Social Icons

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

The Sins of Thy Beloved - Discografia Comentada


The Sins of Thy Beloved é simplesmente foda demais! Faz, na minha opinião, um dos melhores Doom Metal que se pode ouvir. Sua obra-prima, o álbum "Perpetual Desolation", é sensacional, um exemplo de Doom Metal bem composto e, na minha opinião, é o segundo melhor álbum de Doom Metal que conheço, perdendo apenas para o lendário "Beyond The Veil", do Tristania. O som dos caras delicia os ouvidos de quem gosta de beleza e sensualidade misturados com agressividade e obscuridade. É o que os noruegueses do The Sins of Thy Beloved fazem muito bem.
A banda teve início em Bryne, Noruega, no ano de 1996, fundada por Glenn Morten Nordbø (guitarra, vocal gutural), Arild Christensen (guitarra, backing vocal) e Stig Johansen (bateria). Em pouco tempo, entraram Ola Aarrestad (baixo) e Anita Auglend (vocal feminino), completando o time.
Inicialmente, a banda se chamava "Purgatory", mas, por ser muito simples e comum, resolveram mudar para algo diferente. Um dos integrantes simplesmente imaginou o nome "The Sins of Thy Beloved", e este nome foi escolhido justamente por apresentar palavras do inglês arcaico, o que combina com o tipo de música que a banda faria.
No início de 1997, a banda entrou em estúdio para gravação de sua primeira demo, intitulada "All Alone", lançada logo em seguida. Após a gravação da demo, entraram na banda Anders Thue and Ingfrid Stensland, ambos tecladistas e pianistas, uma coisa incomum, mas excelente para dar uma atmosfera mais forte às músicas.
Em 1998, mais uma demo é lançada, intitulada "Silent Pain", também conhecida como "Demo '97". A novidade nesta demo é o acréscimo de violinos, tocados por um novo membro, Pete Johansen, que já havia tocado em outras bandas como The Tramps e Tristania. Sua presença intensificou a atmosfera obscura da banda, com violinos tocados de modo negro. A demo é distribuída para várias gravadoras, e finalmente fecharam contrato com a Napalm Records. Mais tarde, em agosto, a banda inicia as gravações de seu debut, chamado "Lake of Sorrow", e prontamente foi lançado. O álbum é foda, porém um tanto belamente cru. O violino de Pete chora nas canções, e o álbum demonstra-se com um Doom Metal muito bem tocado, mas ainda não totalmente aprimorado: o início de algo ainda maior.
Seu próximo álbum, "Perpetual Desolation", já estava pronto em 1999, mas seu lançamento foi adiado várias vezes pela Napalm Records. Seu lançamento foi ocorrer apenas em 2000, com uma tiragem de 10 mil cópias. O álbum rapidamente deu o que falar no cenário underground, muito superior ao seu antecessor, com músicas fortes, teclados bem arranjados, força nos vocais guturais, beleza, sensualidade e técnica nos vocais femininos, violinos apaixonantes... um álbum perfeito. Uma atmosfera obscura onde até o tocar dos violinos é obscuro. Certamente, um álbum pra se pagar pau. O trabalho também conta com uma novidade: a faixa "The Thing That Should Not Be", cover do Metallica.
Um álbum ao vivo foi lançado em 2001, intitulado "Perpetual Desolation Live", onde a banda mostra-se um pouco mais agressiva e menos melódica em seus arranjos. Porém, ótimo de se ouvir.
No meio da turnê do "Perpetual Desolation", a vocalista Anita Auglend deixa a banda por estar cansada de viagens e não haver tempo livre. Para substituí-la, entra Hege-Marie Aanby (Stavanger), que infelizmente não se adapta e sai três meses depois. O tecladista Anders Thue também deixa a banda por não estar conseguindo conciliar estudos e música. O violinista Pete Johansen também deixa a banda para tocar no Tristania e no Sirenia. Com isso, o resto da turnê é obrigada a ser cancelada. A banda então vira suas atenções para a composição de um novo álbum que, até hoje, não saiu da teoria.
Em 2007, rumores rolaram dizendo que a vocalista Anita Auglend havia retornado ao The Sins of Thy Beloved. Porém, a banda continua no status de inativa. Se a banda volta, fãs como eu ficaria muito felizes, e na expectativa de um álbum à altura do "Perpetual Desolation". Mesmo que não aconteça, ver o The Sins of Thy Beloved ativo novamente já é uma força enorme!


 All Alone (EP) (1997)

01 - All Alone
02 - Memories
03 - Worthy of You

Download

 Silent Pain (Demo) (1997)

01 - Even Though
02 - Garden of Eden
03 - Silent Pain

Download

 Lake of Sorrow (1998)

01 - My Love
02 - The Kiss
03 - Worthy of You
04 - Lake of Sorrow
05 - Until The Dark
06 - All Alone
07 - Silent Pain

Download

 Perpetual Desolation (2000)

01 - The Flame of Wrath
02 - Forever
03 - Pandemonium
04 - Partial Insanity
05 - Perpetual Desolation
06 - Nebula Queen
07 - The Mournfoul Euphony
08 - A Tormented Soul
09 - The Thing That Should Not Be (Metallica Cover)

Download

 Perpetual Desolation Live (2001)

01 - Pandemonium
02 - All Alone
03 - The Mournful Euphory
04 - Nebula Queen
05 - Perpetual Desolation
06 - Lake of Sorrow
07 - The Flame of Wrath
08 - Partial Insanity
09 - Forever

Download

Nenhum comentário:

Postar um comentário