Social Icons

terça-feira, 9 de julho de 2013

Civil War - Discografia

Após o Sabaton lançar o álbum "Carolus Rex" em 2012, acabou por sofrer um duro golpe com a desestruturação do line-up devido a saída dos guitarristas Rikard Sundén e Oskar Montelius, do baterista Daniel Mullback e do tecladista Daniel Mÿhr de uma vezada só, todos membros de longa data da banda, que auxiliaram no desenvolvimento e amadurecimento dela. Rapidamente o grupo se reestruturou, mas e os membros que saíram, o que fizeram? É a pergunta natural de quem vê esse tipo de coisa acontecer.
Pois bem, os rapazes saíram do Sabaton mas nunca pensaram em deixar de fazer música. Ainda em 2012, em Falun e Borlänge, na Suécia, o povo se juntou ao baixista Stefan "Pizza" Eriksson (Volturyon) e, impressionantemente, ao poderoso vocalista Nils Patrik Johansson (Astral DoorsLion's ShareWuthering Heights) e formaram uma banda que, pra variar, segue a temática herdada do Sabaton: guerras. Assim nasceu o Civil War.
O disco primogênito nasceu ainda no mesmo ano, o EP auto-intitulado. Contendo cinco faixas, ele apresenta um Melodic Heavy/Power Metal potente, ilustrado por um vocalista que em nada lembra Joakim Brodén; afinal, Nils dota de uma mais próxima do Hard Rock oitentista, sustentando um timbre que oscila entre Klaus Meine do Scorpions e Mark Tornillo do Accept. Trata-se de um prelúdio exato do que o álbum de estreia seria.
Não tardou e já em 2013 o debut chegou, sob o nome "The Killer Angels". Admito que minha primeira experiência ao ouvi-los não foi das melhores. Gostei, mas nem tanto. Talvez por ser muito fã de Sabaton, eu esperasse algo mais na linha, mas não foi o que ocorreu. Civil War é um pouco diferente. O que percebe-se de traços da banda anterior são puramente identidade própria dos músicos. Contudo, à medida que fui ouvindo mais vezes, pegando como referência "I Will Rule The Universe", faixa que me apeguei logo de primeira, fui vendo que o disco é excelente. A partir daí foi questão de só mais algumas ouvidas para me apegar também a faixas como "King of The Sun", "First To Fight", "Rome Is Falling", "Lucifer's Court" e "My Own Worst Enemy".
De fato, o que é executado não é nada de inovador, mas é sim bom pra caramba. Ao ouvir, esteja pronto para experienciar uma mistura do peso do Metal com um clima oitentista criado pelo vocalista, o que acaba por ser bastante interessante. Além de uma pegada mais seca do que o Sabaton, outra diferença está nas letras, apesar de sempre falarem sobre guerra; a ênfase do Sabaton eram eventos da Segunda Guerra Mundial (exceto o álbum "Carolus Rex", que conta a história da ascensão e queda do Império Sueco com ênfase no Rei Carlos XII), já o Civil War fala de coisas mais variadas dentro desse mesmo ramo, não apenas de narração de um fato histórico.
Esse é apenas o início. Com certeza mais álbuns virão, e ainda tem todo o futuro para nos trazerem álbuns cada vez melhores. A julgar pela qualidade dos músicos e do que sabemos que eles são capazes, é tudo apenas questão de tempo.


 Civil War (EP) (2012)

01 - Rome Is Falling
02 - Civil War
03 - Forevermore
04 - Custers Last Stand
05 - Say It Right (Nelly Furtado Cover)


 The Killer Angels (2013)

01 - King of The Sun
02 - First To Fight
03 - Saint Patrick's Day
04 - Rome Is Falling
05 - Sons of Avalon
06 - I Will Rule The Universe
07 - Lucifer's Court
08 - Brother Judas
09 - My Own Worst Enemy
10 - Gettysburg

Download

 Gods and Generals (2015)

01 - War of The World
02 - Bay of Pigs
03 - Braveheart
04 - The Mad Piper
05 - USS Monitor
06 - Tears From The North
07 - Admiral Over The Oceans
08 - Back To Iwo Jima
09 - Schindler's Ark
10 - Gods and Generals
11 - Knights of Dalecarlia (Bonus Track)
12 - Colours On My Shield (Bonus Track)

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

Um comentário: