


 Debt To Morrighan (Demo) (1998)

01 - Intro
02 - ...When In Disgrace
03 - Awakening of The Wood
04 - Fallen Pantheon
05 - Debt To Morrighan


 First Channeling (Demo) (2000)

01 - Intro: The First Channelling
02 - Allusive Oddities
03 - Alesia's Downfall
04 - Shreds of Majestical Might
05 - Raven Keyholder


 Augmentation (Demo) (2001)

01 - Augmentation
02 - Forbidden Pact
03 - Untamed Wrath
04 - Tones of Antecipation
05 - The Great Dome
06 - Time Vortex


 Ŷnys Mön (2008)

01 - ...Arrival (Intro)
02 - Rebirth
03 - Viking's Horned Parody
04 - Spirals
05 - Inquisition Queries
06 - Descendent of Don
07 - The Trickster of Ragnarök
08 - Turning of The Wheel


 Horn Triskelion (2010)

01 - The Departure
02 - Fara I Viking
03 - From Hel To Asgard
04 - Ofiússa (A Terra das Serpentes)
05 - Mead of Poetry
06 - Triskelion Horde Is Nigh
07 - Odhinn's Cult
08 - At The Sumbel
09 - Cold Tempered
10 - The Terror of The Northern
11 - Six Trials To Become A Beerzerker

Download

 Veteran (2013)

01 - Timeless Conception
02 - Womb of Fire
03 - Endurance of The Mind
04 - Math of War
05 - Trail To A New Land
06 - Brewed To Taste Like Glory
07 - Years of Peace
08 - Lured To Comfort
09 - Fighting To The End
10 - Path of Shadows
11 - Veteran

Download

Nenhum comentário:

Postar um comentário