Social Icons

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Sinergy - Discografia Comentada

O Sinergy foi criado em 1997, na Finlândia pela vocalista Kimberly Goss (que havia feito participações especiais com o Dimmu Borgir e o Therion) e pelo guitarrista Jesper Strömblad, do In Flames. Completaram a formação, o guitarrista Alexi Laiho (namorado de Kimberly e guitarrista/vocalista do Children Of Bodom), Sharlee D’Angelo (ex-baixista do Mercyful Fate e atualmente no Arch Enemy) e o baterista Runny Milianowicz (Dyonisus).
Com essa formação lançam o primeiro disco, Beware The Heavens em 1999. O disco traz uma verdadeira fusão de estilos, tendo como principal características o Power e o Heavy Metal, que tem um toque especial com os vocais, no mínimo diferenciados, de Kimberly. O disco empolga do começo ao fim com excelente trabalho, tanto vocal quanto instrumental. Isso sem contar a brilhante participação de Joacim Cains (HammerFall) nos backing vocals.
Esse é aquele tipo de disco que você começa a ouvir e só para quando acaba, porém algumas canções merecem destaque: Venenomous Vixens, The Fourth World (que tem Alexi Laiho dividindo os vocais), a faixa título, Swarned e Virtual Future.
Devido ao sucesso do seu debut, Kimberly Goss decidiu se mudar da Suécia para a Finlândia, local de origem da banda.
Por problemas da distância entre esses dois países, e também por compromissos com as suas respectivas bandas (In Flames e Mercyful Fate), Jesper e Sharlee precisaram deixar o Sinergy.
Diante disso, Kimberly e Alexi recrutam novos membros, desta vez, todos finlandeses, para não ter qualquer problema, como os experimentados anteriormente. Os novos integrantes do conjunto foram: Roope Latvala (guitarrista do Waltari e que atualmente está no Children Of Bodom), Marco Hietala (Tarot, Nightwish, Northern Kings, entre outros) e o baterista Tonmi Lillman (atualmente no To/Die/For).
Putz! Kimberly, Alexi e Marco juntos em um único álbum? Só podia dar coisa boa! Acho que nenhuma banda finlandesa conseguiu ter três vocalistas de tão alto nível ao mesmo tempo.
O segundo disco do Sinergy saiu em 2000: To Hell And Back, disco que apesar dos nomes de peso, não é tão bom quanto o primeiro. Isso não quer dizer que seja um álbum ruim, tanto é que várias músicas se destacam como The Bitch Is Back, Midnight Madness, Hanging On The Telephone (cover do Blondie), Lead Us To War (com a participação de Marco nos vocais) e Last Escape (essa com Alexi Laiho).
Em 2002, Tonmi Lillman deixou o conjunto, sendo as baquetas assumidas por Janne Parviainen (ex-Waltari, atualmente no Ensiferum).
Com essa formação lançam aquele que eu considero o seu melhor disco Suicide By My Side, que sai em 2002. O disco traz Kimberly em sua melhor forma, alternando vocais raivosos e agressivos com alguns momentos mais leves. Temos aqui grandes influências do Helloween, como na faixa Spit On Your Grave, que lembra muito o Helloween da época dos Keepers, com Goss detonando nos vocais gritados. Já a segunda faixa, The Sin Trade, tem uma levada Judas Priest, principalmente nas guitarras. Outras influências de Judas podem ser notadas na sexta faixa, Nowhere For No One. O grande momento do álbum sem dúvida é a faixa Shadow Island, aonde Goss, Laiho e Marco Heitala alternam vocais, numa faixa épica, como o bom Heavy Metal das antigas, vide Ride Of Ancient Mariner do Maiden (sem comparações) , com destaque para o vocal super agressivo de Laiho.
A cereja do bolo fica por conta de The Number Of The Beast cover do Iron Maiden e ganhou um toque muito especial nessa versão, que mostrou que o Sinergy pode até ter influências cravadas na NWOBHM, porém conseguir criar uma personalidade própria, algo raro para as bandas que surgem atualmente e que são influenciadas pelos monstros do passado.
Após o lançamento de Suicide By My Side, Marco Heitala deixou o Sinergy, sem nenhuma razão especial e logo em seguida se juntou ao Nightwish. Melaine Sisneros ficou cerca de dois meses na banda, mas foi substituída por Lauri Porra (Stratovarius, Kotipelto, Warmen, Tunnelvision, entre outros.)
Em 2004, o Sinergy deu início na produção de seu novo álbum: Sins Of The Past, disco este que nunca chegou a ser lançado, tendo em vista que a banda encontra-se com suas atividades paralisadas desde 2006.


 Beware The Heavens (1999)

01 - Venomous Vixens
02 - The Fourth World
03 - Born Unto Fire And Passion
04 - The Warrior Princess
05 - Beware The Heavens
06 - Razor Blade Salvation
07 - Swarmed
08 - Pulsation
09 - Virtual Future
10 - Rock You Like A Hurricane (Scorpions Cover - Bonus Track)
11 - The Number Of The Beast (Iron Maiden Cover - Bonus Track)
12 - Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight) - (ABBA Cover - Bonus Track)

Download

 To Hell and Back (2000)

01 - The Bitch Is Back
02 - Midnight Madness
03 - Lead Us To War
04 - Laid To Rest
05 - Gallowmere
06 - Return To The Fourth World
07 - Last Escape
08 - Wake Up In Hell
09 - Hanging On The Telephone (Blondie Cover)

Download

 Suicide By My Side (2002)

01 - I Spit On Your Grave
02 - The Sin Trade
03 - Violated
04 - Me, Myself, My Enemy
05 - Written In Stone
06 - Nowhere For No One
07 - Passage To The Fourth World
08 - Shadow Island
09 - Suicide By My Side
10 - Remembrance
11 - Rock You Like A Hurricane (Scorpions Cover - Bonus Track)
12 - Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight) - (ABBA Cover - Bonus Track)
13 - Invincible (Bonus Track)

Download

3 comentários:

  1. Banda muito boa ! Inclusive o cover que eles fizeram do Iron é um dos melhores que já ouvi :)

    ResponderExcluir
  2. Sonzeira da boa, da boa MESMO ... tbm, c/ essa equipe ...só fera ...
    Vlw, abraxxxxxxxxx !!!!!!! grande up!

    ResponderExcluir
  3. Vim conhecer a banda por uma resenha do Wishplash... me interessei por ser uma vocalista feminina com vocal poderoso e fazer uma fusão de power com heavy!

    ResponderExcluir