Social Icons

terça-feira, 23 de abril de 2013

Gojira - Discografia

Gojira é uma experiência insana pra quem quer experimentar uma mistura de gêneros que acaba por criar músicas viajantes. Digamos que, de um ponto de vista técnico, os caras não têm nada de mais (se for comparar com as muitas coisas que poderiam fazer por aí se pensar em diversas outras bandas). Entretanto, mesmo com certa simplicidade, muitas vezes apenas com riffs e não com solos, esses franceses conseguem propiciar uma sonoridade que meio que te faz flutuar e viajar feio, pois é um tanto profundo, pra ouvir de olhos fechados.
Sua excelente sonoridade é resultado da fusão entre Progressive MetalGroove Metal e Death Metal, criando um estilo que pode até ser relacionado, ao meu ver, a um Industrial Metal mais pesado e pegado, sem enfeites e firulas. As linhas mais aparentes são as de Groove e Death, e a isso se deve esse ar mais industrial, com pegada forte das baquetas, pedais duplos bem sincronizados e participativos, riffs tocantes de guitarra e um vocal gutural que muitas vezes se torna atmosférico, desembocando na tal experiência insana que esses caras oferecem. Existe a variação de álbum para álbum, uns com algo mais pesado, mais 'palhetado', e outros um pouco mais 'atmosferizados', mas a coisa gira em torno disso. Com certeza uma puta banda de qualidade, e que me deixa feliz por serem da França, pois não saem tantas bandas de lá.
Inicialmente sob o nome Godzilla, o conjunto foi fundado em Bayonne, na França, no ano de 1996 e teve como sua primeira formação a seguinte: Joe Duplantier (vocal e guitarra), Christian Abreu (guitarra), Alexandre Cornillon (baixo) e Jean-Michel Labadie (bateria). A proposta musical foi a mesma desde o início: fazer uma mistura de gêneros propiciando um novo, sincronizado e pesado estilo. Com isso em mente, algumas demos foram sendo lançadas ao longo de seus primeiros anos de estrada, conseguindo reconhecimento e boa repercussão o suficiente para inclusive abrir shows para Cannibal CorpseEdge of SanityImpaled Nazarene e Immortal até 1999, mesmo sem nenhum álbum ainda lançado. Durante essa mesma época, conflitos legais levaram a banda a mudar de nome, deixando Godzilla para trás e se transformando em Gojira, o nome original da versão japonesa do monstro Godzilla, que só conhecemos por esse nome por mal-entendimento do marketing dos Estados Unidos.
Seu legado de verdade só foi começar sob o novo nome, quando, em 2001, o debut "Terra Incognita" foi lançado, já dessa vez com Jean-Michel Labadie no baixo. O disco foi acompanhado de perto pelo "The Link", segundo álbum de estúdio dos caras, lançado em 2003. Com as excelentes críticas e ótima repercussão dos dois trabalhos pela França, resolveram pegar registros de seus shows e lançar em um DVD que também saiu em CD, intitulado "The Link Alive", tendo chegado nas prateleiras em 2004.
Já em 2005, a banda deu mais um passo na direção certa ao assinar um contrato com o selo francês Listenable Records, uma gravadora maior que viria a espalhar o nome do Gojira para fora de seu país de origem. Com essa visão em mente, o terceiro álbum dos caras foi lançado, intitulado "From Mars To Sirius", um excelente e pesado álbum. Como reflexo da exposição internacional, uma turnê pela Europa e Estados Unidos se sucedeu ao álbum pelos dois anos seguintes, ao lado de bandas como Children of BodomAmon AmarthTriviumLamb of GodAnnihilatorBehemoth, entre outras.
O álbum seguinte é o excelente "The Way of All Flesh", de 2008, onde, a exemplo de seu antecessor, a filosofia das guitarras pesadas e sonoridade mais firme é seguida. Contudo, o lado atmosférico e profundo, mais viajante, só viria a ser notavelmente executado no lançamento seguinte, o fodástico "L'Efant Sauvage", de 2012, mais um disco recomendadíssimo.
Já em 2014, foi a vez de mais um disco ao vivo ser lançado, intitulado "Les Enfants Sauvages".
O Gojira certamente é um excelente expoente da cena francesa, e mais uma amostra de que aquele país tem excelentes bandas para oferecer. Essa suruba de gêneros em um só que o Gojira faz é realmente algo foda, criando um estilo não embolado ou com partes igualmente divididas de cada gênero nas canções, mas um estilo linear e mesclado!


 Terra Incognita (2001)

01 - Clone
02 - Lizard Skin
03 - Satan Is A Lawyer
04 - 04
05 - Blow Me Away You (Niverse)
06 - 5988 Trillions de Tonnes
07 - Deliverance
08 - Space Time
09 - On The B.O.T.A.
10 - Rise
11 - Fire Is Everything
12 - Love
13 - 1990 Quatrillions de Tonnes
14 - In The Forest


 Maciste All'Inferno (EP) (2003)

01 - maciste01
02 - maciste02
03 - maciste03


 The Link (2003)

01 - The Link
02 - Death of Me
03 - Connected
04 - Remembrance
05 - Torii
06 - Indians
07 - Embrace The World
08 - Inward Movement
09 - Over The Flows
10 - Wisdom Comes
11 - Dawn


 The Link Alive (Live) (2004)

01 - Connected
02 - Remembrance
03 - Death of Me
04 - Love
05 - Embrace The World
06 - Space Time
07 - Terra Incognita
08 - Indians
09 - Wisdom Comes
10 - Blow Me Away You (Niverse)
11 - Lizard Skin
12 - Inward Movement
13 - The Link
14 - Clone
15 - In The Forest


 From Mars To Sirius (2005)

01 - Ocean Planet
02 - Backbone
03 - From The Sky
04 - Unicorn
05 - Where Dragons Fall
06 - The Heaviest Matter of The Universe
07 - Flying Whales
08 - In The Wilderness
09 - World To Come
10 - From Mars
11 - To Sirius
12 - Global Warming


 The Way of All Flesh (2008)

01 - Oroborus
02 - Toxic Garbage Island
03 - A Sight To Behold
04 - Yama's Messengers
05 - The Silver Cord
06 - Adoration For None
07 - All The Tears
08 - The Art of Dying
09 - Esoteric Surgery
10 - Vacuity
11 - Wolf Down The Earth
12 - The Way of All Flesh


 End of Time (EP) (2012)

01 - End of Time
02 - Bleeding


 L'Enfant Sauvage (2012)

01 - Explosia
02 - L'Enfant Sauvage
03 - The Axe
04 - Liquid Fire
05 - The Wild Healer
06 - Planned Obsolescence
07 - Mouth of Kala
08 - The Gift of Guilt
09 - Pain Is A Master
10 - Born In Winter
11 - The Fall
12 - This Emptiness (Bonus Track)
13 - My Last Creation (Bonus Track)

Download

 Les Enfants Sauvages (Live) (2014)

01 - Intro
02 - Explosia
03 - Flying Whales
04 - Backbone
05 - The Heaviest Matter of The Universe
06 - L'Enfant Sauvage
07 - Toxic Garbage Island
08 - Wisdom Comes
09 - Jam
10 - Oroborus
11 - Drum Solo
12 - The Axe
13 - The Gift of Guilt

Download

2 comentários:

  1. Meu, assisti os caras no Rock in Rio. "GRAÇAS AO DEUS METAL" ...
    Há uns tempos atrás, vi aqui nas discografias a banda. Mas como são poucas né, passou e não lembrava.Caralho, que som ANIMAL. peso foda. O batera é um show à parte, bate muito forte, os riffs são de outro planeta. Ótimo trabalho, fiquei amarradão nos caras. puta BANDA. Foi o show da noite !!!! Claro que o Metallica não conta,lógico. + 1 X WLW WOTM ... Walker, força e atitude brow !!!!!! Obrigado, por essa estupenda discografia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que não conhecia a banda, mas tiram um puta som, me amarrei mesmo na banda. São demais.

      Excluir