Social Icons

domingo, 30 de junho de 2013

My Dying Bride - Discografia

Em 1990 houve uma ruptura na banda Abiosis, com as saídas do guitarrista Andrew Craighan e do baterista Rick Miah. O que parecia ser um momento delicado para os músicos se mostrou como o ponto de partida para a fundação de um novo conjunto, que marcaria o seu nome na história como um dos expoentes do Doom Metal na Inglaterra, o My Dying Bride.
Para completar a formação inicial da nova banda foram recrutados Aaron Stainthorpe (vocais) e Calvin Robertshaw (guitarra). Após seis meses de ensaio, lançaram a demo Towards The Sinister. O som apresentado era um Death Metal puro, na linha de Morbid Angel e Suffocation.
Na sequência a banda gravou uma single chamada God Is Alone por um pequeno selo francês, até que foi contratada pela Peaceville Records, após o single vender todas as cópias gravadas.
Já mais madura, a banda contratou o baixista Adrian Jackson e o violinista/tecladista Martin Powell (que no futuro iria para o Cradle Of Filth).
A inclusão de Martin possibilitou que o conjunto explorasse novas tendências, sendo que o lançamento seguinte, o compacto Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium, de 1991, já dava mostras do que estaria por vir, adicionando elementos melancólicos e uma atmosfera obscura e perturbadora, como na faixa-título, até hoje uma das melhores composições da banda.
O My Dying Bride começava a mergulhar no Doom Metal, formando ao lado de Paradise Lost e Anathema, os maiores expoentes do estilo no Reino Unido.
A afirmação do conjunto viria com o seu debutAs The Flowers Withers, lançado em 1992, que casou com maestria a base do Death com elementos de Doom Metal. O álbum é épico, e explora com maestria tudo aquilo que pode se esperar de um disco do estilo: canções que retratam sofrimento, depressão, tristeza, ódio, dor, etc. Com aquele som perturbador, que leva o ouvinte para dentro das músicas, valendo um destaque para a faixa Sear Me. As The Flowers Withers é um item obrigatório para qualquer fã de Doom Metal ou mesmo para aqueles que tem curiosidade em conhecê-lo.
Em 1993, lançam seu segundo disco, Turn Loose The Swans, que marcou uma verdadeira revolução no som do conjunto, apostando na predominância dos vocais limpos e no uso do violino. Aaron mostrou toda a sua versatilidade, com vocais melancólicos, que se encaixaram muito bem ao som da banda.
Destaque também para a qualidade das composições, pois Aaron é um verdadeiro poeta, apresentando temas muito acima da média para a maioria dos escritores da atualidade.
Em seu conceito geral, o disco é uma obra teatral, obscura, elegante e totalmente original, sendo outro marco do estilo.
A banda saiu em uma grande turnê durante o lançamento do disco, mas as apresentações acabaram sendo afetadas por um acidente com o transporte, que ocasionou o roubo dos equipamentos da banda.
Em 1995, o conjunto lança The Angel And The Dark River, outro clássico, em que todas as faixas merecem destaques, sendo um primor em termos de composição e execução.
Com o sucesso do álbum, a banda fez uma grande turnê pela Europa, incluindo uma apresentação no festival Dynamo Open Air na Holanda.
Mantendo a pegada de lançamentos épicos na sequência, em 1996, sai Like Gods Of The Sun, álbum que teve uma produção mais caprichada, dando um ar mais limpo para som da banda.
Novamente a banda faz várias apresentações, tocando com Cathedral, Sentenced e Dio. Apesar da turnê ter sido um sucesso, as ultimas semanas foram canceladas, quando o baterista Rick adoeceu. Lamentavelmente, Rick deixou a banda em razão de seus problemas de saúde. Para o seu lugar veio Bill Law (ex-Dominion).
A banda inicou o processo de composição do próximo álbum, sendo que durante os ensaios, outra perda ocorreu, com a saída de Martin Powell.
Com essas mudanças a banda gravou 34.788%...Complete, lançado em 1998. O disco sofre com a falta da predominância dos violinos e solos, sendo um disco mais experimental, que apesar da produção soberba, ficou bem abaixo dos lançamentos anteriores.
Após o lançamento do álbum, a banda dá uma pausa, retornando apenas no segundo semestre de 1999, com um novo baterista, Shaun Steels (ex-Solstice e Anathema).
Ainda em 1999, lançam outro álbum, The Light At The End Of The World, que retorna ao som de discos como Turn Loose The Swans e The Angel And The Dark River. Nesse álbum há a participação em estúdio do tecladista Jonny Maudling.
Apesar do retorno às origens, estava claro que o My Dying Bride estava mudado, se reinventando com um som mais acessível.
Para as apresentações ao vivo a banda traz Yasmin Ahmed (teclados).
Em 2000, o guitarrista Hamish Glencross entra para o MDB, substituindo Calvin Robertshaw, que havia deixado o conjunto no fim de 1999.
Embora tenham ocorrido várias mudanças na formação, os dois últimos lançamentos, mostravam uma banda em decadência, o que levou muitos fãs a desconfiarem que o MDB havia perdido a inspiração do passado.
Tais dúvidas seriam sanadas em 2001, com o excelente The Dreadful Hours, um dos melhores da carreira da banda e com Songs Of Darkness, Words Of Light, de 2004, outro trabalho impecável.
No último, os teclados foram assumidos por Sarah Stanton, que também contribuiria no disco seguinte, A Line Of Deathless Kings, de 2006.
O álbum foi um enorme sucesso, sendo considerado o melhor álbum de Doom Metal de 2006, figurando fácil entre os melhores da discografia da banda, pois explora todos os elementos característicos do MDB, em composições inspiradíssimas.
Com várias mudanças na formação, com as estradas de Lena Abé (baixo), Katie Stone (teclados e violino) e Dan Mullins (bateria), a banda lança For Lies I Sire em 2009.
A entrada de Katie Stone contribuiu para o retorno das partes com violino, embora não sejam um dos focos do trabalho, como ocorria na época de Martin Powell.
Em geral, For Lies I Sire também é outro disco brutal, com destaque para o vocal de Aaron, que parece que só vai melhorando com o passar do tempo, dando uma personalidade própria às faixas do MDB.
Apesar do bom trabalho, Katie não fica com a banda, sendo que ainda em 2009, é substituída por Shaun MacGowan.
Em 2011, a banda retomou um projeto que havia sido iniciado no início dos anos 90, quando ainda estava com eles, que era conceber um álbum de Ambient/Neo-Classic Metal. Assim vem Envita, que deve ser encarado com um trabalho paralelo do conjunto.
Retomando o som que os consagrou, lançam A Map Of All Our Failures, de 2012, que fica fácil entre os melhores do estilo em 2012.
Não fosse a aventura com 34.788%...Complete de 1998, o MDB teria uma discografia irrepreensível. Ao contrário dos seus "irmãos" Anathema e Paradise Lost, o conjunto praticamente não se desviou do seu caminho, trazendo álbuns primorosos desde a concepção do estilo até os dias atual.
Sem dúvida, estamos diante de um dos mais originais, competentes e criativos conjuntos da atualidade. O tempo se incumbirá de colocar quase todos os seus álbuns no rol dos clássicos.


 Towards The Sinister (Demo) - 1990

01 - Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium
02 - Vast Choirs
03 - The Grief Of Age
04 - Catching Feathers

Download

 Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium - EP - 1991

01 - Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium
02 - God Is Alone
03 - De Sade Soliloquay

Download

 As The Flower Withers - 1992

01 - Silent Dance
02 - Sear Me
03 - The Forever People
04 - The Bitterness And The Bereavement
05 - Vast Choirs
06 - The Return Of The Beautiful
07 - Erotic Literature

 The Thrash Of Naked Limbs (EP) - 1992

01 - The Thrash Of Naked Limbs
02 - Le Cerf Malade
03 - Gather Me Up Forever


 Turn Loose The Swans - 1993

01 - Sear Me MCMXCIII
02 - Your River
03 - The Songless Bird
04 - The Snow In My Hands
05 - The Crown Of Sympathy
06 - Turn Loose The Swans
07 - Black God

 I Am The Bloody Earth (EP) - 1994

01 - I Am The Bloody Earth
02 - Transcending (Into The Exquisite)
03 - The Crown Of Sympathy (Remix)


 The Angel And The Dark River - 1995

01 - The Cry Of Mankind
02 - From Darkest Skies
03 - Black Voyage
04 - A Sea To Suffer In
05 - Two Winters Only
06 - Your Shameful Heaven
07 - The Sexuality Of Bereavement
08 - Your River (Live At The Dynamo)
09 - A Sea To Suffer In (Live At The Dynamo)
10 - Your Shameful Heaven (Live At The Dynamo)
11 - The Forever People (Live At The Dynamo)


 Trinity (Compilation) - 1995

01 - Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium
02 - God Is Alone
03 - De Sade Soliloquay
04 - The Trash Of Naked Limbs
05 - Le Cerf Malade
06 - Gather Me Up Forever
07 - I Am The Bloody Earth
08 - The Sexuality Of Bereavement
09 - Crown Of Sympathy (Remix)


 Like Gods Of The Sun - 1996

01 - Like Gods Of The Sun
02 - The Dark Caress
03 - Grace Unhearing
04 - A Kiss To Remember
05 - All Swept Away
06 - For You
07 - It Will Come
08 - Here In The Throat
09 - For My Fallen Angel
10 - It Will Come (Nightmare)


 My Dying Bride & Anathema (Split CD) - 1998

01 - Anathema - One Of The Few
02 - Anathema - Better Off Dead
03 - Anathema - Goodbye Cruel World
04 - My Dying Bride - Roads
05 - My Dying Bride - Some Velvet Morning


 34.788%...Complete - 1998

01 - The Whore, The Cook And The Mother
02 - The Stance Of Evander Sinque
03 - Der Überlebende
04 - Heroin Chic
05 - Apocalypse Woman
06 - Base Level Erotica
07 - Under Your Wings And Into Your Arms


 The Light At The End Of The World - 1999

01 - She Is The Dark
02 - Edenbeast
03 - The Night He Died
04 - The Light At The End Of The World
05 - The Fever Sea
06 - Into The Lake Of Ghosts
07 - The Isis Script
08 - Christliar
09 - Sear Me III

 Meisterwerk 1 (Compilation) - 2000

01 - Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium
02 - The Crown Of Sympathy
03 - The Grief Of Age
04 - A Kiss To Remember
05 - Grace Unhearing (Portishell Mix)
06 - For You
07 - Unreleased Bitterness
08 - Sear Me III
09 - The Cry Of Mankind (Bonus Track)

Download

 Meisterwerk 2 (Compilation) - 2001

01 - Sear Me MCMXCIII
02 - Follower
03 - Vast Choirs
04 - She Is The Dark
05 - Catching Feathers
06 - Two Winters Only
07 - Your River
08 - Some Velvet Morning
09 - Roads (Portishead Cover)

 The Dreadful Hours - 2001

01 - The Dreadful Hours
02 - The Raven And The Rose
03 - Le Figlie Della Tempesta
04 - Black Heart Romance
05 - A Cruel Taste Of Winter
06 - My Hope The Destroyer
07 - The Deepest Of All Hearts
08 - Return To The Beautiful (Re-recording)
 The Voice Of The Wretched (Live) - 2002

01 - She Is The Dark
02 - Turn Loose The Swans
03 - The Cry Of Mankind
04 - The Snow In My Hand
05 - A Cruel Taste Of Winter
06 - Under Your Wings And Into Your Arms
07 - A Kiss To Remember
08 - Your River
09 - The Fever Sea
10 - Symphonaire Infernus Et Spera Empyrium

 Songs Of Darkness, Words Of Light - 2004

01 - Wreckage Of My Flesh
02 - The Scarlet Garden
03 - Catherine Blake
04 - My Wine In Silence
05 - The Prize Of Beauty
06 - The Blue Lotus
07 - And My Fury Stands Ready
08 - A Doomed Lover

Download

 Anti-Diluvian Chronicles (Compilation) - 2005

CD 1:
01 - Catherine Blake
02 - My Wine In Silence (Remix)
03 - A Doomed Lover
04 - The Blue Lotus
05 - The Dreadful Hours
06 - My Hope, The Destroyer
07 - The Deepest Of All Hearts
08 - She Is The Dark (Live)
09 - The Light At The End Of The World
10 - The Fever Sea (Live)

Download

CD 2:
01 - The Raven And The Rose (Remix)
02 - Sear Me III
03 - The Whore, The Cook And The Mother
04 - Der Überlebende
05 - Under Your Wings And Into Your Arms
06 - Like Gods Of The Sun
07 - Here In The Throat
08 - For My Fallen Angel
09 - The Cry Of Mankind
10 - From Darkest Skies

Download

CD 3:
01 - The Wreckage Of My Flesh (Remix)
02 - Turn Loose The Swans
03 - Black God
04 - Sear Me
05 - The Forever People (Live)
06 - The Bitterness And The Bereavement
07 - Symphonaire Infernus Et Spera Imperium
08 - God Is Alone
09 - The Thrash Of Naked Limbs
10 - The Sexuality Of Bereavement
 A Line Of Deathless Kings - 2006

01 - To Remain Tombless
02 - L'amour Detruit
03 - I Cannot Be Loved
04 - And I Walk With Them
05 - Thy Raven Wings
06 - Loves Intolerable Pain
07 - One Of Beautys Daughters
08 - Deeper Down
09 - The Bood, The Wine, The Roses


 An Ode To Woe (Live) - 2008

01 - To Remain Tombless
02 - My Hope, The Destroyer
03 - For You
04 - The Blue Lotus
05 - Like Gods Of The Sun
06 - Catherine Blake
07 - The Cry Of Mankind
08 - The Whore, The Cook & The Mother
09 - Thy Raven Wings
10 - The Snow In My Hand
11 - She Is The Dark
12 - The Dreadful Hours
 For Lies I Sire - 2009

01 - My Body A Funeral
02 - Fall With Me
03 - The Lies I Sire
04 - Bring Me Victory
05 - Echoes From A Hollow Soul
06 - Shadowhaunt
07 - Santuario Di Sangue
08 - A Chapter In Loathing
09 - Death Triumphant


 Bring Me Victory (EP) - 2009

01 - Bring Me Victory
02 - Scarborough Fair
03 - Failure (Swans Cover)
04 - Vast Choirs (Live At Graspop 2008)

 Evinta (Deluxe Edition) - 2011

CD 1:
01 - In Your Dark Pavilion
02 - You Are Not The One Who Loves Me
03 - Of Lilies Bent With Tears
04 - The Distance, Busy With Shadows
05 - Of Sorry Eyes In March

Download

CD 2:
01 - Vanite Triomphante
02 - That Dress And Summer Skin
03 - And Then You Go
04 - A Hand Of Awful Rewards

Download

CD 3:
01 - The Music Of Flesh
02 - Seven Times She Wept
03 - The Burning Coast Of Regnum Italicum
04 - She Heard My Body Dying
05 - And All Their Joy Was Drowned

Download

 The Barghest O' Whitby (EP) - 2011

01 - The Barghest O' Whitby


 A Map Of All Our Failures - 2012

01 - Kneel Till Doomsday
02 - The Poorest Waltz
03 - A Tapestry Scorned
04 - Like A Perpetual Funeral
05 - A Map Of All Our Failures
06 - Hail Odysseus
07 - Within The Presence Of Absence
08 - Abandoned As Christ
09 - My Faults Are Your Reward (Bonus Track)


 The Manuscript (EP) - 2013

01 - The Manuscript
02 - Var Gud Over Er
03 - A Pale Shroud Of Longing
04 - Only Tears To Replace Her With

Download

 The Vaulted Shadows (Compilation) - 2014

01 - The Barghest O' Whitby
02 - The Manuscript
03 - Vår Gud Över Er
04 - A Pale Shroud of Longing
05 - Only Tears To Replace Her With

Download

 Feel The Misery - 2015

01 - And My Father Left Forever
02 - To Shiver In Empty Halls
03 - A Cold New Curse
04 - Feel The Misery
05 - A Thorn of Wisdom
06 - I Celebrate Your Skin
07 - I Almost Loved You
08 - Within A Sleeping Forest

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)


4 comentários: