Social Icons

sábado, 30 de junho de 2012

Hughes Turner Project - Discografia Comentada

Um projeto criado por Glenn Hughes (Trapeze, Deep Purple, Black Sabbath) e Joe Lynn Turner (Rainbow, Deep Purple e Yngwie Malmsteen), poderia ter vários adjetivos, como: fantástico, magnífico, mas vou ficar com espetacular.
O Hughes Turner Project foi uma ideia que surgiu em 1989, quando os dois vocalistas começaram à compor juntos, mas só se tornou uma realidade no início dos anos 2000, quando estavam em turnê pelo Japão com o Voices Of Classic Rock.
HTP, seu primeiro disco, surgiu em 2002, e com a colaboração dos guitarristas: JJ Marsh, Paul Gilbert, John Sykes e Akira Kajiyama, do baterista Shane Gaalaas e do tecladista Vince DiCola.
Se recordar é viver e HTP atingiu o seu propósito com louvor, vez que deixa bem viva aquela sonoridade típica do Hard Rock Setentista, praticada por algumas das bandas citadas acima.
Ainda em 2002, veio o também fantástico Live In Tokyo, que conta com algumas músicas de HTP, além de verdadeiros clássicos de conjuntos em que esses dois monstros deixaram suas marcas. Um trabalho impecável e até mesmo surpreendente, vez que, embora os dois não sejam mais garotos, ainda conseguem expor com maestria todas as suas qualidades.
Em 2003, lançaram o HTP 2, que mantém a mesma qualidade dos dois trabalhos anteriores. HTP 2 marca o fim do projeto.
Vale a pena ouvir esses discos, pois são uma verdadeira aula do bom e velho Rock'n Roll, esse estilo que amamos tanto e que permanece vivo, graças à caras como Hughes e Turner.


 HTP (2002)

01 - Devil's Road
02 - You Can't Stop Rock N' Roll
03 - Missed Your Name
04 - Mystery Of The Heart
05 - Sister Midnight
06 - Better Man
07 - Heaven's Missing An Angel
08 - Fade Away
09 - Ride The Storm
10 - Run Run Run
11 - On The Ledge

Download

 Live In Tokyo (2002)

01 - Devil's Road
02 - You Can't Stop Rock'n Roll
03 - Death Alley Driver
04 - I Surrender
05 - Stormbringer
06 - Dark Days
07 - Mistreated
08 - Can't Stop The Flood
09 - Better Man
10 - Ride The Storm
11 - King Of Dreams
12 - Street Of Dreams
13 - Spotlight Kid
14 - Against The Wall

Download

 HTP 2 (2003)

01 - Revelation
02 - Alone I Breathe
03 - Losing My Head
04 - Going My Way
05 - Hold On
06 - Lost Dreams
07 - Time And Time Again
08 - Goodbye Friday
09 - Burning The Sky
10 - Sofia
11 - Let's Talk About It Later

Download


terça-feira, 26 de junho de 2012

Silent Cry - Discografia Comentada

Trago agora mais discografia de uma excelente banda brasileira, essa oriunda do Estado de Minas Gerais, mais exatamente da cidade Governador Valadares: Silent Cry. A banda teve seu início em 1993, com Dipho Castro (vocal e guitarra) e Jefferson Britto (vocal e bateria). Logo em seguida vieram Cristiano Jarbas (baixo) e Antonio Mattos (teclados), sendo esse último logo subtituído por Jaderson Vitorino.
Em 1994, lançaram a demo Tanatofilo, Opulente Plenilun
O debut do conjunto surgiu em 1996: Tears Of Serenity e contou a participação do guitarrista Cassio Brandi e da vocalista Suelly Ribeiro, que haviam entrado na banda em 1995.
Hum... banda de metal com dois vocalistas, um homem e uma mulher.... o que vem à cabeça? Doom Metal! Exato! O Silent Cry pratica um som muito influenciado nas bandas de Doom e de Gothic Metal. É muito difícil comparar bandas, mas é certo que a sonoridade da banda se assemelha à do Theatre Of Tragedy no seus bons momentos, sendo a principal diferença os vocais masculinos, pois na banda norueguesa o vocal é mais tradicional, parecido com temos em bandas de Gothic Metal, já na brazuca, vemos um vocal mais assemelhado às bandas de Black Metal, o que traz um contraste que muito foda com a voz de anjo de Suelly.
O único porém do disco é fraca produção. Alguns instrumentos soam mais altos que outros e em alguns momentos observa-se que timbre dos mesmos, poderia estar um pouco mais bem acertado, vez que tal seguimento, exige um cuidado maior da produção.
Vale destacar apenas que, embora gravado em 1996, Tears Of Serenity foi lançado apenas em 1997, como um trabalho independente em razão de problemas do conjunto com sua gravadora.
Apesa disso, o disco teve o seu valor reconhecido, e o Silent Cry tornou-se uma banda muito comentada no cenário underground.
Em 1999, contando com os novos membros Bruno Selmer (teclados) e Ricardo Meireles (bateria), lançam o disco Remembrance.
Pelos problemas com o lançamento de Tears Of Serenity, a banda encarou Remembrance como seu álbum de estréia e podemos dizer que fizeram bonito! Nessa época estavam com a gravadora Demise Records. Nesse disco Dilpho Castro apresentou outras linhas vocais, ora parecidas com a de Morten Veland (Tristania, Sirenia, Mortemia). Da mesma forma, os vocais de Suelly Ribeiro também estão melhores (vide faixas Tragic Memory e My Last Pain).
Esse é um disco que eu gosto demais e que dá orgulho de saber que nós também fazemos um som digno, num estilo que nunca foi muito explorado em nosso país.
Roberto Freitas assume o baixo em 2000, e com essa formação gravam Goddess Of Tears, disco que dá continuidade ao trabalho que havia sido feito em Remembrance.
Em 2001, a vocalista Suelly Ribeiro deixou o conjunto, em razão das distâncias entre o local da banda e sua cidade natal. Além de Suelly, Cassio Bandi também deixa a banda. Para o lugar da vocalista, vem Ana Márcia. Já para lugar de Cassio, não houve substituto e banda decidiu seguir com apenas um guitarrista.
Com a entrada do baterista Flávio Júnior, gravam seus dois últimos trabalhos pela Demise Records: o compacto Shades Of The Last Way... A Prelude Of A New Begin e o relançamento de Tears Of Serenity, ambos em 2002.
Dance Of Shadows, de 2002, marcou o retorno do tecladista Bruno Selmer. Esse disco, bem como os trabalhos seguintes, foram lançados pelo selo Avernus Records, que pertence aos próprios integrantes da banda.
O disco é muito interessante e traz um atrativo a mais: o ingresso do guitarrista: Albenez Carvalho. Apesar de manter a sonoridade do início de carreira, o Silent Cry, foi mais além em Dance Of Shadows, acentuando uma maior agressividade em seu som, com uma pegada Thrash em alguns momentos, como no petardo My Evil.
Ana Márcia, também fez um excelente trabalho, com seu vocal voltado mais para o Symphonic Metal. Em 2005, lançam o fodástico Darklife, que contou com novas mudanças na formação, vez que entraram para a banda a vocalista Sandra Félix e o tecladista Philipe Dutra.
No ano de 2007, Dilpho Castro lança um projeto paralelo chamado Atheistc, mas permanece com o Silent Cry.
Em 2009, a banda que conta agora com a vocalista Fabila Tozi e o tecladista Henrique, lança o disco ao vivo Dark'n Live, em formato CD/DVD. Sendo esse seu último trabalho até então.


 Tears Of Serenity - 1996

01 - Intro Act I & II
02 - Amorphism
03 - Tears Act I (The Death)
04 - Sweet Kernel
05 - Tears Act II (Lamentation)
06 - Tears Of Serenity
07 - Poem
08 - Tanatólifo
09 - Convulsion
10 - Tears Act III (Darkness)
11 - Tears Act IV (Forever)
12 - Crying Violins

Download

 Remembrance - 1999

01 - Forgotten Dreams
02 - Tragic Memory
03 - Celestial Tears
04 - Ages
05 - My Last Pain
06 - The Devil Invites To Dance
07 - Innocence
08 - Remembrance

Download

 Goddess Of Tears - 2000

01 - Desire Of dreams
02 - Lat Visions
03 - Tears Of Serenity
04 - Eclipse
05 - Crying Violins
06 - Ilusions Of Perfection
07 - The End Of Innocence
08 - Good - Bye In The Silence

Download

 Shades Of The Last Way... A Prelude Of A New Begin - EP - 2002

01 - Regret To Essence
02 - Majestic Night
03 - Glacial Poem
04 - There's To Be End
05 - Transcendence

Download

 Dance Of Shadows - 2002

01 - The Half Light
02 - Two Worlds
03 - Dance Of Shadows
04 - Silent Scream
05 - My Evil
06 - Victory's Time
07 - Only To Love You
08 - Beyond The Silent Night
09 - Devoured By Words

Download

 Darklife - 2005

01 - Sufocated In Darkness
02 - Sweet Serenades
03 - Remembrances Of The Future
04 - Last Goodbye
05 - Innocence's Look
06 - My Tears Are Still Falling
07 - The Wine's Dance
08 - The Moment Is The Time
09 - Enigmatic

Download

 Dark'n Live - 2009

01 - Intro/The Half Light
02 - My Tears Are Still Falling
03 - Illusions Of Perfection/The Wine's Dance
04 - Eclipse/The End Of The Innocence
05 - Last Visions
06 - My Last Pain
07 - Remembrance's To The Future - Enigmatic
08 - Innocence's Look
09 - Suffocated In Darkness
10 - Only To Love You
11 - Desire Of Dreams
12 - Sweet Serenades
13 - Goodbye In The Silence/Last Goodbye
14 - Innocence

Download

 Hypnotized By Love (Single) - 2014
01 - Hypnotized By Love

Download


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Nile - Discografia Comentada

Banda fodíssima, extrema e sensacional, o Nile é elemento obrigatório na lista de quem curte Metal Extremo, ou quem curte algo melódico também, pode até ser mais apaixonado ainda.
Certamente, todos nós estamos acostumados a ver como tudo combina com o Metal. Temos bandas que fazem diferentes sons, com diferentes atmosferas, influências, inspirações e conhecimentos. Estamos acostumados a ver bandas que fazem álbuns inspirados na Mitologia Grega, Celta, Eslava, Nórdica, nas fantasias, na História, várias coisas, mas na Mitologia Egípcia, as coisas já são um pouquinho mais escassas, se reduzindo a meramente um álbum, ou até mesmo uma música ou outra. O legal do Nile é que ele serve justamente pra tapar esse buraco, e de modo destruidor!
Talvez por inércia, é natural imaginar a atmosfera egípcia em bandas de Heavy, Power ou Symphonic Metal, mas não em uma banda de Technical/Brutal Death Metal. Pois é, eles fazem isso, tornando a Mitologia Egípcia obscura e violenta aos ouvidos. "Mitologia Egípcia" de modo amplo, englobando costumes, arte, religião, história, misticismo, tudo que componha o Egito Antigo. Os caras realmente misturam as coisas em meio à sonoridade, mas esse tipo de Death Metal é muito característico, tem que se sobrepor a qualquer coisa externa, fazendo com que as passagens sonoras egípcias fiquem mais em determinadas partes mais melódicas e calmas das canções, principalmente, no princípio e no fim delas. No entanto, as músicas são brilhantes, "each and every single" álbum é perfeito, sempre surpreendente! Suas letras são também inspiradas em obras de H. P. Lovecraft, um dos maiores escritores de terror de todos os tempos. Engraçado é quando eu acompanho as letras, que são fodas, mas o vocal gutural é fechado pra caramba e em diversas passagens é cantado bem rápido, fazendo com que eu me perca, hahaha... Não que eu me perca pela velocidade, mas porque com o vocal fechado, você não entende claramente o que ele está falando a não ser que esteja lendo, mas somando com a velocidade, tem vezes que é tenso!
Falando mais especificamente da história do Nile agora: essa foderástica banda chamada Nile foi formada em 1993 na cidade de Greensville, na Carolina do Sul, Estados Unidos, com sua formação consistindo em Karl Sanders (vocal e guitarra), Chief Spires (baixo e backing vocal) e Pete Hammoura (bateria).
Chamando seu estilo próprio de "Ithyphallic Metal", o primeiro trabalho do trio foi o EP "Festivals of Atonement", lançado em 1995, que logo de cara já rendeu uma pequena turnê no sudoeste estadunidense ao lado de bandas como ObituaryDeicide e Broken Hope. Um contrato foi fechado com o selo Visceral Productions, que lançou a single "Ramses: Bringer of War" em 1997, e viria a lançar o debut da banda, mas houveram complicações. O trio, então, assinou com a Relapse Records, que lançou "Amongst The Catacombs of Nephren-Ka" em 1998, e deu a oportunidade do Nile sair em outra turnê, dessa vez ao lado de Incantation e Morbid Angel. É o álbum mais cru da banda, coisa natural de um grupo iniciante. Músicas secas, agressivas, técnicas e curtas. A proposta do "Metal Egípcio" ficou muito mais por parte das letras. Mas determinadas vinhetas como "Kadurru Maqlu", ou faixas como "Ramses: Bringer of War" ou "Stones of Sorrow" mostram belos reflexos do que viria a ser o Nile mais desenvolvido mais pra frente: agressivo, com sintetizadores dando aquela atmosfera de "guerra de múmias" e solos melódicos e rápidos.
Após o lançamento do debut, mudanças aconteceram no line-up: Dallas Toler-Wade ingressou no grupo como segundo guitarrista e backing vocal, e a banda então lançou a coleção de gravações remasterizadas em 1999 chamada "In The Beginning".
Em 2000, a segunda mudança aconteceu, antes do lançamento de "Black Seeds of Vengeance": o baterista Pete Hammoura rompeu a coifa de rotadores, um grupo de músculos e tendões que serve para estabilizar o ombro. Ele não aguentaria o esforço da turnê e precisaria de alguns meses para ficar apto novamente. Ele não queria deixar a banda, mas o grupo começou a sentir que ele estava atrasando a banda, então, foi decidido que ele sairia do Nile. O baterista de sessão Derek Roddy o substituiu provisoriamente, gravando todas as músicas, exceto "To Dream of Ur".
"Black Seeds of Vengeance" foi, finalmente, lançado no segundo semestre daquele ano. O álbum se parece bastante com o primeiro, mas dota de músicas um pouquinho mais longas e uma atmosfera mais presente e notável, além de mais solos. Alguns meses após o lançamento, o baixista e backing vocal Chief Spires deixa o Nile alegando divergências pessoais e profissionais, sendo substituído por Jon Vesano. Um novo baterista também foi contratado: Tony Laureano.
Com a nova formação, "In Their Darkened Shrines" foi lançado no ano de 2002. Sem dúvidas, um dos melhores álbuns do Nile. Um grande avanço ocorreu em relação aos seus antecessores, com músicas longas, até mesmo divididas em atos e mais empolgantes e viciantes. Um crítico até mesmo alegou que o álbum tem um "Death Metal cinemático e sinfônico", querendo dizer que só acrescentou ao estilo. Dois vídeo-clipes foram gravados: "Sarcophagus" e "Execration Text".
Mudanças no line-up novamente: antes das gravações para o próximo álbum começarem, o baterista Tony Laureano deixa a banda, sendo substituído por George Kollias. Após as gravações de baixo do novo trabalho, Jon Vesano também deixa o Nile, e foi substituído temporariamente por Joe Payne para a turnê. O resultado foi o excelente "Annihilation of The Wicked", lançado em 2005, um outro foderoso trabalho dos caras!
Um grande passo em direção ao reconhecimento mundial foi dado em 2006: a banda assinou com a Nuclear Blast. Sob este grande selo, "Ithyphallic" foi lançado em 2007, um álbum foderoso pra caralho, que sou apaixonado, assim como "In Their Darneked Shrines". Eu demorei pra decorar o nome da música "Papyrus Containing The Spell To Preserve It's Possessor Against Attacks From He Who Is In The Water". Virou missão o decoreba, hahaha! Selo grande é selo grande, tem suas estratégias de marketing, e a da Nuclear Blast foi dar a vários fãs a oportunidade de ouvir o álbum com duas semanas de antecedência se conseguissem decifrar a mensagem hieróglifa, que era "papyrus". Todo o trabalho fez com que o Nile alcançasse a Billboard 200 pela primeira vez, ficando em 162º.
Em 30 de outubro de 2009, pela primeira vez o Nile lança um split, com o Vader, contendo apenas uma música de cada banda, para promoção de seus próximos álbuns. No caso do Vader, "Necropolis", e no caso do Nile, o foderoso "Those Whom The Gods Detest", lançado dia 3 de novembro daquele ano, apenas 4 dias depois. Ele foi muito bem criticado, e uma das críticas foi bela: "praticamente a única coisa que permanece no caminho do Nile a essa altura é o fato de que os ouvintes ficaram tão acostumados à excelência da banda que outro álbum excelente parece quase paridade para o curso." De fato, um puta álbum!
Em outubro de 2010, Chris Lollis foi confirmado com baixista integral do grupo, depois de quatro anos como membro de sessão, mas em fevereiro de 2012, Karl Sanders anunciou Todd Ellis como novo baixista da banda, e que ele contribuiria como backing vocal também para o novo álbum.
Finalmente, em junho, sai o tão esperado sétimo álbum do Nile: o poderoso "At The Gate of Sethu". Ele é um pouco mais voltado para o Death Metal em si, um pouco mais pesado, com um pouco menos de "egipcice", apenas vinhetas e trechos das músicas, mas também, um puta álbum, com o selo Nile de qualidade.
Sei que muita gente é apaixonada nos caras, eu também, claro, banda que tem excelência! Tinha gente ansiosa pela discografia, e aí está ela, sem demora!


 Worship The Animal (Demo) (1994)

01 - La Chant du Cygre
02 - Worship The Animal
03 - Nepenthe
04 - Surrounded By Fright
05 - Mecca

Download

 Festivals of Atonement (EP) (1995)

01 - Divine Intent
02 - The Black Hand of Set
03 - Wrought
04 - Immortality Through Art/Godless
05 - Extinct

Download

 Ramses: Bringer of War (Demo) (1996)

01 - The Howling of The Jinn
02 - Ramses: Bringer of War
03 - Die Rache Krieg Lied der Assyriche

Download

 Ramses: Bringer of War (Single) (1997)

01 - The Howling of The Jinn
02 - Ramses: Bringer of War
03 - Die Rache Krieg Lied der Assyrich

Download

 Amongst The Catacombs of Nephren-Ka (1998)

01 - Smashing The Antiu
02 - Barra Edinazzu
03 - Kudurru Maqlu
04 - Serpent Headed Mask
05 - Ramses: Bringer of War
06 - Stones of Sorrow
07 - Die Rache Krieg Lied der Assyriche
08 - The Howling of The Jinn
09 - Pestilence and Iniquity
10 - Opening of The Mouth
11 - Beneath Eternal Oceans of Sand

Download

 In The Beginning (Compilation) (1999)

01 - Divine Intent
02 - The Black Hand of Set
03 - Wrought
04 - Immortality Through Art/Godless
05 - Extinct
06 - The Howling of The Jinn (Demo Version)
07 - Ramses - Bringer of War (Demo Version)
08 - Die Rache Krieg Lied der Assyriche (Demo Version)

Download

 Black Seeds of Vengeance (2000)

01 - Invocation of The Gate of Aat-Ankh-Es-En-Amenti
02 - Black Seeds of Vengeance
03 - Defiling The Gates of Ishtar
04 - The Black Flame
05 - Libation Unto The Shades Who Lurk In The Shadows of The Temple of Anhur
06 - Masturbating The War God
07 - Multitude of Foes
08 - Chapter For Transforming Into A Snake
09 - Nas Akhu Khan She En Asbiu
10 - To Dream of Ur
11 - The Nameless City of The Accursed
12 - Khetti Satha Shemsu

Download

 In Their Darkened Shrines (2002)

01 - The Blessed Dead
02 - Execration Text
03 - Sarcophagus
04 - Kheftiu Asar Butchiu
05 - Unas: Slayer of The Gods
06 - Churning The Maelstrom
07 - I Whisper In The Ear of The Dead
08 - Wind of Horus
09 - In Their Darkened Shrines I: Hall of Saurian Entombment
10 - In Their Darkened Shrines II: Invocation To Seditious Heresy
11 - In Their Darkened Shrines III: Destruction of The Temple of The Enemies of Ra
12 - In Their Darkened Shrines IV: Ruins

Download

 Annihilation of The Wicked (2005)

01 - Dusk Falls Upon The Temple of The Serpent On The Mount of Sunrise
02 - Cast Down The Heretic
03 - Sacrifice Unto Sebek
04 - User-Maat-Re
05 - The Burning Pits of The Duat
06 - Chapter of Obeisance Before Giving...
07 - Lashed To The Slave Stick
08 - Spawn of Uamenti
09 - Annihilation of The Wicked
10 - Von Unaussprechlichen Kulten

Download

 Legacy of The Catacombs (Compilation) (2007)

01 - Cast Down The Heretic
02 - Sacrifice Unto Sebek
03 - Lashed To The Slave Stick
04 - Execration Text
05 - Sarcophagus
06 - Unas: Slayer of The Gods
07 - Masturbating The War God
08 - Chapter For Transforming Into A Snake
09 - Black Seeds of Vengeance
10 - The Howling of The Jinn
11 - Barra Edinazzu
12 - Smashing The Antiu

Download

 Ithyphallic (2007)

01 - What Can Be Safely Written
02 - As He Creates So He Destroy
03 - Ithyphallic
04 - Papyrus Containing The Spell To Preserve It's Possessor Against Attacks From He Who Is In The Water
05 - Eat of The Dead
06 - Laying Fire Upon Apep
07 - The Essential Salts
08 - The Infinity of Stone
09 - Language of The Shadows
10 - Even The Gods Must Die
11 - As He Creates So He Destroys (Instrumental Version)
12 - Papyrus Containing The Spell To Preserve It's Possessor Against Attacks From He Who Is In The Water (Instrumental Version)

Download

 Nile & Vader (Split) (2009)

01 - Nile: Permitting The Noble Dead To Descent Into The Underworld
02 - Vader: We Are The Horde

Download

 Those Whom The Gods Detest (2009)

01 - Kafir!
02 - Hittite Dung Incantation
03 - Utterances of The Crawling Dead
04 - Those Whom The Gods Detest
05 - 4th Arra of Dagon
06 - Permitting The Noble Dead To Descend To The Underworld
07 - Yezd Desert Ghul Ritual In The Abandoned Towers of Silence
08 - Kem Khefa Kheshef
09 - The Eye of Ra
10 - Iskander D'hul Karnon

Download

 At The Gate of Sethu (2012)

01 - Enduring The Eternal Molestation of Flame
02 - The Fiends Who Come To Steal The Magick of The Deceased
03 - The Inevitable Degradation of Flesh
04 - When My Wrath Is Done
05 - Slaves of Xul
06 - The Gods Who Light Up The Sky At The Gate of Sethu
07 - Natural Liberation of Fear Through The Ritual Deception of Death
08 - Ethno-Musicological Cannibalisms
09 - Tribunal of The Dead
10 - Supreme Humanism of Megalomania
11 - The Chaining of The Iniquitous

Download

 What Should Not Be Unearthed (2015)

01 - Call To Destruction
02 - Negating The Abominable Coils of Apep
03 - Liber Stellae - Rubaeae
04 - In The Name of Amun
05 - What Should Not Be Unearthed
06 - Evil To Cast Out Evil
07 - Age of Famine
08 - Ushabti Reanimator
09 - Rape of The Black Earth
10 - To Walk Forth From Flames Unscathed

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

domingo, 24 de junho de 2012

Six Feet Under - Discografia Comentada

Six Feet Under é uma banda de Death Metal dos Estados Unidos, que começou num projeto paralelo de Chris Barnes (ex-vocalista da banda Cannibal Corpse). Um dos fundadores da banda foi Allen West (Obituary), que saiu da banda em 1997, sendo substituído por Steve Swanson.
As canções têm uma forte crítica social, abordando temas como política, mortes, assassinatos, sem deixar de lado o gore típico das bandas de Death Metal.
Os músicos Chris Barnes (até então, vocalista do Cannibal Corpse) e Allen West (até então, guitarrista do Obituary) estavam bem em suas carreiras no ano de 1993, quando resolveram criar um projeto paralelo, o Six Feet Under, que no início não era prioridade, e sim uma banda de segundo plano. Para completar a formação veio o baixista Terry Butler (Death e Massacre), e o baterista Greg Gall.
Em 1995, eles finalmente puderam se reunir e gravar o primeiro álbum, Haunted, que saiu pela Metal Blade Records e foi seguido por uma turnê mundial. Ainda naquele ano, durante a turnê, Barnes teve um problema grave com sua banda, Cannibal Corpse, e pôde se dedicar somente ao Six Feet Under. Após os concertos de divulgação, eles entraram direto em estúdio para gravar um EP, Alive and Dead, que saiu em outubro de 1996.
O contrato com a Metal Blade Records foi renovado e logo saiu o segundo álbum, Warpath, em 1997. No ano seguinte, Allen West decidiu tocar só no Obituary e largou a banda. O guitarrista Steve Swanson entrou no lugar de Allen e aprendeu 17 canções em apenas três semanas de ensaio. Eles entraram em estúdio e gravaram Maximum Violence, lançado em 1999.
O grupo alcançou uma popularidade internacional impressionante. E apenas com dez anos de existência, o Six Feet Under se consolidou como um dos mais importantes do Death Metal atual. Em outubro de 2000, saiu Graveyard Classics, só com covers de bandas que influenciaram a banda.
Noa no de 2003 saiu o álbum Bringer of Blood, com canções inéditas. O disco ainda trazia um DVD bônus com entrevistas da banda e um documentário sobre a cena Death Metal. Em 2004 lançaram o Graveyard Classics 2 como um CD completo de tributo ao AC/DC.
No ano de 2007, em Abril, foi lançado o álbum Commandment, o qual foi bem aceito pela crítica que pelas palavras de Chad Bowar foi considerado um álbum que tinha "musicas de death metal chamativas... (que eram) esmagadoramente pesadas, mas que mesmo assim tinham um grande groove".
No ano seguinte, 2008, foi o ano de lançamento de Death Rituals, o oitavo álbum dos Six Feet Under.
Em 2010 é lançado o terceiro álbum-tributo, incluindo covers de Slayer, Mercyful Fate, Anvil, Twisted Sister.
Em fevereiro de 2011, o baixista Terry Butler e o baterista Greg Gall deixaram a banda. E em 2012 com o novo baterista Kevin Talley (ex-Dying Fetus, Shimaira), lançaram seus foderosos novos álbuns, intitulados "Undead" e "Unborn", lançados em 2012 e 2013, respectivamente.


 Haunted (1995)

01 - The Enemy Inside
02 - Silent Violence
03 - Lycanthropy
04 - Still Alive
05 - Beneath A Black Sky
06 - Human Target
07 - Remains of You
08 - Suffering In Ecstacy
09 - Tomorrow's Victim
10 - Torn To The Bone
11 - Haunted


 Alive and Dead (EP) (1996)

 01 - Insect
 02 - Drowning
 03 - Grinder (Judas Priest Cover)
 04 - Suffering In Ecstacy (Live)
 05 - Human Target (Live)
 06 - Lycanthropy (Live)
 07 - Beneath A Black Sky (Live)


 Warpath (1997)

01 - War Is Coming
02 - Nonexistence
03 - A Journey Into Darkness
04 - Animal Instinct
05 - Death Or Glory (Holocaust Cover)
06 - Burning Blood
07 - Manipulation
08 - 4:20
09 - Revenge of The Zombie
10 - As I Die
11 - Night Visions
12 - Caged and Disgraced


 Maximum Violence (1999)

01 - Feasting On The Blood of The Insane
02 - Bonesaw
03 - Victim of The Paranoid
04 - Short Cut to Hell
05 - No Warning Shot
06 - War Machine (Kiss Cover)
07 - Mass Murder Rampage
08 - Brainwashed
09 - Torture Killer
10 - This Graveyard Earth
11 - Hacked To Pieces
12 - Wrathchild (Iron Maiden Cover) (Bonus Track)
13 - Jailbreak (Thin Lizzy Cover) (Bonus Track)


 Graveyard Classics (2000)

01 - Holocaust (Savatage Cover)
02 - T.N.T. (AC/DC Cover)
03 - Sweet Leaf (Black Sabbath Cover)
04 - Piranha (Exodus Cover)
05 - Son of A Bitch (Accept Cover)
06 - Stepping Stone (Paul Revere and The Raiders Cover)
07 - Confused (Angel Witch Cover)
08 - California Über Alles (Dead Kennedys Cover)
09 - Smoke On The Water (Deep Purple Cover)
10 - Blackout (Scorpions Cover)
11 - Purple Haze (Jimi Hendrix Cover)
12 - In League With Satan (Venom Cover)


 True Carnage (2001)

01 - Impulse To Disembowel
02 - The Day The Dead Walked
03 - It Never Dies
04 - The Murderers
05 - Waiting For Decay
06 - One Bullet Left (featuring Ice T)
07 - Knife, Gun, Axe
08 - Snakes
09 - Sick and Twisted (feat. Karyn Crisis)
10 - Cadaver Mutilator
11 - Necrosociety


 Bringer Of Blood (2003)

01 - Sick In The Head
02 - Amerika The Brutal
03 - My Hatred
04 - Murdered In The Basement
05 - When Skin Turns Blue
06 - Bringer of Blood
07 - Ugly
08 - Braindead
09 - Blind and Gagged
10 - Claustrophobic
11 - Escape From The Grave


 Graveyard Classics 2 (2004)

01 - Hells Bells (AC/DC Cover)
02 - Shoot To Thrill (AC/DC Cover)
03 - What Do You Do For Money Honey? (AC/DC Cover)
04 - Givin The Dog A Bone (AC/DC Cover)
05 - Let Me Put My Love Into You (AC/DC Cover)
06 - Back In Black (AC/DC Cover)
07 - You Shook Me All Night Long (AC/DC Cover)
08 - Have A Drink On Me (AC/DC Cover)
09 - Shake A Leg (AC/DC Cover)
10 - Rock 'n' Roll Ain't Noise Pollution (AC/DC Cover)


 13 (2005)

01 - Decomposition of The Human Race
02 - Somewhere In The Darkness
03 - Rest In Pieces
04 - Wormfood
05 - 13
06 - Shadow of The Reaper
07 - Deathklaat
08 - The Poison Hand
09 - This Suicide
10 - The Art of Headhunting
11 - Stump


 Commandment (2007)

01 - Doomsday
02 - Thou Shall Kill
03 - Zombie Executioner
04 - The Edge of The Hatchet
05 - Bled To Death
06 - Resurrection of The Rotten
07 - As The Blade Turns
08 - The Evil Eye
09 - In A Vacant Grave
10 - Ghosts of The Undead


 Death Rituals (2008)

01 - Death By Machete
02 - Involuntary Movement of Dead Flesh
03 - None Will Escape
04 - Eulogy For The Undead
05 - Seed of Filth
06 - Bastard (Mötley Crüe Cover)
07 - Into The Crematorium
08 - Shot In The Head
09 - Killed In Your Sleep
10 - Crossroads To Armageddon
11 - Ten Deadly Plagues
12 - Crossing The River Styx
13 - Murder Addiction


 Graveyard Classics 3 (2010)

01 - A Dangerous Meeting (Mercyful Fate Cover)
02 - Metal On Metal (Anvil Cover)
03 - The Frayed Ends of Sanity (Metallica Cover)
04 - At Dawn They Sleep (Slayer Cover)
05 - Not Fragile (Bachman Turner Overdrive Cover)
06 - On Fire (Van Halen Cover)
07 - Pounding Metal (Exciter Cover)
08 - Destroyer (Twisted Sister Cover)
09 - Psychotherapy (Ramones Cover)
10 - Snap Your Fingers, Snap Your Neck (Prong Cover)


 Undead (2012)

01 - Frozen At The Moment of Death
02 - Formaldehyde
03 - 18 Days
04 - Molest Dead
05 - Blood On My Hands
06 - Missing Victims
07 - Reckless
08 - Near Death Experience
09 - The Scar
10 - Delayed Combustion Device
11 - Vampire Apocalypse
12 - The Depths of Depravity

Download

 Unborn (2013)

01 - Neuro Osmosis
02 - Prophecy
03 - Zombie Blood Curse
04 - Decapitate
05 - Incision
06 - Fragment
07 - Alive To Kill You
08 - The Sinister Craving
09 - Inferno
10 - Psychosis
11 - The Curse of Ancients

Download

 Crypt of The Devil (2015)

01 - Gruesome
02 - Open Coffin Orgy
03 - Broken Bottle Rape
04 - Break The Cross In Half
05 - Lost Remains
06 - Slit Wrists
07 - Stab
08 - The Night Bleeds
09 - Compulsion To Brutalize
10 - Eternal Darkness

Download (Ulozto)
Download (Zippyshare)

sábado, 23 de junho de 2012

MindFlow - Discografia Comentada

A banda paulistana MindFlow teve o seu início em 1999, sob o nome de Trilogy, na época composta por Rafael Pensado (bateria), Rodrigo Hidalgo (guitarra) e Ricardo Winandy (baixo). Após algumas apresentações, conheceram Miguel Spada, que disse curtir o som do Trilogy e que tocava guitarra. Logo em seguida, os demais membros descobriram que além da guitarra, Miguel também tocava teclados, e foi como tecladista que o músico entrou para a banda. O conjunto que se apresentava como uma banda instrumental, iniciou a procura por um vocalista, até que, em 2003, encontraram o cara certo: Danilo Herbert. Com a entrada de Danilo, resolveram mudar o nome banda, passando a ser chamar MindFlow.
Com a formação consolidada, o MindFlow partiu para a gravação de seu primeiro disco e para isso chamaram o guitarrista Joe Moghrab para auxiliar na produção.
Assim, ainda em 2003, veio Just The Two Of Uf... Me And Them, disco que é uma produção independente e que provou que não se precisa estar com uma grande gravadora para se lançar um trabalho com tanta qualidade.
A sonoridade do MindFlow é um Prog Metal, com grandes influências do Dream Theater.
Just The Two Of Us... Me And Them é um disco conceitual  que conta a história de Ariel, John e Pearl e é baseado em uma experiência real vivida pelo guitarrista Rodrigo Hidalgo, cujo primo (que era considerado como irmão) piloto de avião sonhou que iria morrer, e uma semana depois sofreu um acidente que lhe tirou a vida. O disco é excelente, mas a falta de uma divulgação eficiente (vez que era feita pela própria banda) fez com que o álbum só tivesse algum reconhecimento no Brasil mais de dois anos após o seu lançamento e se deu em razão da repercussão que o MindFlow teve em outros países, vez que o trabalho foi distribuído para mais de quarenta nações. 
Em 2005, lançam seu segundo trabalho, Mind Over Body. Lembro que esse disco foi a primeira coisa que eu ouvi do MindFlow, mais precisamente a faixa Crossing Enemys Line e me surpreendi. Danilo Herbert é um puta vocalista e o instrumental da banda não deixa nada a desejar para os grandes nomes do Prog Metal.
Apesar de mais uma vez se produzido e distribuído pela própria banda, Mind Over Body (que tem uma capa belíssima) e Just The Two Of Us... Me And Them venderam mais de quarenta e cinco mil cópias!
Após tais lançamentos, o conjunto pegou a estrada e chegou a fazer excursões bem sucedidas pelos Estados Unidos.
Destructive Device, que saiu em 2009, contou com a produção de Ben Grosse (Megadeth, Slipknot, Disturbed). O terceiro disco é mais direto e pesado que os antecessores, mas consegue demonstrar bem as influências do conjunto e a evolução de Danilo Herbert, que nesse disco explorou novas linhas vocais.
Entre 2009 e 2010, o MindFlow trouxe um projeto audacioso e muito interessante: lançar um disco pela internet, disponibilizando a cada trinta dias uma faixa paa download. A primeira faixa, Thrust Into This Game, foi disponibilizada para download no dia 09/09/09. As doze faixas foram saindo mês a mês e formaram o disco que não poderia ter outro nome: 365. O disco reafirmou o direcionamento dado em Destructive Device. A ausência no projeto é Miguel Spada que deixou o conjunto.
Em 2011, a banda lançou o álbum With Bare Hands, e segue fazendo a diferença no Prog Metal, pois consegue aliar técnica e excelentes composições com uma sonoridade mais acessível e que agrada a todos os ouvidos.


 Just The Two Of Us... Me And Them - 2003

01 - Focus
02 - Meeting Her Eyes
03 - The Logic Behind Heads And Tails
04 - Real Illusion
05 - Deadly Event
06 - October, 17th
07 - So That Life Can Move Along
08 - Invisible Messages
09 - Premonition (Wake Up Ariel!)
10 - Honesty
11 - Touch Of Immortality
12 - Dangerouself Engineering
13 - 2nd Dawn
14 - Another Point of View
15 - The House Of A Locked Mind
16 - 4th Noble Truth
17 - Invisible Messages (Acoustic Version)

Download

 Mind Over Body - 2005

01 - Crossing Enemys Line
02 - Upload Spirit
03 - Thousand Miles From You
04 - Just Water You Navigate
05 - Chair Designer
06 - A Gift To You
07 - Hellbitat
08 - Follow Your Instinct
09 - Hide And Seek

Download

 Destructive Device - 2009

01 - Destructive Device
02 - Lethal
03 - Breakthrough
04 - Under An Alias
05 - Inevitable Nightfall
06 - Said & Done
07 - Fragile State Of Peace
08 - Not Free Enough
09 - Inapt World
10 - First Things First
11 - Shocking Deathbed Confession
12 - The Screwdriver Effect

Download

 365 - 2010

01 - Thrust Into This Game
02 - The Ride
03 - Instinct
04 - Corrupted
05 - Walking Tall
06 - Crisis FX
07 - Break Me Out
08 - To Say Goodbye
09 - Rules Of Engagement
10 - Shuffle Up And Deal
11 - Reset The Future
12 - With Bare Hands

Download

 With Bare Hands - 2011

01 - Break Me Out
02 - Reset The Future
03 - Breakthrough
04 - Walking Tall
05 - With Bare Hands
06 - Corrupted
07 - Under An Alias
08 - Shuffle And Deal
09 - Lethal
10 - Thrust Into This Game
11 - The Ride
12 - Destructive Device
13 - Instinct
14 - Fragile State Of Peace

Download