Social Icons

domingo, 17 de março de 2013

George Lynch - Discografia

George Lynch é um excelente guitarrista de Hard Rock nascido nos Estados Unidos em 28 de setembro de 1954, na cidade de Spokane, em Washington. Ainda criança, mudou-se para AuburnCalifórnia, onde cresceu.
Seu contato com a guitarra começou bem cedo, inclusive começando a fazer tapping com as duas mãos primeiro do que Eddie Van Halen, se o que Mark Kendall (Great White) diz for verdadeiro.
Além de uma notável e excelente carreira solo após se consagrar na cena principalmente por ter sido guitarrista da banda Dokken (que faz Hard Rock) a partir de 1980, outro fato curioso de sua carreira é que por duas vezes ele fez testes para ser guitarrista da banda solo do Ozzy Osbourne. A primeira vez foi em 1979, mas perdeu a vaga para o lendário Randy Rhoads, e a segunda vez foi em 1982, para substituir Brad Gillis. Lynch diz que chegou a ser contratado por três dias, mas em seguida Ozzy mudou de ideia e chamou Jake E. Lee, mas Lee, por sua vez, diz que Lynch chegou a viajar para a turnê por duas semanas, mas apenas assistiu aos shows, não tocando em nenhum.
No fim dos anos 70, Lynch tocou em uma banda chamada The Boyz, trabalhando no clube Sunset Strip em Los Angeles, junto com Van Halen e Quiet Riot, chegando a apresentar um concerto para Gene Simmons (Kiss) e sua primeira gravadora. Entretanto, Simmons apenas viu Van Halen tocar, que abriu o show, saindo antes do The Boyz se apresentar.
George Lynch subiu à fama ao ingressar no Dokken no início dos anos 80, banda na qual passou por algumas controvérsias internas antes de deixá-la definitivamente. Durante a época em que o Dokken tinha encerrado suas atividades, em 1989, devido a problemas internos com o vocalista Don Dokken, George Lynch aproveitou para investir em projetos paralelos, como o Lynch Mob, que se diverge bastante do que era feito no Dokken, e no início de sua carreira solo em 1993, quando lançou o primeiro álbum, "Sacred Groove".
Contudo, sua carreira solo daria uma freada por causa do reinício das atividades do Dokken. Lynch havia concordado em deixar todas as diferenças com Don Dokken de lado e colocaram as mãos na massa e lançaram alguns álbuns, que, por não conseguirem alcançar aquilo que esperavam e por terem mudado o direcionamento sonoro, fizeram com que Don Dokken desanimasse e os problemas voltassem a pairar sobre a atmosfera do grupo. Em 1997, as desavenças ficaram ainda mais fortes, resultando na nova saída de George Lynch, que foi substituído pelo grande guitarrista John Norum, ex-Europe, que já havia tocado com Don Dokken em sua carreira solo.
Novamente no olho da rua, a saída para George Lynch foi remontar sua própria banda, Lynch Mob, coisa que rapidamente aconteceu, onde ele segue na ativa lançando discos até os dias de hoje. Paralelamente, Lynch também carrega nas costas sua excelente carreira solo, assunto central dessa postagem.
Basicamente, aquilo que não é proposta para o Lynch Mob, mas que ainda assim o guitarrista tem vontade de fazer, é enviado à carreira solo, principalmente covers. Os primeiros discos, em especial, passeiam entre diversos gêneros do Rock e Metal, regravando clássicos de bandas como ScorpionsBlack SabbathBob DylanMontrose, entre muitos outros que marcaram gerações.
Também é possível perceber uma tendência maior por parte de Lynch a fazer covers do Scorpions, banda que por sinal ele é muito fã. Inclusive lançou, em 2007, um álbum inteiro de covers deles, intitulado "Scorpion Tales". Ponto de destaque para o vocal do próprio George Lynch, que é muito foda! O cara sabe cantar, não se dedica apenas à guitarra, e tem um estilo bastante Hard Rock, com aquela voz rouca característica.
O melhor trabalho do guitarrista para mim é o disco de 2010, "Orchestral Mayhem", que é uma verdadeira "mutilação orquestral". Sempre admiro músicos que dedicam algo à Música Erudita, pois é um ramo fantástico da música, e quando transportado para o Metal, fica sempre alucinante! É muito lindo, muito foda, muito alto nível! Canções de senhores clássicos como MozartBeethovenRossini e Orff se fazem presentes nesse belo trabalho.
Em 2011 já é lançado o "Kill All Control", que se trata de um disco mais direcionado ao próprio George Lynch, com canções autorais e com letras. Um disco ótimo disco, mas que deixa um pouco a pegada do Hard Rock de lado e se direciona mais para o Rock Alternativo, que apesar de ter ficado realmente ótimo, não é minha preferência pessoal, logo, no meu julgamento, ele pecou. Contudo, é sabido que ele sempre buscou se adequar ao estilo de música que é tocado na época. Foi assim nos tempos do Dokken, e está sendo assim na carreira solo.
Por fim, em 2012, somos presenteados com o EP "Legacy", que contém quatro excelentes faixas instrumentais, de qualidade, talvez dando uma pista de que o próximo disco será instrumental. Aqui já é executado um Metal um pouco mais "progressivado", se desprendendo um pouco do Alternativo.


 Sacred Groove (1993)

01 - Memory Jack
02 - Love Power From The Mama Head
03 - Flesh and Blood
04 - We Don't Own This World
05 - I Will Remember
06 - The Beast Part 1
07 - The Beast Part 2
08 - Not Necessary Evil
09 - Cry of The Brave
10 - Tierra del Fuego


 Will Play For Food (2000)

01 - Mr. Crowley
02 - He's A Woman, She's A Man
03 - Rollin' and Tumblin'
04 - Billion Dollar Babies
05 - Anthem
06 - Panama
07 - Goin' Down
08 - Tears of Sahara
09 - Flying High Again
10 - Paranoid
11 - Satan's Shorts
12 - Train Kept A Rollin'
13 - Your Darkest Hour
14 - People Get Ready
15 - Love In Your Eyes
16 - Love Finds A Way


 The Lynch That Stole Riffness! (EP) (2002)

01 - Blue Sky
02 - Shinedown
03 - Static Reaction


 Furious George (2004)

01 - Space Station #5
02 - Sins A Good Man's Brother
03 - All Along The Watchtower
04 - Stormbringer
05 - I Want You/She's So Heavy
06 - Blood of The Sun
07 - Bridge of Sighs
08 - Precious and Grace
09 - I Ain't Superstitious
10 - One Way Or Another
11 - You Shook Me
12 - Dancing Madly Backwards


 The Lost Anthology (Compilation) (2005)

CD 1:
01 - Thinking About You
02 - Nite Boyz
03 - Sleepless Nights
04 - It's Alive
05 - Paris Is Burning
06 - Heartless Heart (Live)
07 - Jailhouse Rock (Live)
08 - House On Fire (Live)
09 - I've Been Waiting
10 - Going Under
11 - In The Middle (Live)
12 - Cry Again
13 - Lost Behind The Wall (Live)
14 - Turn On The Action (Live)
15 - When The Good Die Young

CD 2:
01 - Candy Coated Sin
02 - Invitation
03 - Tooth and Nail (Live)
04 - Closer
05 - Deepen
06 - If God Could Hear Me Now
07 - Nothing
08 - Dust
09 - Bruising Me
10 - Bulldog Tyranny
11 - Paranoid
12 - He's A Woman, She's A Man
13 - Billion Dollar Babies
14 - Round and Round
15 - S.A.T.O.


 Scorpion Tales (Compilation) (2007)

01- Rock You Like A Hurricane
02 - Still Loving You
03 - Falling In Love
04 - Big City Nights
05 - Blackout
06 - No One Like You
07 - Zoo
08 - Steamrock Fever
09 - In Trance
10 - He's A Woman, She's A Man
11 - Holiday
12 - Lovedrive


 Guitar Slinger (Compilation) (2007)

01 - Going Under (Unreleased Track)
02 - Wicked Sensations
03 - Rock You Like A Hurricane
04 - Round & Round
05 - Paranoid
06 - Tangled In The Web
07 - When The Good Die Young
08 - Billion Dollar Babies
09 - Dr. Rock
10 - Lost Behind The Wheel (Live)
11 - Driving On E
12 - Turn On The Action (Live)
13 - Love Drive
14 - Steam Rock Fever
15 - In The Middle (Live)


 Orchestral Mayhem (2010)

01 - Bittersweet Symphony
02 - Beethoven: Für Elise
03 - Orff: Carmina Burana
04 - Mozart: Eine Kleine Nachtmusik, 1st Movement
05 - Bizet: Habanera (From The Opera Carmen)
06 - Mendelssohn Venetian: Boat Song (From Songs Without Words)
07 - Rachmaninoff: Prelude In G Minor
08 - Rossini: William Tell Overture
09 - Tchaikovsky: The Waltz of The Flowers (From The Nutcracker)
10 - Mozart: Eine Kleine Nachtmusik, 4th Movement
11 - Debussy: Clair de Lune
12 - Wizards In Winter
13 - Christmas Eve/Sarajevo1224


 Kill All Control (2011)

01 - Kill All Control
02 - Done
03 - Flys On The Wall
04 - Brand New Day
05 - Wicked Witch
06 - Voices In My Head
07 - Resurrect Your Soul
08 - Rattlesnake
09 - Sun
10 - Man On Fire
11 - My Own Enemy
12 - Son of Scary
13 - Go It Alone


 Legacy (EP) (2012)

01 - Blood Drive
02 - Circulo del Fuego
03 - Invoid
04 - The Road Ahead

 Shadow Train (2015)

CD 1:
01 - Vulture
02 - Currency of Lies
03 - Power and Resistance
04 - Now It's Dark
05 - Vulture (Slight Return)
06 - I Am Weapon
07 - Ghost
08 - White Clay
09 - Fight No More

CD 2:
01 - Believe
02 - Blinded
03 - Fallen
04 - Glitter
05 - Prayer Mechanism
06 - Sioux Wake Up
07 - Trail of Tears
08 - Under A Crooked Sky
09 - World On Fire

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

Um comentário: