Social Icons

sexta-feira, 15 de março de 2013

Illnath - Discografia

O Illnath é uma banda de Symphonic Black Metal fundada em 1997, na Dinamarca, por Peter "Pete" Falk e Jokun Thor Larsen. No início, seu nome era Flagellation, tendo sua primeira demo, Dehind The Veil lançada sob esse nome. Em 1999, mudaram seu nome para Illnath.
Em 2001, lançam seu primeiro trabalho, o compacto Angelic Voices Calling, contando com o auxílio do baterista Tjodalv (Dimmu Borgir, Susperia). O disco é muito interessante, com bastante peso, riffs brutais e aquelas orquestrações típicas do estilo. Destaque para a excelente The Blood Is The Allmighty Sin. Embora a banda se defina como Symphonic Black Metal, nesse primeiro disco podemos ver uma presença maior do Melodic Death Metal, algo semelhante ao Children Of Bodom (principalmente pelas linhas vocais), mas sem aquela velocidade alucinante. Em Death Becomes All, as influências do COB ficam ainda mais evidentes, sendo que tem até aquele dueto de teclados com o guitarra.
Talvez por passarem pelos dois estilos, sem se estabelecer, fica a impressão de que o disco poderia ter sido melhor direcionado, pois as orquestrações, tem hora que são chatas, pois estragam o Melodic Death Metal. Lado outro, os vocais não se encaixam na proposta da banda.
Ainda assim, o compacto mostrou que tinham um tremendo potencial, que poderia ser melhor explorado.
Com a formação estabilizada, contando com Narrenschiff (vocal), Pete Falk (guitarra), Tobias (baixo), Tyr (teclados e sintetizadores) e Benjamin (bateria), lançam Cast Into Fields Of Evil Pleasure, em 2003.
O álbum é um trabalho mais consciente, e que soube mesclar melhor as influências do Illnath, vide a excelente faixa título, a matadora Frozen Constellations e a técnica e veloz By The Hands Of Violent Winter. Os vocais se aproximaram mais do Black Metal, as orquestrações estavam mais eficientes, aparecendo apenas na hora certa e o trabalho da guitarra com os teclados ficou bruto. A bateria também merece um destaque especial por aliar sabiamente peso e velocidade.
Os vocais femininos feitos por Lena, embora em pequeno número, também foram muito bem executados.
Apesar de Cast Into Fields Of Evil Pleause ser um álbum bastante relevante, a banda precisou batalhar para continuar na estrada.
Um novo lançamento somente sairia em 2006: Second Skin Of Harlequin. O disco pode não ser tão inspirado quanto o seu antecessor, mas a produção limpa e as excelentes passagens de teclado com guitarra, vide o solo de Clockwork Of Time, são dignos de nota.
Em 2009, a banda anunciou que estava trabalhando em um novo álbum que se chamaria, Three Nights In The Sewers Of Sodom e que deveria sair ainda naquele. Acabou que o disco virou uma demo, com duas faixas.
Com o nome alterado, o álbum prometido para 2009, sairia apenas em 2011, intitulado de Third Act In The Theatre Of Madness.
E não foi só o nome do disco que mudou. O line-up do Illnath foi totalmente renovado com Mona Beck (vocal), Kenneth Frandsen (baixo) e Stockmarr Dennis (bateria), restando apenas o guitarrista Pete Falk, como membro original.
Aí fica a dúvida: tudo bem, a tal de Mona faz os vocais femininos, mas quem vai fazer os vocais guturais? Na verdade é a própria Mona! E isso dá um charme todo especial no trabalho, pois a mina manda bem demais!
O álbum é um pouco arrastado, com as músicas bem semelhantes, mas os solos de guitarra (dessa vez os teclados foram deixados um pouco de fora) e a interpretação de Mona compensam a audição.
Para o disco 4 Shades Of Me de 2013, a banda investiu em um som ainda mais pesado e direto, afastando as orquestrações.
Sem dúvida o disco eleva o Illnath a um novo patamar, podendo ser considerado um álbum típico de Black Metal. Para se ter uma ideia da evolução, temos uma releitura da faixa Angelic Voices Calling, do primeiro compacto, em uma versão "não sinfônica". Ficou brilhante!
Outro destaque também vai para a bateria, que está extremamente veloz, com aquelas viradas que só monstros sabem fazer.
O Illnath é uma banda capaz de surpreender muita gente, pois ao julgar apenas pelo visual de Mona, não para se ter a noção do que irá escutar. 
Veja esse pequeno vídeo e você saberá do que Mona é capaz: 4 Shades Of Me Recording Session in Hertz Studio.


 Angelic Voices Calling - EP - 2001

01 - Ancient Legacy
02 - Death Becomes All
03 - The Blood Is The Allmighty Sin
04 - Angelic Voices Calling
05 - Never Again


 Cast Into Fields Of Evil Pleasure - 2003

01 - Zetite
02 - Behind The Mirrors
03 - Cast Into Fields Of Evil Pleasure
04 - Temporary Borders
05 - The Creators Biggest Pride
06 - Gloomy Gathering
07 - Bring Down The Witching Hour
08 - By The Hands Of Violent Winter
09 - Frozen Constellations


 Second Skin Of Harlequim - 2006

01 - And There Was Light
02 - Virgin Soil
03 - Pieta
04 - Sought By The Fallen One
05 - She The Plague
06 - Feathers Shall Fall
07 - Clockwork Of Time
08 - Book Of Sand
09 - Aqua Diabolicom (Bonus Track)


 Three Nights In The Sewers Of Sodom (Demo) - 2009

01 - Damnation's Dawn
02 - Ravenous Crows

Download

 Third Act In The Theatre Of Madness - 2011

01 - Third Act
02 - Scarecrow
03 - Lead The Way
04 - Snake Of Eden
05 - Shorthanded
06 - Spring Will Come
07 - Tree Of Life And Death
08 - Fall Of Giants
09 - Vampiria

Download

 4 Shades Of Me - 2013

01 - Blood Warrior
02 - Gallow Hill
03 - King Of Your Mind
04 - Pieces
05 - No Salvation
06 - Captain Of The Seven Seas
07 - Unleashed
08 - Shade Of Me
09 - Not My God
10 - It's On Me
11 - Angelic Voices Calling

Nenhum comentário:

Postar um comentário