Social Icons

terça-feira, 24 de abril de 2012

Turisas - Discografia Comentada

Eis então Turisas! Essa é uma daquelas bandas que você ouve uma música aleatoriamente, e acaba ouvindo outra, e bota mais uma, e bota mais uma, de repente já ouviu o álbum todo, e põe outro álbum pra ouvir ou repete. Bom assim de ouvir! Quem ainda não conhece, basta ver a foto à esquerda que já tira uma bela conclusão da sonoridade: Folk Metal, e um tanto selvagem e guerreiro! Mas não é cru. A banda tem suas jogadas épicas de teclado que deixam as músicas com clima de guerra a ser vencida, com determinação, com garra, com a espada encravada no peito dos inimigos caídos! Hahaha... É tudo perfeito, pois além do Folk Metal, a soma de elementos de Power Metal (épico), Symphonic Metal, com violinos, flautas, deixam uma atmosfera medieval perfeita, o que poucas bandas conseguem nos proporcionar com tanta emoção, como o Rhapsody of Fire.
Vamos à banda: O Turisas foi formado em 1997 pelo vocalista (também percussionista) Mathias "Warlord" Nygård e pelo guitarrista Jussi Wickström na cidade de Hämeenlinna, na Finlândia. O nome é uma apologia a ao deus ancião finlandês Turisas, o deus da guerra. Esse mesmo deus recebe outros nomes parecidos como: Iku-Turso, Iku-TursasMeritursasTursas, entre outros. Aliás, há uma controvérsia quanto a se esse deus é o deus da guerra na mitologia finlandesa, pois pode ter havido uma confusão com o deus Tyr, que é propriamente o deus da guerra escandinavo. Segundo os estudos, Turisas estava mais para ser um animal mitológico como o krakken da mitologia grega. Inclusive, a palavra "meritursas" significa "polvo" em finlandês. A confusão vem da menção "Turisas voiton antoi sodast", que significa "Turisas trouxe vitória à guerra". Enfim, apesar das confusões, o que é legal no nome da banda é que trata-se de uma criatura mitológica de seu povo, o que cola perfeitamente com a sonoridade proposta por essa fodástica banda.
Somente quatros anos depois de formada é que a banda foi lançar alguma coisa, porém, apenas um EP contendo três músicas, intitulado "The Heart of Turisas", lançado em 2001. O debut da banda só veio a ser lançado em 2004, e recebeu o nome de "Battle Metal", que inclusive foi usado pela revista Metal Hammer como definição para a sonoridade da banda. Trata-se de um álbum sensacional, com suas belas jogadas épicas, solos rápidos de violino, algumas vezes até em dueto com a flauta, um coro de "guerreiros" nos refrões, os vocais roucos e selvagens de Mathias, algumas vezes se tornando guturais rasgados, tudo tornando o álbum prazeroso aos ouvidos e mostrando que os caras já começaram com o pé direito. O álbum contou com a seguinte formação: Mathias Nygård nos vocais e percussão, Jussi Wickström na guitarra, baixo e baixo-duplo, Georg Laakso na segunda guitarra, Tuomas Lehtonen na bateria e percussão, e Antti Ventola nos teclados, piano e órgãos.
Para o próximo álbum, houveram mudanças. Até certo ponto, positivas, dependendo de como for encarado, porque o guitarrista Georg Laakso sofreu um acidente de carro em outubro de 2005, e se retirou permanentemente da banda. O tecladista Antti Ventola também deixou a banda mais tarde. Mas a banda continuou trabalhando em seu próximo álbum e continuou a turnê, que contou com membros adicionais para reforçar o som e peso da banda. Mais tarde, esses músicos se tornariam membros oficiais.
Então saiu em 2007 o álbum "The Varangian Way", mais um álbum espetacular, obviamente seguindo a mesma linha de seu antescessor, pois é a marca registrada da banda, porém, com músicas mais ricas, mais bem composto, e mais poderoso. A maravilha do álbum é explicada pela dedicação e pelo número de membros. A formação para esse álbum foi a seguinte: Mathias Nygård (vocal e teclados), Jussi Wickström (guitarras), Hannu Horma (baixo e backing vocal), Tude Lehtonen (bateria e percussão), Janne "Lisko" Mäkinen (acordeão) e Olli Vänskä (violino), além dos membros adicionais Antti Paranko (vocal), Jonathan Hutchings (narração), Janne Saska (guitarra acústica adicional e backing vocal), Aleksi Aromaa (baixo e baixo-duplo) e Antti Laurila (sanfona adicional). Dedicação até no elenco.
Janeiro de 2008 foi marcado por um estranho evento: o Janne "Lisko" Mäkinen, responsável pelos acordeões da banda, desapareceu misteriosamente em Amsterdã. Não houveram notícias sobre seu paradeiro, ao menos não na minha fonte de informações. O Turisas então anunciou Netta Skog como substituto temporário de Lisko, e mais tarde foi adicionado à banda como membro integral. A banda então saiu em turnê passando por uma porrada de países e festivais. Excursionou pelos EUA e Europa com o Dragonforce, então continuou pela Europa ao lado de Cradle of Filth e Moonspell, apareceu no Wacken Open AirBloodstock Open Air, entre outros. No fim de 2009 a banda tirou um tempo de folga para se concentrar em seu próximo álbum. Mesmo entre os trabalhos com seu novo álbum, a banda ainda excursionou pela Ásia e Austrália.
Anunciaram então em março de 2010 que estavam trabalhando em um novo álbum. Inclusive, assim como fez o Angra, o Turisas foi documentando o processo de gravação no Youtube. Em 2011, então, saiu o álbum "Stand Up and Fight". Mais um álbum digno daquela bela ouvida. Poderoso como sempre. Não preciso nem falar muito. A formação permaneceu a mesma, mantendo o alto nível de sua musicalidade. Ele conta inclusive com uma versão limitada que vem com um DVD bônus contendo uma sessão acústica dos caras tocando três músicas: The March of The Varangian GuardStand Up and Fight e To Holmgard and Beyond. O álbum rendeu à banda turnê novamente ao lado de Cradle of Filth pela América do Norte, e pela Europa com o Die Apokalyptischen Reiter, além de na Inglaterra a banda Crimfall ter aberto para o Turisas, assim como outras bandas locais. Em 2012, o Turisas foi banda principal, ao lado de AlestormArkona e Huntress In Tow no Paganfest: America Part III na América do Norte.
A essa altura, a banda já estava com um grande reconhecimento a nível mundial, um verdadeiro boom. Como foi exatamente por sua forma única de fazer música que tantos fãs foram conquistados, esperava-se que um próximo álbum fosse algo no mesmo calibre. Por isso, quando um novo disco foi anunciado, muita expectativa rolou, expectativa tal que infelizmente não foi correspondida à altura para a grande maioria dos fãs, incluindo a mim. "Turisas2013" foi lançado, obviamente, em 2013, e foi uma grande decepção, por se mostrar um Turisas diferente e seco, sem graça, sem músicas marcantes, sonoridade pobre. Segundo boatos, Mathias estava cansado de fazer o que faziam antes e queria inovar, e o nome do disco representa exatamente essa nova era. É uma pena que isso tenha criado uma mancha em uma discografia tão bonita.
Ainda assim, sem dúvidas essa é uma banda brilhante, e um prato cheio para quem gosta de Folk Metal ou Power Metal épico. Como não custa sonhar, esperemos que nos discos futuros o (agora) velho Turissas volte com tudo! Afinal, a banda ainda tem o selo Finlândia de qualidade.


 The Heart of Turisas (EP) (2001)

01 - The Heart of Turisas
02 - Till The Last Man Falls
03 - Those Were The Days (Mary Hopkin Cover)

Download

 Battle Metal (2004)

01 - Vicoriae & Triumphi Dominus
02 - As Torches Rise
03 - Battle Metal
04 - The Land of Hope and Glory
05 - The Messenger
06 - One More
07 - Midnight Sunrise
08 - Among Ancestors
09 - Sahti-Waari
10 - Prologue of R.R.R.
11 - Rexi Regi Rebellis
12 - Katuman Kaiku

Download

 To Holmgard and Beyond (Single) (2007)

01 - To Holmgard and Beyond (Single Edit)
02 - A Portage To The Unknown
03 - Rex Regi Rebellis (Finnish Version)

Download

 The Varangian Way (2007)

01 - To Holmgard and Beyond
02 - A Portage To The Unknown
03 - Cursed Be Iron
04 - Fields of Gold
05 - In The Court of Jarisleif
06 - Five Hundred and One
07 - The Dnieper Rapids
08 - Miklagard Overture

Download

 Rasputin (Single) (2007)

01 - Rasputin
02 - Battle Metal

Download

 Stand Up and Fight (2011)


01 - The March of The Varangian Guard
02 - Take The Day!
03 - Hunting Pirates
04 - Venetoi! - Prasinoi!
05 - Stand Up and Fight
06 - The Great Escape
07 - Fear The Fear
08 - End of An Empire
09 - The Bosphorus Freezes Over
10 - Broadsword (Jethro Tull Cover) (Bonus Track)
11 - Supernaut (Black Sabbath Cover) (Bonus Track)

Acoustic Session (Stand Up and Fight Limited Edition) (2011):
01 - The March of The Varangian Guard
02 - Stand Up and Fight
03 - To Holmgard and Beyond

Download (os 2 juntos)

 Turisas2013 (2013)

01 - For Your Own Good
02 - Ten More Miles
03 - Piece By Piece
04 - Into The Free
05 - Run Bhang-Eater, Run!
06 - Greek Fire
07 - The Days Passed
08 - No Good Story Ever Starts With Drinking Tea
09 - We Ride Together

Download

Nenhum comentário:

Postar um comentário