Social Icons

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Static-X - Discografia Comentada

Curto bastante o Static-X e fico feliz por postar eles aqui. Conheço eles há anos, pois duas de suas músicas fazem parte da trilha sonora de dois games da série Need For Speed. A canção "The Only" é trilha do Need For Speed: Underground, e a faixa "Skinnyman" é trilha do Need For Speed: Most Wanted (o melhor NFS já feito, diga-se de passagem kkkkk). Com certeza muita gente que conhece eles, conhece a partir de lá.
O gênero que os caras fazem é Industrial Metal. Eu costumo dizer que há dois tipos de Industrial Metal, pois realmente nota-se diferenças entre as bandas do estilo. Costumo dizer que de um lado está o Industrial Metal de bairro industrial, que tem uma jogada mais Nu e vem à sua cabeça bairros industriais, fábricas, chaminés, como o Static-X, ou o Fear Factory. Do outro lado temos o Industrial Metal químico, por assim dizer. Aquele de cianeto, de dentro de fábricas, da parte química, de laboratório, como o Rammstein ou o Deathstars. Acho que isso ajuda a entender qual o direcionamento do Static-X.
O início da banda se dá em 1994, em Los AngelesCalifórniaEstados Unidos, após o vocalista e guitarrista Wayne Static e o baterista Ken Jay terem parado os trabalhos com sua banda anterior, o Deep Blue Dream. Depois disso, eles entraram na banda Stygian e gravaram uma demo sob o nome "Drill" só para conseguirem ir para Los Angeles procurar novos membros. Lá encontraram o baixista Tony Campos e o guitarrista Koichi Fukuda, completando o line-up. Eles até pensaram em dar à banda o nome do seu debut "Wisconsin Death Trip", mas desistiram da ideia porque era muito longo, então optaram por Static-X.
Em 1997 a banda gravou uma demo tape contendo seis músicas, conquistando um contrato com a Warner Bros. Records no início de 1998, pavimentando o caminho para o lançamento do seu debut "Wisconsin Death Trip" em 1999. Os caras realmente começaram com o pé direito, o álbum é foda! Um típico Industrial Metal, com a desejada atmosfera industrial, som pesado, vocais raivosos e rápidos. Em 2001, esse álbum foi platina, pois é o responsável pela fama da banda, e nenhum outro álbum deles alcançou o número de vendas que esse alcançou. Durante a turnê, chegaram a tocar duas vezes no Ozzfest!
No ano seguinte, lançaram o EP "The Death Trips Continues...", mas o estranho é que ele não chegou a ficar disponível nas lojas. As canções do debut foram largamente usadas na indústria de videogames: "Otsegolation" foi usada no jogo Omega Boost para PlayStation, como tema do menu principal e do último boss; "Push It" foi tema de Street Skater 2 e Duke Nukem: Land of The Babes, também para PlayStation, e mais recentemente, eles têm conteúdo para download para Rock Band para Xbox 360 e PlayStation 3, além de "Love Dump", usada como trilha sonora do game Brütal Legend, para Xbox 360 e PlayStation 3, que com certeza muitos aqui conhecem.
Durante a gravação para o próximo álbum, o guitarrista Koichi Fukuda deixou a banda para se dedicar mais à namorada e a outras oportunidades musicais, e em seu lugar entrou Tripp Eister (ex-Dope). Com essa mudança, em 2001 o álbum "Machine" veio à luz, apresentando a mesma proposta de seu antecessor, mas de um modo mais pesado e com uma sonoridade um pouco mais fechada e mesclada.
Para o próximo álbum, mais mudanças ocorreram na formação. Antes de começarem a gravar, o baterista e fundador Ken Jay deixa a banda devido a divergências musicais e políticas. Para preencher sua vaga, chegou a entrar Josh Freese (ex-A Perfect Circle e The Vandals), mas logo ele também saiu e quem ficou com a vaga integralmente foi Nick Oshiro (ex-Seether). Com a nova formação, mais um ótimo álbum chegou às lojas em 2003: Shadow Zone. Com ótimas músicas, e algumas realmente fodas, como a própria "The Only", que como dito, foi tema do NFSU, este álbum também contribuiu para a indústria de videogames. Além de "The Only", a faixa "This Is Not" foi incluída no game Shaun Palmer's Pro Snowboarder.
No meio tempo entre o lançamento de "Shadow Zone" e o próximo álbum, o Static-X lançou uma compilação chamada "Beneath... Between... Beyond..." em 2004, uma compilação de raridades e demos. Logo em seguida, os trabalhos para o próximo álbum tiveram início. Em fevereiro de 2005, o guitarrista Tripp Eister foi preso por estar envolvido em escândalos sexuais com menores, sendo expulso da banda logo em seguida. Koichi Fukuda estava ajudando a banda com teclados e samplers para o novo álbum, então ele acabou voltando à banda como membro temporário, logo depois se tornando integral novamente.
"Start A War" foi lançado em 2005, outro excelente álbum, mais uma vez contribuindo com a indústria de games. "Start A War" foi incluída no game WWE SmackDown! vs Raw 2006, e "Skinnyman", como já mencionado, no NFS Most Wanted.
Em 2007 foi a vez de "Cannibal" ser lançado, um álbum marcado por ser mais agressivo e com sonoridade que por vezes lembra ao Death Metal, além de marcar o retorno definitivo de Koichi Fukuda ao grupo.
O próximo e mais recente trabalho do Static-X é o excelente álbum "Cult of Static", lançado em 2009. Wayne comentou na caixa de mensagens do álbum no site oficial que "Cult" não teria relação alguma com religião, ou algo assim, mas com o respeito e admiração que os fãs têm demonstrado ao longo dos anos. Comentou inclusive que o álbum era um pouco mais longo, mais pesado e mais sintético do que seu antecessor. E realmente, o álbum se resume nisso mesmo! "Cult of Static" alcançou a posição 16 na Billboard 200, a melhor colocação desde seu segundo álbum, "Machine", de 2001. A faixa "Lunatic" foi escolhida como trilha sonora do game Punisher: War Zone, e a banda saiu em turnê, tocando em diversos festivais, como o Download Festival e o Rock On The Range.
Após o lançamento e a turnê, Wayne Static alegou que estaria se concentrando no seu projeto solo durante próximos anos, e que é uma grande incógnita se haverá ou não atividade com o Static-X. Acabou que as coisas deram errado devido ao hiato. Um pouco depois, o baixista Tony Campos deixou a banda para se juntar ao Soulfly, substituindo Bobby Burns, e Koichi Fukuda se juntou ao Drugstore Fanatics.
Então com mais força, Wayne Static se concentra em seu projeto solo e lança o álbum "Pighammer" em 2011.
No ano de 2012, Wayne tentou reformar o Static-X, mas nenhum dos membros originais voltariam. Com a dificuldade, o músico passou a realizar shows com sua banda solo, porém, sob o nome de Static-X, tocando músicas da banda. Sempre houve a expectativa de um retorno definitivo e o lançamento de um novo álbum, mas infelizmente essa expectativa foi interrompida pela morte de Wayne Static no dia 1º de novembro de 2014, três dias antes de completar 49 anos de idade. Rumores dizem que se trata de overdose, mas a família diz que morreu em paz dormindo. O fato é que Wayne Static era um dos ícones do Nu/Industrial Metal, e agitava bastante a cena dos Estados Unidos. Fará falta! Mas seu legado permanece em forma de excelentes álbuns de estúdio que podemos ainda apreciar.


 Demo Tape (Demo) (1997)

Lado A:
01 - Push It
02 - I'm With Stupid
03 - Sweat of The Bud

Lado B:
01 - I Am
02 - Head
03 - Dump

Download

 Wisconsin Death Trip (1999)

01 - Push It
02 - I'm With Stupid
03 - Bled For Days
04 - Love Dump
05 - I Am
06 - Otsegolation
07 - Stem
08 - Sweat of The Bud
09 - Fix
10 - Wisconsin Death Trip
11 - The Trance Is The Motion
12 - December

Download

 The Death Trip Continues... (EP) (2000)

01 - Love Dump (Edit)
02 - Love Dump (Remix)
03 - Bled For Days (Album Version)
04 - Bled For Days (Live)
05 - Burning Inside (feat. Burton Bell)
06 - So Real
07 - S.O.M.

Download

 Push It Compact Disc Maxi-Single (EP) (2000)

01 - Push It
02 - Bled For Days (Live)
03 - Push It (JB's Death Trance Mix)
04 - Down (Previously Unreleased Version)
05 - Push It (Mephisto Odyssey Crucified Dub Mix)

Download

 Machine (2001)

01 - Bien Venidos
02 - Get To The Gone
03 - Permanence
04 - Black and White
05 - This Is Not
06 - Otsego Undead
07 - Cold
08 - Structural Defect
09 - ...In A Bad
10 - Burn To Burn
11 - Machine
12 - Adios Alma Perdida

Download

 Shadow Zone (2003)

01 - Destroy All
02 - Control It
03 - New Pain
04 - Shadow Zone
05 - Dead World
06 - Monster
07 - The Only
08 - Kill Your Idols
09 - All In Wait
10 - Otsegolectric
11 - So
12 - Transmission
13 - Invincible

Download

 Beneath... Between... Beyond... (Compilation) (2004)

01 - Breathe
02 - Deliver Me
03 - Anything But This
04 - S.O.M.
05 - Down
06 - Head
07 - So Real
08 - Crash
09 - Push It (JB's Death Mix)
10 - I'm With Stupid (Paul Barker Mix)
11 - Burning Inside
12 - Behind The Wall of Sleep
13 - Gimme Gimme Shock Treatment
14 - I Am (Demo Version)
15 - Love Dump (Demo Version)
16 - Get To The Gone (Demo Version)
17 - New Pain (Demo Version)
18 - Otsegolectric (Demo Version)

Download

 Start A War (2005)

01 - The Enemy
02 - I'm The One
03 - Start A War
04 - Pieces
05 - Dirthouse
06 - Skinnyman
07 - Just In Case
08 - Set It Off
09 - I Want To Fucking Break It
10 - Night Terrors
11 - Otsego Amigo
12 - My Damnation
13 - Brainfog

Download

 Cannibal (2007)

01 - Cannibal
02 - No Submission
03 - Behemoth
04 - Chemical Logic
05 - Destroyer
06 - Forty Ways
07 - Chroma-Matic
08 - Cuts You Up
09 - Reptile
10 - Electric Pulse
11 - Goat
12 - Team Hate

Download

 Cannibal Killers Live (Live) (2008)

01 - Cannibal
02 - Dirthouse
03 - Shit In A Bag
04 - I'm With Stupid
05 - Bled For Days
06 - No Submission
07 - Behemoth
08 - Destroy All
09 - Cold
10 - Black and White
11 - Destroyer
12 - The Enemy
13 - The Trance Is The Motion
14 - This Is Not
15 - Love Dump
16 - Push It
17 - Get To The Gone

Download

 Cult of Static (2009)

01 - Lunatic
02 - Z28
03 - Terminal
04 - Hypure
05 - Tera-Fied
06 - Stingwray
07 - You Am I
08 - Isolaytore
09 - Nocturnally
10 - Skinned
11 - Grind 2 Halt
12 - W.F.O.
13 - Looks That Kill

Download

Um comentário:

  1. Cara vlw msm pela discografia do Static-x....
    Mano e é vdd msm eu conheci eles por meio do NFS Most Wanted e dinovo obgd pela discografia deles👏👏👏

    ResponderExcluir