Social Icons

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Aposto que vai aparecer gente demonstrando o que tem de pior em seu intelecto, falando mil e umas sobre a banda e até falando que o site já foi melhor. Antes de qualquer coisa, só quero frizar: sem hipocrisias, okay? Muito banger não curte os caras, eu até entendo, mas há quem curta, como eu por exemplo, que gosto bastante! Portanto, se não gostar, só ignorar. Charlie Brown Jr. é foda, apesar do Chorão ser um cuzão de pessoa. Ouço por aí gente falando que o Charlie Brown não é Rock. Acho isso tão hipócrita e preconceituoso... de fato, o som dos caras é situado no Rock, mais especificamente o Skate Rock, mas com influências abertas para outras áreas, como o Rapcore, o Hardcore, o Punk e o Reggae. Se músicas como "Fichado" não forem Rock, então eu realmente estou com desordem neurológica e tenho que parar de postar coisas aqui no Warriors Of The Metal. De qualquer modo, até Restart faz Rock, queiramos ou não. Fodido, horrível, de bicha, mas faz. Fazer o quê?
O início do grupo remonta à segunda metade dos anos 80, em 1987, quando Alexandre Magno, conhecido desde pequeno como "Chorão", se mudou para Santos, litoral de São Paulo, depois de uma infância complicada e traumática. Era um jovem que curtia skate, que já chegou a figurar nas melhores posições nos rankings de diversos campeonatos brasileiros. Certa vez, Chorão foi a um bar ver o show de uma banda, e substituiu o vocalista por um tempinho, pois o mesmo precisou se ausentar por necessidades fisiológicas. Alguém da platéia curtiu o Chorão cantando e o convidou para ingressar em sua banda. Ele aceitou e, tempos depois, o baixista dessa banda saiu e entrou Champignon, que na época tinha apenas 12 anos de idade. Um pouco depois, os dois amigos formaram a banda What's Up. O primeiro a ingressar no grupo foi o baterista Renato Pelado (EcossistemaJornal do Brasil), seguido pelos guitarristas Marcão e Thiago Castanho, que completaram a formação. A banda se apresentava em alguns locais de Santos, até que finalmente em 1992 foi batizada como Charlie Brown Jr., ideia que veio após Chorão trombar com uma barrada de côco que tinha o desenho do Charlie Brown, personagem do cartunista Charles Schulz, conhecido por ser dono do Snoopy. O "Jr." já vem do fato da banda ser filha do Rock, filha de uma geração de bandas marcantes como RaimundosNirvanaRed Hot Chili PeppersNação ZumbiPlanet Hemp, e outros. A banda saiu fazendo shows por Santos e São Paulo, principalmente em eventos de skate.
Uma demo foi entregue à Rick Bonadio, presidente da Virgin Records e produtor dos Mamonas Assassinas, que gostou e assinou contrato com os caras. Isso pavimentou o caminho para o lançamento do fodástico debut do Charlie Brown Jr., chamado "Transpiração Contínua Prolongada", lançado em 1997. O nome é esse exatamente para dar uma ideia de como foi difícil para o grupo, principalmente para o Chorão, chegar onde conseguiram. E daí para frente, só viriam a crescer e se tornar uma das maiores bandas do país. A repercussão do álbum foi excelente, com músicas como "O Côro Vai Comê!", "Proibida Pra Mim (Grazon)", "Tudo Que Ela Gosta de Escutar" (que é um hino, tocada nos shows até hoje) e "Gimme O Anel" tocando incansavelmente nas rádios. Gosto demais desse álbum, que recebe influências bem vindas do Rap e do Reggae, fala de sacanagem, mulheres, maconha e a vida de um vagabundo. Doido quem pensa que "Quinta-Feira" fala de mulher, haha... O engraçado era que naquela época, o baixista Champignon ainda era de menor, e precisava de autorização judicial para acompanhar o grupo.
A ascensão definitiva do Charlie Brown Jr. veio com o segundo excelente álbum "Preço Curto... Prazo Longo", lançado em 1999, principalmente pelo fato da faixa "Te Levar" ter sido recrutada como canção de abertura da novela Malhação, da Rede Globo, fazendo com que seu som atingisse às diversas classes sociais. Ô, época boa... aquilo que era Malhação! A banda foi bastante premiada e figurou o topo das paradas em rádios ao longo do país por canções como, "Confisco" e "Zóio de Lula", "Não Deixe O Mar The Engolir" e "O Preço", além da própria "Te Levar".
Pouco antes do lançamento do terceiro álbum, a banda passou por problemas internos pelas frequentes brigas entre Chorão e Champignon, que quase culminaram no fim da banda. Entretanto, os problemas se resolveram, felizmente!, pois em 2000 chegou às vitrines o álbum que é simplesmente o melhor do conjunto: Nadando Com Os Tubarões. Álbum perfeito do início ao fim, apresentando sua fórmula com Hip Hop, Reggae e Hardcore mais apuradas do que nunca, somadas com uma atmosfera única e viajante nesse álbum que é simplesmente foda! O álbum apresenta, pela primeira vez, letras mais profundas e com charadas, algumas revoltadas com o sistema, e também as que refletem a difícil fase que Chorão passava com a morte de seu pai. Hinos se extraíram daqui, como "Não É Sério" (em dueto com Negra Li), "Tudo Mudar" e "Rubão, O Dono do Mundo", além das que não são cantadas hoje em dia mais, mas que são das minhas preferidas, como "Fichado", "Essa É Pra Quem Ficou Pra Trás" (homenagem ao pai de Chorão) e "Ouviu-se Falar".
No fim daquele ano de 2000, após a banda rejeitar tocar no evento Rock In Rio - Por Um Mundo Melhor, por discordar do tratamento dispensado às bandas nacionais, o guitarrista Thiago Castanho deixou a banda por divergências pessoais, mas ele não foi substituído. O Charlie Brown Jr. então assina com a EMI e em 2001 é lançado o quarto álbum do grupo, intitulado "100% Charlie Brown Jr: Abalando Sua Fábrica". Esse excelente álbum deixa o Rap/Hip Hop e Reggae de lado e é mais situado no Rock AlternativoHardcore e até Punk Rock. Músicas fodas como "Hoje Eu Acordei Feliz", "Sino Dourado" e principalmente "Lugar Ao Sol" são os destaques do álbum, cujas músicas têm curta duração. O método de gravação dele foi diferente, pois foi um "ao vivo em estúdio", todos gravando ao mesmo tempo no estúdio, deixando o som mais cru e fresco.
O próximo álbum veio logo no ano seguinte, em 2002, e recebeu o nome de "Bocas Ordinárias", uma expressão lusitana, homenageando-os devido ao sucesso em Portugal e às diversas apresentações naquele país. Álbum foda, com hits como "Bocas Ordinárias, Guerrilha!", "Somos Poucos Mas Somos Loucos", "Só Por Uma Noite" (incluída na trilha sonora de Malhação 2003), a versão de "Baader-Meinhof Blues" do Legião Urbana e, principalmente "Papo Reto (Prazer É Sexo, O Resto É Negócio)", que é hino até hoje. Essa música agita geral, vi pessoalmente em um show dos caras que fui. Muito foda! O álbum tem uma sonoridade mais Charlie Brown Jr. de hoje em dia, começando a poder ser dito como "música de playboy metido a vagabundo pra playboy e patricinha metidos a vagabundos v1d4 l0k4". A partir daí, não sou fã da banda do jeito que sou com os discos anteriores, mas ainda assim, gosto bastante. Claro, tirando como exceção o próximo lançamento, de 2003, o "Acústico MTV", showzinho bom demais, com convidados como Negra LiMarcelo Nova e Marcelo D2. Eu era pequeno, mas lembro bem como esse trabalho tocou o tempo todo nas rádios, nos canais de videoclipe e todo mundo comentava.
Até aqui foram mais de dois milhões de cópias dos álbuns vendidos, sucesso nacional absoluto, consolidando o Charlie Brown Jr. de vez como uma das maiores bandas do país. Continuando a sequência de lançamentos todo ano, veio à luz o "Tâmo Aí Na Atividade", de 2004. Esse trabalho é bastante diferente dos antecessores. Ele é mais leve, tem bastante hip hop, bastante beat box, DJ, bastante reggae, mas ao mesmo tempo, a parte Rock da coisa é muito boa, e muito puxada para o Punk e Hardcore, apesar não ser com tanta frequência. De geral, um bom álbum, ainda assim, com "Champagne e Água Benta" sendo de longe a melhor música do álbum.
Logo no início do ano seguinte, 2005, Chorão teve que enfrentar uma saída em massa dos integrantes da banda. Marcão, Renato Pelado e Champignon deixaram a banda por divergências musicais. Faço uma ideia como deve ser péssimo lidar com o ego e intelecto prepotente do Chorão! Todos pensavam que a banda ia acabar, inclusive eu. Seria como reconstruir a banda totalmente do zero. Mas com luta, o Chorão conseguiu,  com Thiago Castanho, aquele primeiro guitarrista da banda que saiu e não foi substituído, retornou, junto com Heitor Gomes (filho do baixista Chico Gomes) no baixo e André Ruas (ambos de Santos), conhecido como "Pinguim", nas baquetas, que já vinha trabalhando com a banda, responsável pelas beat boxes das faixas, revivendo assim o Charlie Brown Jr.
Com a banda reestruturada, mais tarde naquele ano, o álbum "Imunidade Musical" foi lançado. Aqui o grupo volta a apresentar seu som característico, porém, de um modo bem "meloso". A maioria das faixas são românticas e macias, além de também serem dignas de serem colocadas nas sessões de "auto-ajuda" dos livros de psicologia, hahaha... Músicas românticas e motivacionais, sem mencionar que são fodas, como "Dias de Luta, Dias de Glória", "O Senhor do Tempo", "Ela Vai Voltar (Todos Os Defeitos de Uma Mulher Perfeita)" e "Onde Não Existe A Paz, Não Existe O Amor". Isso sem mencionar a versão linda ao violino de "Aquela Paz", originalmente lançada no primeiro álbum, um cover muito bem tocado de "Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores", do Geraldo André, além de, é claro, "Lutar Pelo Que É Meu", mais um hino dos shows da banda e que foi "premiada" como abertura da temporada de 2006 a 2007 de Malhação, substituindo "Te Levar" que vinha até então sendo ainda usada. É legal lembrar também que essa foi a última temporada de Malhação que eu vi... Depois ficou uma merda total, haha...
O próximo álbum é chamado "Ritmo, Ritual e Responsa", e foi lançado em 2007. Esse álbum eu já não sou muito chegado mesmo, ainda menos que o "Tâmo Aí Na Atividade". Simplesmente não me agrada como os demais, apesar de "Pontes Indestrutíveis" ser uma ótima música. É um álbum mais viajante, mais calmo, mais urbano, mais crítico, além de ter várias músicas ainda "auto-ajuda", claro. A faixa "Be Myself" foi incluída na trilha sonora da telenovela Duas Caras, da Rede Globo.
Em abril de 2008 foi anunciado que o recém-contratado baixista André Ruas, o Pinguim, estava deixando a banda pois o contrato estava acabando e não havia interesse mútuo por sua permanência. Outro santista então o substituiu, o Bruno Graveto.
O álbum de estúdio mais recente do grupo é o "Camisa 10 Joga Bola Até Na Chuva", lançado em 2009, após a quebra do contrato com a EMI e assinar com a Sony Music. Aí sim um ótimo álbum com o estilo mais Charlie Brown possível, e com bastante Rock. Destaques aqui são as ótimas "Dona do Meu Pensamento", e "Só Os Loucos Sabem", principalmente. O interessante é que a faixa "O Dom, A Inteligência e A Voz" foi feita a pedido da cantora Cássia Eller, que iria entrar para o disco dela de 2002. Entretanto, 15 dias após a composição da música, ela faleceu, então aí está uma bela homenagem a ela.
No início de 2011, o CD e DVD "Música Popular Caiçara" foi gravado em Santos, e seria prontamente lançado pela Sony Music. Entretanto, problemas ocorreram na organização do evento durante show, e isso irritou muito a banda, principalmente ao Chorão. O conjunto fez uma reunião onde decidiram romper o contrato com a gravadora e passaram a trabalhar de forma independente. Na edição 2011 do evento "Viradão Carioca", Chorão fez uma surpresa ao público, anunciando a volta do guitarrista Marcão à banda, então tocando o show com cinco membros. Mais tarde, em julho, o baixista Heitor Gomes deixou a banda de forma amigável, até é o atual baixista do CPM 22, e o grande Champignon retornou à sua posição, fazendo com que o Charlie Brown Jr. voltasse à formação original. Champignon fez até vídeo no Youtube dizendo que "Voltei pra ficar! Aqui é minha casa!".
O "Música Popular Caiçara" foi então refeito em setembro de 2011, gravado de forma independente em Curitiba e Santos, contando com a participação especial de Marcelo Falcão (O Rappa), Zeca Baleiro, e os compositores baianos Marcelo Nova e Márcio Mello. No início de 2012, esse showzaço já estava disponível nas vitrines, lançado pela Radar Records, comemorando os 20 anos de estrada. Showzaço mesmo, super agradável de ouvir a performance calorosa da banda, tocando com vontade, e o público acompanhando apaixonado.
Enfim, uma grande banda com uma discografia variada, de alto nível e do caralho! Gosto muito dos caras, mas digo isso em relação ao som deles! Não há como negar que o Chorão é um cuzão, um prepotente, um otário, que muitas vezes não põe em prática aquilo que fala nas letras. Já se meteu em brigas desnecessárias com Los HermanosDetonautas Roque Clube, etc., besteira, e pra piorar, ainda em um show ele humilha o Champignon em pleno palco, retirando o microfone dele ainda, deixando-o indefeso. São 13 minutos gravados de humilhação, de esporro, fazendo fortes acusações como que ele voltou pra banda por dinheiro, e não por amor. Não importam as razões, não cabe a nós fãs julgar os problemas internos, mas com certeza o Chorão foi um filho da puta de fazer isso em público. Isso se resolve a quatro paredes!
Mesmo assim gosto da banda, gosto do som. O Chorão que se ferre, apesar de mesmo entre tantas desavenças, muitas vezes também demonstrar bondade e bom coração. O problema é que o lado negativo dele é negativo demais, e ele faz em público! De qualquer modo, se você for um dos caras que viu essa postagem e já tá coçando o dedo pra falar merdas, pense duas vezes, não deixe seu preconceito mostrar o seu lado otário. Só ignore. Digo isso de antemão porque vivo isso, sei como as pessoas olham a banda. Mas é Rock, o preconceito queira ou não, e dos fodas! Dá-lhe Charlie Brown Jr.!
Infelizmente, na madrugada do dia 6 de março de 2013, Chorão foi encontrado morto em seu apartamento, com sangue em sua mão, vestígio de pó branco e o local todo bagunçado. A suspeita é de overdose. Infelizmente, uma grande perda para a música brasileira, pois o Charlie Brown é uma banda do povo, que fala o que o povo pensa, de situações da sua vida. De alguma forma, todos se identificam com pelo menos as letras de uma das músicas, não tem jeito. A lamentação é justificada. Apesar de ao longo de sua carreira ele ter tropeçado, feito merdas desnecessárias, tinha um grande coração. Acredito que ele fazia arrumava problemas desnecessários em locais onde isso não deveria ser feito, por isso a moral dele abaixa. Entretanto, foi um grande ícone da música brasileira!


 Transpiração Contínua Prolongada (1997)

01 - Tributo Ao Frango da Malásia
02 - O Côro Vai Comê!
03 - Tudo Que Ela Gosta de Escutar
04 - Sheik
05 - Hei! Areia...
06 - Gimme O Anel
07 - Molengol's Groove
08 - Aquela Paz
09 - Quinta-Feira
10 - Proibida Pra Mim (Grazon)
11 - Lombra (feat. PMC)
12 - Corra Vagabundo
13 - Falar, Falar
14 - Festa
15 - Escalas Tropicais
16 - Charlie Brown Jr.

Download

 Preço Curto... Prazo Longo (1999)

01 - Confisco
02 - Zóio de Lula
03 - Resolve O Meu Problema Aí
04 - Te Levar
05 - O Que É da Casa, É da Casa
06 - O Preço
07 - Não Deixe O Mar Te Engolir
08 - Hoje de Noite
09 - Bons Aliados
10 - Puxa Carro
11 - União
12 - Aquele Velho Carteado e Algumas Manobrinhas
13 - 333
14 - Mantenha A Dúvida
15 - Do Surf
16 - História Mal Escrita
17 - Chicano (Skate Nos Cano)
18 - A Grande Volta
19 - Cruzei Uma Doida
20 - 12 + 1
21 - Cidade Grande
22 - Local
23 - Muito Antes Que Você
24 - Depois de Uma Bela Session, Um Belo Sofá, Cerveja, Pizza e Um Videozinho de SKT
25 - Deu Entrada Pra Subir

Download

 Nadando Com Os Tubarões (2000)

01 - Rubão, O Dono do Mundo
02 - Ralé
03 - Não É Sério (Com Negra Li)
04 - O Penetra
05 - A Banca (Com RZO)
06 - Tudo Mudar
07 - Fichado
08 - Ouviu-se Falar
09 - Amor Pelas Ruas
10 - Essa É Por Quem Ficou Pra Trás
11 - Transar No Escuro
12 - Fundão
13 - Somos Extremos No Esporte e Na Música (Com De Menos Crime)
14 - Talvez A Metade do Caminho
15 - Pra Mais Tarde Fazermos A Cabeça
16 - No Desafio, Ibiraboys- A União Prevalece
17 - Trocando Uma Idéia Com Deus

Download

 100% Charlie Brown Jr: Abalando Sua Fábrica (2001)

01 - Eu Protesto
02 - Hoje Eu Acordei Feliz
03 - Sino Dourado
04 - Quebra-Mar
05 - Lugar Ao Sol
06 - Descubra O Que Há de Errado Com Você
07 - Só Lazer
08 - Você Vai de Limusine, Eu Vou de Trem
09 - O Lado Certo da Vida Errada
10 - T.F.P.D.
11 - Tudo Pro Alto
12 - Como Tudo Deve Ser

Download

 Bocas Ordinárias (2002)

01 - Papo Reto (Prazer É Sexo, O Resto É Negócio)
02 - Hoje Eu Só Procuro A Minha Paz
03 - Badder-Meinhoff Blues
04 - Só Por Uma Noite
05 - My Mini Ramp
06 - Bocas Ordinárias, Guerrilha
07 - Não Fure Os Olhos da Verdade
08 - Sou Quem Eu Sou (O Que É Seu É Meu e O Que É Meu Não É Nosso)
09 - Com Minha Loucura Faço Meu Dinheiro, Com Meu Dinheiro Faço Minhas Loucuras
10 - Somos Poucos Mas Somos Loucos
11 - Com A Boca Amargando
12 - Tarja Preta

Download

 Acústico MTV (2003)

01 - Quebra-Mar
02 - O Que É da Casa É da Casa
03 - Zóio de Lula
04 - Vícios e Virtudes
05 - Hoje
06 - O Preço
07 - Tudo Por Alto
08 - Não Uso Sapato
09 - O Côro Vai Comê!
10 - Tudo O Que Ela Gosta de Escutar
11 - Não É Sério (Com Negra Li)
12 - Vinheta Beat Box II - Como Tudo Deve Ser
13 - A Banca (Com RZO)
14 - Samba Makossa (Com Marcelo D2)
15 - Quinta-Feira
16 - Só Por Uma Noite
17 - Oba, Lá Vem Ela
18 - Tudo Mudar
19 - Proibida Pra Mim
20 - Charlie Brown Jr.

Download

 Tâmo Aí Na Atividade (2004)

01 - Malabarizando (Quem É de Fé Continua Com A Gente)
02 - Champanhe e Água Benta
03 - Tâmo Aí Na Atividade
04 - Eu Vim de Santos, Sou Charlie Brown
05 - So Far Away
06 - Longe de Você
07 - Di-Sk8 Eu Vim
08 - Di-Sk8 Eu Vou
09 - Vivendo Nesse Absurdo
10 - Todos Iguais
11 - Cheirando Cola
12 - O Errado Que Deu Certo
13 - Malokero Sk8 Board
14 - Indicados Para O Prêmio Nobel da Paz
15 - Lixo e O Luxo

Download

 Imunidade Musical (2005)

01 - Too Fast Live Too Young To Die
02 - No Passo A Passo
03 - Lutar Pelo Que É Meu
04 - É Quente
05 - Onde Não Existe A Paz, Não Existe O Amor
06 - Ela Vai Voltar (Todos Os Defeitos de Uma Mulher Perfeita)
07 - O Mundo Explodiu Lá Fora
08 - Senhor do Tempo
09 - Liberdade Acima de Tudo
10 - Pra Não Dizer Que Eu Não Falei das Flores (Cover do Geraldo Vandré)
11 - Abrir Seus Olhos
12 - Green Goes
13 - I Feel So Good Today
14 - Peso da Batida do Errado Que Deu Certo
15 - Aquela Paz (Versão Clássica)
16 - Cada Cabeça Falante Tem Sua Tromba de Elefante
17 - Onde Está O Mundo Bom (Living In L.A.)
18 - O Nosso Blues
19 - O Futuro É Um Labirinto Pra Quem Não Sabe O Que Quer
20 - Na Palma da Mão (O Ragga da Baixada)
21 - Skate Vibration
22 - Criando Anticorpos
23 - Dias de Luta, Dias de Glória

Download

 Ritmo, Ritual e Responsa (2007)

01 - Pontes Indestrutíveis
02 - O Que Ela Gosta É de Barriga
03 - Não Viva Em Vão
04 - Ritmo, Ritual e Responsa
05 - Be Myself
06 - Uma Criança Com Seu Olhar
07 - Liberdade É Tudo
08 - O Universo A Nosso Favor
09 - Ninguém Entende Você
10 - Quando Tudo Aconteceu
11 - Beco Sem Saída
12 - Sem Medo da Escuridão
13 - Nua, Linda e Inigualável
14 - Vida de Magnata
15 - Que Espécie de Vermes São Vocês?
16 - Buscando Um Novo Rumo
17 - Vivendo A Vida Numa Louca Viagem
18 - Curva de Hill
19 - Direto e Reto Sempre
20 - Skateboard Amor Eterno
21 - Café Fundation (Instrumental)
22 - Vão Fazer de Novo
23 - Senhor do Tempo (Faixa Bônus)

Download

 Grandes Sucessos (1997-2007) (2008)

CD 1:
01 - Proibida Pra Mim (Grazon)
02 - Tudo Que Ela Gosta de Escutar
03 - O Côro Vai Comê!
04 - Quinta-Feira
05 - Gimme O Anel
06 - Confisco
07 - Zóio de Lula
08 - Te Levar
09 - Não Deixe O Mar Te Engolir
10 - O Preço
11 - Rubão, O Dono do Mundo
12 - Não É Sério (Com Negra Li)
13 - Tudo Mudar
14 - Hoje Eu Acordei Feliz
15 - Lugar Ao Sol
16 - Como Tudo Deve Ser
17 - Papo Reto (Prazer É Sexo, O Resto É Negócio)
18 - Só Por Uma Noite

CD 2:
01 - Vícios e Virtudes
02 - Não Uso Sapato
03 - Samba Makossa
04 - Champanhe e Água Benta
05 - Tâmo Aí Na Atividade
06 - Longe de Você
07 - Lutar Pelo Que É Meu
08 - Ela Vai Voltar
09 - Senhor do Tempo
10 - Aquela Paz (Versão Clássica)
11 - Dias de Luta, Dias de Glória
12 - Não Viva Em Vão
13 - Pontes Indestrutiveis
14 - Be Myself
15 - Uma Criança Com O Seu Olhar
16 - O Que Ela Gosta É de Barriga
17 - Direto e Reto Sempre

Download

 Perfil (Coletânea) (2008)

01 - O Côro Vai Comê!
02 - Tudo Que Ela Gosta de Escutar
03 - Proibida Pra Mim (Grazon)
04 - Zóio de Lula
05 - Te Levar
06 - Rubão, O Dono do Mundo
07 - Hoje Eu Acordei Feliz
08 - Papo Reto (Prazer É Sexo, O Resto É Negócio)
09 - Champanhe e Água Benta
10 - Lutar Pelo Que É Meu
11 - Ela Vai Voltar (Todos Os Defeitos de Uma Mulher Perfeita)
12 - Senhor do Tempo
13 - Pontes Indestrutíveis
14 - Não Viva Em Vão
15 - O Que Ela Gosta É de Barriga
16 - Uma Criança Com Seu Olhar

Download

 Camisa 10 Joga Bola Até Na Chuva (2009)

01 - Dona do Meu Pensamento
02 - Me Encontra
03 - Só Os Loucos Sabem
04 - Inabalavelmente
05 - Só Existe O Agora
06 - Só Pra Vadiar
07 - Puro Sangue
08 - O Dom, A Inteligência e A Voz
09 - Os Cortes
10 - Uma Só Vida Pra Viver, Tenho Sede Nela Eu Vou
11 - Viver Dias de Sol
12 - Comigo Ninguém Tira Onda
13 - Camisa 10 Joga Bola Até Na Chuva (Bomba Sônica)

Download

 Música Popular Caiçara (Ao Vivo) (2012)

01 - Resolve O Meu Problema Aí
02 - O Côro Vai Comê!
03 - Rubão, O Dono do Mundo
04 - Tudo Que Ela Gosta de Escutar
05 - Me Encontra
06 - Pontes Indestrutíveis
07 - Te Levar
08 - Dias de Luta, Dias de Glória
09 - Descubra O Que Há de Errado Em Você
10 - Coração Satânico (Com Marcelo Nova)
11 - Me Deixa (Com Marcelo Falcão)
12 - Não É Sério (Com Marcelo Falcão
13 - Proibida Pra Mim (Grazon) (Com Zeca Baleiro)
14 - Longe de Você
15 - Céu Azul

Download (Sendspace)
Download (Zippyshare)

 La Familia 013 (2013)

01 - Um Dia A Gente Se Encontra
02 - Fina Arte
03 - Cheia de Vida
04 - Meu Novo Mundo
05 - Do Jeito Que Eu Gosto, do Jeito Que Eu Quero
06 - Rock Star
07 - Vem Ser Minha
08 - Hoje Sou Eu Que Não Mais Te Quero
09 - Camisa Preta
10 - Vou Me Embriagar de Você
11 - A Mais Linda do Bar
12 - Samba Triste
13 - Contrastes da Vida

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

domingo, 28 de outubro de 2012

Kotipelto & Liimatainen - Discografia Comentada

Particularmente, sou um grande fã da voz do Timo Kotipelto, vocalista do Stratovarius. Sempre que tem algum trabalho que envolva ele, eu estou ouvindo. Sou fã do que faz no Stratovarius, fã do que ele faz nos seus três álbuns solo, e claro, fã do que ele faz no Cain's Offering, projeto levado justamente em conjunto com Jani Liimatainen, ex-guitarrista do Sonata Arctica, e outros músicos.
Dessa vez, em 2012, mais um trabalho envolvendo os dois veio à luz. Um trabalho extraordinário por sua simplicidade. O que seria mais simples que um álbum acústico? Violão e voz. Nada mais. Belíssimo! O álbum recebeu um nome-trocadilho interessante: "Blackoustic". Guitarras, baixos, teclados, dependem de corrente elétrica pra funcionar do jeito desejado, obviamente, então é como se tivesse ocorrido um blackout e só tivesse o violão à disposição. Rsrs!
O repertório é maneiro também. Ótimas músicas à voz de um dos melhores vocalistas de Power Metal. Ele inclui canções de The WhoDeep Purple, Sonata Arctica, Stratovarius, RainbowGary Moore, entre outros! Até uma canção tradicional finlandesa é tocada, a "Karjalan Kunnailla", a última faixa. Estou falando de um trabalho lindo e interessante. Perfeito, principalmente pra quem curte um bom acústico!


 Blackoustic (2012)

01 - Sleep Well
02 - Out In The Fields
03 - Black Diamond
04 - My Selene
05 - Behind Blue Eyes
06 - Hunting High and Low
07 - Where My Rainbow Ends
08 - Speed of Light
09 - Perfect Strangers
10 - Coming Home
11 - Serenity
12 - Rainbow Eyes
13 - Karjalan Kunnailla

Download

Tarot - Discografia Comentada

Muita gente conhece o vocalista e baixista do Tarot, mas pouca gente conhece o próprio Tarot. Isso é interessante. Mais interessante ainda é perguntar pra alguém se gosta da banda, e a pessoa falar que não acredita em bruxaria. Hahaha... Zoeira!
Essa é uma banda relativamente antiga, tendo surgido nos anos 80, e que passou anos e anos no anonimato mundial, fazendo sucesso apenas no seu país de origem, a Finlândia. O reconhecimento mundial só veio em 2002, quando o vocalista e baixista Marco Hietala ingressou no Nightwish. Agora sim, né? Mas mesmo aqueles que sabem da existência da banda, muitos nunca foram atrás pra ouvir, então aqui vai a oportunidade. Eles são fodas!
O grupo nasceu em 1982, sob o nome "Purgatory", pelos irmãos Zachary Hietala (guitarrista) e Marco Hietala (na verdade, a escrita de seus nomes é Sakari e Marko Hietala). Eles chegaram a ficar dois anos com esse nome, compondo músicas, lançando demos, até que conseguiram um contrato com uma gravadora que exigiu a alteração do nome. Desde então, a partir de 1984, a banda começou a ser chamada de Tarot. A formação se estabilizou na seguinte: Marco Hietala (vocal e baixo), Zachary Hietala (guitarra), Mako H. (guitarra) e Pecu Cinnari (bateria).
Foi aí que tudo começou. Os irmãos Hietala sempre foram muito fãs de Heavy Metal, principalmente Black Sabbath, o que culminou em uma forte influência no som dos primeiros discos da banda. O sucesso nacional veio logo de cara com o lançamento da single "Wings of Darkness" em abril de 1986, que foi complementado com o lançamento do excelente debut "Spell of Iron" mais tarde, em dezembro. O álbum não é brilhante, mas é excelente. Um Heavy Metal bem arcaico e cru é apresentado, e o vocal do "Marcão" soa até estranho para quem tá acostumado a ver ele cantando apenas no Nightwish ou nos álbuns mais recentes do Tarot. Ele demonstra um vocal comportado, sem se arriscar muito em notas mais altas ou em maiores agressividades. De qualquer modo, quem gosta de um som bem antigo, esse álbum é uma boa pedida.
Esse clima também é levado para o segundo álbum, intitulado "Follow Me Into Madness", lançado dois anos depois, em 1988. Aqui, o grupo é um pouco mais maduro e se arrisca mais, com solos mais inusitados e músicas de maior e mais rápida pegada.
Após o lançamento do segundo álbum, o Tarot passou por um certo período de hiato. Ao longo desse tempo, várias alterações ocorreram no line-up, até que se estabilizou com o acréscimo do tecladista Janne Tolsa e a saída do segundo guitarrista, Mako H.. É de se esperar que a adição de um tecladista acrescente algo mais melódico na banda. De fato, isso significou uma mudança na sonoridade. Não saíram do Heavy Metal, mas começaram a tocá-lo de forma melódica, próximo do Power Metal.
Após um longo período de preparação, enfim o terceiro álbum de estúdio chamado "To Live Forever" veio à luz, em fevereiro de 1993. Esse álbum é muito foda! A partir dele, a banda começou a explorar novos horizontes. Notavelmente as portas se abriram, e o vocal característico do Marco Hietala começou a aflorar. O sucesso da quebra do hiato foi tremendo na Finlândia, o que culminou em uma ótima publicidade no Japão, levando o grupo a lançar seu primeiro álbum ao vivo, o "To Live Again", lançado em 1994. Esse show é do caralho! Gravado no Tavastia Club, em Helsinki, capital da Finlândia, ele impressiona pelo fato do grupo se mostrar capaz de reproduzir com exatidão em palco aquilo que fazem no estúdio, proporcionando uma verdadeira sonzeira nos ouvidos do público, e um fodástico álbum! O trabalho inclusive recebeu uma edição especial japonesa, devido à boa publicidade.
O álbum seguinte chegou às vitrines no ano de 1995. Seu nome é "Stigmata", e sua sonoridade é mais melódica e aberta do que seu antecessor, sendo mais ou menos uma melhorada daquilo que já era foda. O mesmo se aplica ao "For The Glory of Nothing", lançado em 1998. Em dezembro daquele ano, a compilação "Shining Black" foi lançada, a primeira da banda, mas apenas na Finlândia. O conjunto fez alguns shows de divulgação, mas acabou caindo em um novo hiato pouco tempo depois, sem novidades. Pelo menos para Marco Hietala e Janne Tolsa, esse tempo não foi parado, o tecladista tocou no álbum "Secret Visions" da banda Virtuocity (e "Marcão" cantou algumas músicas também), e Marco também se envolveu em trabalhos de outras bandas, como o Conquest, em seu único álbum "Worlds Apart", lançado em 1999, este que é um projeto do baterista do StratovariusTuomo Lassila. Outra participação dele nesse meio tempo foi com o extinto Sinergy, banda da vocalista Kimberly Goss, que na época namorava o Alexi Laiho, vocalista e guitarrista do Children of Bodom. Teve também a participação numa banda tributo, o Metal Gods, até que em 2001 foi oficialmente contratado pelo tecladista Tuomas Holopainen para ingressar no Nightwish, após tomar alguns drinks à toa. Marco então passou a trabalhar paralelamente com as duas bandas. Com o Nightwish, lançou no ano seguinte o fodástico álbum "Century Child", e com o Tarot, ia se preparando para o próximo lançamento, já que a banda voltava à ativa, inclusive tocando seus dois primeiros álbuns em Kuopio no verão daquele ano.
Em março de 2003, a compilação "Shining Black" foi lançada no resto do mundo (por isso aqui na postagem tá marcada como sendo desse ano). Um pouco depois, um contrato com a Spinefarm Records foi assinado, a mesma gravadora de EnsiferumAmorphis, Nightwish, Sonata Arctica e outros, possibilitando o lançamento do foderoso álbum "Suffer Our Pleasures", que, infelizmente, mesmo sendo extremamente foda e ser um "Symphonic Heavy Metal", passou despercebido no resto do mundo, exceto na Finlândia.
Durante os anos seguintes, Marco Hietala se manteve ocupado gravando e fazendo turnê com o Nightwish ao redor do mundo, enquanto Janne Tolsa trabalhou com o Eternal Tears of Sorrow e com o Turmion Kätilöt, banda finlandesa de Industrial Metal.
Movimentação mesmo só veio no ano de 2006, quando foi lançado junto à gravadora Bluelight Records uma compilação com os seis primeiros álbuns da banda remasterizados com materiais bônus, que consistem em demos não lançadas, versões ao vivo e especiais de algumas músicas e alguns covers. Esses trabalhos estão inclusos em cada álbum na postagem. Por exemplo, ao baixar o "Spell of Iron", você também estará baixando a parte remasterizada, incluída na pasta. A excitação com essa compilação foi tão grande que a levou a banda a lançar a single "You", que fez um tremendo sucesso e alcançou a 1ª posição pela primeira vez na Finlândia. Durante aquele tempo, contrataram o vocalista Tommi Salmela como backing vocal oficial, após estar ao lado da banda como roadie e backing vocal por mais de 10 anos.
No início daquele ano, um contrato com a KingFoo Entertainment foi assinado na Finlândia, e um com a poderosa Nuclear Blast foi assinado para cobrir o resto da Europa. Ao longo do ano, a banda foi fazendo turnê por vários clubes e festivais, mas também compôs e gravou novo material. O resultado saiu em outubro, com o fantástico "Crows Fly Black", um álbum totalmente pesado, totalmente denso, totalmente inovador. Marco apresenta um vocal raivoso em diversas passagens das canções, que completa a densidade da própria atmosfera turbulenta e cheia.
Em junho de 2008, o conjunto lançou seu primeiro DVD, o fodástico "Undead Indeed", também lançado em CD, o segundo álbum ao vivo da banda. Também nesse meio tempo entre 2006 e 2008, Marco se envolveu no fantástico projeto finlandês Northern Kings, ao lado de Juha-Pekka Leppäluoto (Charon), Jarkko Ahola (Teräsbetoni) e Tony Kakko (Sonata Arctica), projeto criado com o intuito de regravar clássicos oitentistas sob o molde do Symphonic Metal
O álbum mais recente do Tarot é o "Gravity of Light", lançado em 2010, que segue uma linha que se assemelha mais com o "Suffer Our Pleasures". É claro que é mais um fodástico álbum! Digo que "Gravity of Light" é o álbum mais recente porque o "The Spell of Iron MMXI", lançado em 2011, é uma regravação do primeiro álbum "Spell of Iron", lá de 1986 e vovô com dente. A regravação inclui também a atualização de algumas letras e alguns sons.
Enfim, aí está uma puta discografia de uma puta banda que tem um puta vocalista. Como costumo dizer, essa banda tem o "selo Finlândia de qualidade"! Quem não conhece, vale a pena pra caralho baixar, e quem já conhece, pode completar a discografia!


 Spell of Iron (1986)

01 - Midwinter Nights
02 - Dancing On The Wire
03 - Back In The Fire
04 - Love's Not Made For My Kind
05 - Never Forever
06 - Spell of Iron
07 - De Mortui Nil Nisi Bene
08 - Pharao
09 - Wings of Darkness
10 - Things That Crawl At Night
11 - Love's Not Made For My Kind (1995 Version)

Remastered Bonus CD (2006):
12 - Back In The Fire (Live)
13 - Love's Not Made For My Kind (Live)
14 - Back In The Fire (Single Version)
15 - I Don't Care Anymore (Demo Version)
16 - Lady Deceiver (Demo Version)
17 - Blood Runs Cold (Demo Version)

Download

 Follow Me Into Madness (1988)

01 - Descendants of Power
02 - Rose On The Grave
03 - Lady Deceiver
04 - Follow Me Into Madness
05 - Blood Runs Cold/Happy End
06 - No Return
07 - I Don't Care Anymore
08 - Breathing Fire
09 - I Spit Venom
10 - Shadow In My Heart

Remastered Bonus CD (2006):
11 - I Don't Care Anymore (1995 Version)
12 - Shadow In My Heart (Live)
13 - Descendants of Power (Live)
14 - In My Blood (Demo Version)
15 - Born Into The Flame (Demo Version)

Download

 To Live Forever (1993)

01 - Do You Wanna Live Forever
02 - The Colour of Your Blood
03 - The Invisible Hand
04 - Live Hard Die Hard
05 - Sunken Graves
06 - The Chosen
07 - Born Into The Flame
08 - In My Blood
09 - Tears of Steel
10 - My Enslaver
11 - Shame
12 - Iron Stars
13 - Children of The Grave (Black Sabbath Cover)
14 - Guardian Angel
15 - Do You Wanna Live Forever (Acoustic Version) (Bonus Track)

Download

 To Live Again (Live) (1994)

01 - Children of The Grave (Black Sabbath Cover)
02 - Live Hard Die Hard
03 - Iron Stars
04 - No Return
05 - Tears of Steel
06 - Breathing Fire
07 - Midwinter Nights
08 - Wings of Darkness
09 - Rose On The Wire
10 - Things That Crawl At Night
11 - Dancing On The Wire
12 - Lady Deceiver
13 - The Colour of Your Blood
14 - The Chosen
15 - Kill The King
16 - Do You Wanna Live Forever

Download

 Stigmata (1995)

01 - Angels of Pain
02 - E.T.I.
03 - Shades In Glass
04 - As One
05 - State of Grace
06 - Race The Light
07 - Expected To Heal
08 - Sleepless
09 - The Teeth
10 - Stigmata (I Feel You)
11 - Turn Me On (Bonus Track)
12 - Stigmata (I Feel You) (Acoustic Version) (Bonus Track)
13 - Live Hard Die Hard (Demo Version) (Bonus Track)

Download

 For The Glory of Nothing (1998)

01 - Crawlspace
02 - Warhead
03 - I'm Here
04 - Shining Black
05 - Beyond Troy
06 - Dark Star Burning
07 - The Scourger
08 - Ghosts of Me
09 - The Punishment

Remastered Bonus CD (2006):
10 - Sabbath Bloody Sabbath (Previously Unreleased Track) (Black Sabbath Cover)
11 - Locomotiv Breath (Acoustic Version)
12 - Tears of Steel (Demo Version)

Download

 Shining Black (Compilation) (2003)

CD 1:
01 - Wings of Darkness
02 - Midwinter Nights
03 - Dancing On The Wire
04 - Love's Not Made For My Kind
05 - Rose On The Grave
06 - Lady Deceiver
07 - No Return
08 - Breathing Fire
09 - Do You Wanna Live Forever
10 - The Invisible Hand
11 - Live Hard, Die Hard
12 - In My Blood
13 - Guardian Angel

CD 2:
01 - Children of The Grave (Live) (Black Sabbath Cover)
02 - Iron Stars (Live)
03 - The Colour of Your Blood (Live)
04 - Angels of Pain
05 - E.T.I.
06 - As One
07 - State of Grace
08 - I Don't Care Anymore (1995 Version)
09 - Descendants of Power (1995 Version)
10 - Warhead
11 - Crawlspace
12 - I'm Here
13 - The Punishment
14 - Clash
15 - Locomotiv Breath (Acoustic Version)

Download

 Suffer Our Pleasures (2003)

01 - I Rule
02 - Pyre of Gods
03 - Rider of The Last Day
04 - Follow The Blind
05 - Undead Son
06 - Of Time and Dust
07 - From The Void
08 - Convulsions
09 - From The Shadows
10 - Painless

Download

 Crows Fly Black (2006)

01 - Crows Fly Black
02 - Traitor
03 - Ashes To The Stars
04 - Messenger of Gods
05 - Before The Skies Come Down
06 - Tides
07 - Bleeding Dust
08 - You
09 - Howl!
10 - Grey
11 - Veteran of Psychic Wars (Bonus Track)

Download

 Undead Indeed (Live) (2008)

CD 1:
01 - Crows Fly Black
02 - Traitor
03 - Pyre of Gods
04 - Wings of Darkness
05 - Back In The Fire
06 - Tides
07 - Bleeding Dust
08 - Veteran of The Psychic Wars
09 - Angels of Pain
10 - Warhead

CD 2:
01 - Follow Me Into Madness
02 - Before The Skies Come Down
03 - Ashes To The Stars
04 - Undead Son
05 - You
06 - Crawlspace
07 - Guitar Solo
08 - Rider of The Last Day
09 - I Rule
10 - Guardian Angel (Bonus Track)
11 - Things That Crawl At Night (Bonus Track)

Download

 Gravity of Light (2010)

01 - Satan Is Dead
02 - Hell Knows
03 - Rise!
04 - Pilot of All Dreams
05 - Magic and Technology
06 - Calling Down The Rain
07 - Caught In The Deadlights
08 - I Walk Forever
09 - Sleep In The Dark
10 - Gone

Download

 The Spell of Iron MMXI (2011)

01 - Midwinter Nights
02 - Dancing On The Wire
03 - Back In The Fire
04 - Love's Not Made For My Kind
05 - Never Forever
06 - The Spell of Iron
07 - De Mortui Nil Nisi Bene
08 - Pharao
09 - Wings of Darkness
10 - Things That Crawl At Night

Download

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

David Lee Roth - Discografia Comentada

David Lee Roth, nasceu em outubro de 1954 na cidade de Bloomington, Indiana, nos Estados Unidos. No início dos anos setenta, David que já tinha paixão pela música, mudou para a Califórnia com a família e passou a integrar diversas bandas locais, entre elas o The Red Balls Jets. Foi através dessa banda que David conheceu os irmãos Alex e Eddie Van Halen, membros da banda Mammoth. Já na metade da década de setenta, David entra para o Mammoth e o conjunto acaba mudando o seu nome, por descobrir que outras banda o utilizavam. Assim, surgiu o Van Halen.
Devido aos talentos dos músicos, em especial o guitarrista e também ao vocal e a enorme presença de palco de David, o conjunto se tornou um enorme sucesso, gravando clássicos eternos como Van Halen, Van Halen II e 1984, que fizeram o vocalista ficar conhecido como Diamond Dave.
Nesse momento os egos falaram mais alto, vez que David queria ter um destaque maior, mas acabava dividindo as atenções com Eddie Van Halen e decidiu partir em carreira solo.
Em 1985, sai o primeiro disco solo de David, o compacto Crazy From The Heat, que tem uma sonoridade diferente daquela que os fãs estavam acostumados a ver no Van Halen. No ano seguinte, David consolida sua line-up com as presenças de Steve Vai (guitarra), Billy Sheehan (baixo e backing vocals) e Gregg Bissonette (bateria).
Com essa formação lançam o bombástico Eat 'Em And Smile, em 1986. O foco de David sempre foi o Glam Rock, com direito a todas as boiolagens da época, tais como: cabelos esvoaçantes, calças apertadas e com estampas afeminadas, etc. Ainda assim, Eat 'Em And Smile se tornou um clássico, com alguns dos maiores sucessos de David, tais como: Yankee Rose e Going Crazy!
O disco é a resposta de David a Eddie, que desejava lançar álbuns com maior número de teclados e sintetizadores, algo que não agrava o vocalista, que decidiu seguir na linha do Hard Rock mais tradicional.
Os pensamentos de David devem ter mudado, vez que, no início de 1988, lançou Skyscraper, um álbum mais experimental e com um som mais pop, contando ainda com a mesma line-up do álbum anterior.
A mudança na sonoridade não agradou, e o disco não repetiu o mesmo sucesso de seu antecessor.
Em 1991, David lançou o álbum A Little Ain't Enough, que foi resgate as origens e um verdadeiro disco de Hard Rock.
Em razão da onda do Grunge, que foi citada em alguns posts aqui no blog, David perdeu espaço na mídia, o que fez com que sua carreira desandasse.
O vocalista retorna em 1994, com Your Filthy Little Mouth, um disco com letras mais sérias e mais experimental. Mais uma vez as vendas não foram boas.
O retorno ao topo veio com DLR Band de 1998, outro clássico e que elevou o status do vocalista, que passou a ter o seu retorno ao Van Halen cogitado, o que acabou acontecendo em 2002, quando saíram em uma turnê que não durou muito, pelos constantes desentendimentos entre os músicos.
Em 2003, David lançou o seu último disco solo denominado Diamond Dave, 
Em 2007, David volta à Van Halen para realizar turnê após 20 anos de separação. O primeiro disco do retorno de David ao Van Halen veio em 2012, o aclamado A Different Kind Of Truth.


 Crazy From The Heat (EP) (1985)

01 - Easy Street
02 - Medley: Just A Gigolo/I Ain't Got Nobody
03 - California Girls
04 - Coconut Grove

Download

 Eat 'Em And Smile (1986)

01 - Yankee Rose
02 - Shyboy
03 - I'm Easy
04 - Ladies' Nite In Buffalo
05 - Goin' Crazy!
06 - Tobacco Road
07 - Elephant Gun
08 - Big Trouble
09 - Bump And Grind
10 - That's Life

Download

 Skyscraper (1988)

01 - California Girls
02 - Just A Gigolo/I Ain't Got Nobody
03 - Knucklebones
04 - Just Like Paradise
05 - The Bottom Line
06 - Skyscraper
07 - Damn Good
08 - Hot Dog And A Shake
09 - Stand Up
10 - Hina
11 - Perfect Timing
12 - Two Fools A Minute

Download

 A Little Ain't Enough (1991)

01 - A Little Ain't Enough
02 - Shoot It
03 - Lady Luck
04 - Hammerhead Shark
05 - Tell The Truth
06 - Baby's On Fire
07 - 40 Below
08 - Sensible Shoes
09 - Last Call
10 - The Dogtown Shuffle
11 - It's Showtime
12 - Drop In The Bucket

Download

 Your Filthy Little Mouth (1994)

01 - She's My Machine
02 - Everybody's Got The Monkey
03 - Big Train
04 - Expreience
05 - A Little Luck
06 - Cheatin' Heart Cafe
07 - Hey, You Never Know
08 - No Big 'Ting
09 - You're Breathin' It
10 - Your Filthy Little Mouth
11 - Land's Edge
12 - Night Life
13 - Sunburn
14 - You're Breathin' It (Urban NYc Mix)

Download

 The Best (Compilation) (1997)

01 - Don't Piss Me Off
02 - Yankee Rose
03 - A Lil' Ain't Enough
04 - Just Like Paradise
05 - Big Train
06 - Big Trouble
07 - It's Showtime!
08 - Hot Dog And A Shake
09 - Skyscraper
10 - Shyboy
11 - She's My Machine
12 - Stand Up
13 - Tobacco Road
14 - Easy Street
15 - California Girls
16 - Just A Gigolo - I Ain't Got Nobody
17 - Sensible Shoes
18 - Goin' Crazy!
19 - Ladies' Nite In Buffalo
20 - Land's Edge

Download

 DLR Band (1998)

01 - Slam Dunk!
02 - Blacklight
03 - Counter-Blast
04 - Lose The Dress (Keep The Shoes)
05 - Little Texas
06 - King Of The Hill
07 - Going Places...
08 - Wa Wa Zat !!
09 - Relentless
10 - Indeedido
11 - Right Tool For The Job
12 - Tight
13 - Weekend With The Babysitter
14 - Black Sand

Download

 Diamond Dave (2003)

01 - You Got The Blues Not Me
02 - Made Up My Mind
03 - Stay While The Night Is Young
04 - Shoo Bop
05 - Shes Looking Good
06 - Soul Kitchen
07 - If 6 Was 9
08 - That Beatles Tune (Tomorrow Never Know)
09 - Medicine Man
10 - Let It All Hang Out
11 - Thug Pop
12 - Act One
13 - Ice Cream Man
14 - Bad Habits

Download

 Greatest Hits/The Deluxe Edition (Compilation) (2013)

01 - California Girls
02 - Just A Gigolo
03 - Easy Street
04 - Coconut Grove
05 - Just Like Paradise
06 - A Little Luck
07 - I'm Easy
08 - Tobacco Road
09 - Goin' Crazy
10 - Yankee Rose
11 - A Lil' Ain't Enough
12 - Sensible Shoes
13 - Hey, You Never Know
14 - Hot Dog and A Shake
15 - Land's Edge
16 - No Big 'Ting

Download


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Pellek - Discografia Comentada

Per Fredrik Asly, ou Pellek, ainda é um vocalista de carreira musical bastante recente. Ele ainda está bastante desconhecido. Dificilmente alguém já ouviu falar dele, ou tem alguma informação relevante além de sua própria musicalidade. Complicado até saber a idade dele. De qualquer modo, o Pellek é um vocalista norueguês, natural de Sandefjord, extremamente técnico, com extremo domínio vocal, com voz extremamente bonita. Talvez alguns já até tenham ouvido ele, se baixou o álbum "Bringer of Light" do Damnation Angels, a outra banda do Pellek, disponível no blog e que felizmente teve excelente repercussão!
Como dito, a carreira do Pellek ainda é bastante recente. Seus trabalhos datam apenas de 2010 pra frente, época em que lançou o EP "My Demons" em sua banda solo, e época que ingressou na banda dos ingleses do Damnation Angels. Ele faz um ótimo trabalho de divulgação de sua capacidade e gostos em seu canal no Youtube, que visivelmente também é encarado como um passatempo pra ele. Lá você encontra coisas realmente interessantes, como por exemplo ele cantando "Bleeding Heart", do Angra, de modo lindo, técnico e cativante, ou "Hunting High and Low" do Stratovarius, "Hearts On Fire", do HammerFall, entre outras, e o mais interessante de tudo: um vídeo onde ele demonstra seu alcance vocal, de 4 oitavas, variando entre as notas A2-C6. O vídeo é impressionante e inspirador, e com certeza se você ver, vai repetí-lo. Clica aqui pra ver o vídeo (os vídeos dele cantando as músicas mencionadas estão inclusos no nome das próprias músicas).
Enfim, não é nada difícil ver como o Pellek é um vocalista brilhante, que TEM que ter o merecido reconhecimento! O EP "My Demons" de sua carreira solo foi lançado em 2010, como mencionado, e apresenta com exatidão o que viria a ser o estilo dele: Symphonic Metal, dos bem fodas.
Mais tarde, em 2012, dois trabalhos seus são lançados: o também já mencionado e incrível álbum "Bringer of Light" com o Damnation Angels, e, pouco antes, seu fodástico debut solo "Bag of Tricks". Não tem como falar mal, é foda demais! Tudo Symphonic Metal de alta qualidade, com um vocalista de alta qualidade. Eu gosto muito dele cantando músicas mais agitadas, com guitarras e teclados mais pesados, mas prefiro ainda mais sua performance ao cantar músicas mais baladas, como "Conflagrate My Heart", ou "Born In Babylon", onde ele faz dueto com um vocalista também norueguês, desconhecido, chamado Anders Ringdall Strøm. Além dos vocais, Anders também toca a guitarra acústica ao longo do álbum.
O álbum foi produzido por Tommy Johansson (ReinXeed), que também escreveu as letras com Pellek e tocou praticamente todos os instrumentos, deixando o vocal por conta de quem entende do assunto. É interessante ver que Pellek está muito bem acompanhado no álbum, pois além de Anders, ele também conta com duetos com Amanda Somerville (Epica), Oliver Hartmann (At Vance), e até mesmo o recém-coroado novo vocalista do KamelotTommy Karevik (ex-Seventh Wonder).
Com ajuda de peso, e com uma sonoridade sinfônica, com os teclados tendo parte crucial em sua identidade e raízes neoclássicas, "Bag of Tricks" se torna um álbum perfeito para aquele ouvinte que procura música bem cantada, bem tocada, e Symphonic Metal com voz masculina.
Logo no ano seguinte, em 2013, mais uma obra fascinante é lançada, o foderoso "Ocean of Opportunity"! Após um ano e meio de estudos sobre as culturas do mundo e os oceanos, composições e gravações, e dessa vez com uma banda inteira (não apenas o Pellek). Após gravar um álbum tão fantástico quanto o "Bag of Tricks", a expectativa para o "Ocean of Opportunity" foi grande de minha parte, ainda mais pelo fato de que ele não vazou antes do lançamento, mas finalmente pude obtê-lo!
O álbum segue os mesmos moldes de seu antecessor no que diz respeito ao lado sinfônico. Continua forte, continua épico, continua envolvente. Contudo, a diferença entre ambos está principalmente no peso: nesse aqui, o peso das guitarras se faz muito mais presente, as músicas estão mais pegadas, mais corridas. Notavelmente um álbum mais pesado, o que vai numa direção um pouquinho diferente do anterior, que, por sua vez, é mais melódico, com lindas músicas baladas compondo quase metade do disco e uma bela exploração dos tons mais graves do vocalista. Entretanto, apesar de "pondo na ponta do lápis" ficar parecendo que a diferença é grande, na verdade, ela não é tanta assim. É apenas um detalhe, pois de uma perspectiva geral, os dois álbuns são parecidos por conta da mesma atmosfera. Aqui, Pellek faz muito mais uso dos tons mais agudos, se aproximando mais do que é executado nos refrões Damnation Angels, principalmente. Os solos estão sempre presentes, de grudar na cabeça, com excelente técnica.
Mais tarde, ainda em 2013, Pellek lançou mais uma novidade para os fãs! Um segundo álbum foi lançado no ano, mas em comemoração ao Natal. Seu nome é "Christmas With Pellek", e saiu em novembro. A transposição das músicas natalinas para o Metal é feita de forma perfeita! Normalmente quando vemos algo de cunho tão distante do Metal, imaginamos que o som vai manter certa fidelidade ao modelo original, mas o lado Metal vai abafar essa originalidade... mas aqui não. Aqui é perfeito mesmo! A típica atmosfera natalina não é deixada de lado em nenhum momento sequer, enquanto as guitarras 'riffam' e solam com audácia, sem timidez. Ficou lindo!
Com certeza, é uma experiência única ouvir às canções desse brilhante vocalista norueguês, cujo talento transborda por suas cordas vocais, sem exageros. Acredito que sua carreira solo seja tão fantástica que agrada a gregos e troianos, a qualquer ouvinte. Podem baixar sem medo!


 My Demons (EP) (2010)

01 - Stare Into My Eyes
02 - Don't Belong
03 - Please Don't Die
04 - Twinge and Turn
05 - Born In Babylon

Download

 Bag of Tricks (2012)

01 - Entrance
02 - Fugue State
03 - Reason and Psychosis
04 - Send My Message Home
05 - Thundernight
06 - Win
07 - Don't Belong
08 - Stare Into My Eyes
09 - Born In Babylon
10 - Bag of Tricks
11 - Conflagrate My Heart

Download

 Ocean of Opportunity (2013)

01 - Elucidation
02 - Northern Wayfarer
03 - Sea of Okhotsk
04 - Brigantine of Tranquility
05 - God's Pocket
06 - Stars and Bullet Holes
07 - Sky Odyssey
08 - Transmigration
09 - The Last Journey

Download

 Christmas With Pellek (2013)

01 - Twelve Days of Christmas
02 - O Christmas Tree
03 - Deck The Halls
04 - Beautiful Savior
05 - Jingle Bells
06 - O Holy Night
07 - Come All Ye Faithfull
08 - Silent Night

Download

 Cloud Dancers (2014)

01 - Enveloped In Smoke (Dead Night)
02 - The Grey Ballet
03 - Tempest
04 - Restless Butterfly
05 - Dragonflight
06 - On The Lion's Back
07 - Cloud Dancers
08 - Carillon Canticle
09 - Battle Supreme

Download